Fórum de turismo em Macau analisa cooperação estratégica China/UE

08-10-2018 (12h47)

O Fórum de Economia de Turismo Global em Macau, que inclui na lista de oradores convidados a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, vai debater “o impacto da cooperação estratégica de turismo China-União Europeia [UE]”, divulgou hoje a organização.

A sétima edição do evento, que se realiza a 23 e 24 de Outubro, conta com mais de um milhar de participantes e reúne autoridades e líderes de empresas privadas de vários países do mundo.

“A China é o segundo maior mercado de visitantes internacionais da União Europeia, com a cooperação de turismo China-UE a constituir uma forte aliança capaz de gerar oportunidades ilimitadas”, sustentou a vice-presidente e secretária-geral do Fórum de Economia de Turismo Global, Pansy Ho, no decorrer da apresentação do evento, que decorreu em Macau.

A Organização Mundial do Turismo (OMT) e o Centro de Pesquisa de Economia de Turismo Global vão também apresentar durante o fórum a quinta edição do “Relatório Sobre as Tendências do Turismo na Ásia”.

Além de apresentar as tendências e perspectivas do turismo da região Ásia-Pacífico, o relatório realiza também uma análise temática sobre a situação do fluxo de turismo entre a China e a UE, e analisa o potencial de desenvolvimento da Área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau enquanto novo ponto de crescimento do turismo na Ásia.

O projecto da Grande Baía visa criar uma metrópole mundial a partir dos territórios de Hong Kong, Macau e nove localidades da província chinesa de Guangdong (Cantão, Shenzhen, Zhuhai, Foshan, Huizhou, Dongguan, Zhongshan, Jiangmen e Zhaoqing).

Este é outro projecto de grande potencial turístico, explicou Pansy Ho, já que, “com o Planeamento para o Desenvolvimento da Região Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau prestes a ser lançado, a entrada em funcionamento em breve da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, entre outras infraestruturas (…), o desenvolvimento da integração regional está a entrar numa nova fase”.

Razão pela qual “Macau participa activamente nos trabalhos de construção do turismo de ‘Uma Faixa, Uma Rota’, desenvolvendo as suas próprias funções e vantagens, reforçando a cooperação e integração regional, promovendo o desenvolvimento de produtos turísticos [com vários destinos] e construindo em conjunto um destino turístico de qualidade na Grande Baía”, assinalou, por sua vez, o chefe do gabinete do secretário para os Assuntos Sociais e Cultura.

“Através do fomento de novos pontos de crescimento económico do turismo, pretende-se prolongar o tempo de estadia dos visitantes e atrair mais visitantes de alta qualidade”, acrescentou Ip Peng Kin.

O programa de dois dias do fórum apresenta uma série de sessões organizadas em colaboração com a OMT e um conjunto de debates que inclui, no primeiro dia, as iniciativas “Festivais - Ligando Tradições e Turismo” e “Gastronomia, Criatividade, Turismo”.

No segundo dia terá lugar a “Sessão da Grande Baía Parte I - Perspetiva do Setor Privado”, “Sessão da Grande Baía Parte II - Perspetiva de Macau” e a sessão de “Tecnologia - A Ponte Virtual”, com outras três iniciativas a decorrer em simultâneo: “Turismo Outbound da China”, a “Apresentação de Negócios e Comércio” e a “Conferência de Parcerias no Turismo Europeu”.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Macau

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Club Med garante que vai compensar clientes por surto de gastroenterite em resort na China

13-02-2019 (12h36)

O Club Med, grupo considerado pioneiro do regime all inclusive, detido desde 2015 pelo grupo chinês Fosun, garantiu que vai compensar os clientes do seu resort na estância de esqui Yabuli, Nordeste da China, afectados por um surto de gastroenterite.


Turismo de Macau celebra em Portugal a chegada do Ano Novo Chinês

11-02-2019 (12h08)

O Turismo de Macau deu início às festividades em Portugal do Ano Novo Chinês, reunindo parceiros num evento no Casino Estoril e contou com a presença do seu secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam.

Macau recebe mais de 1,2 milhões de visitantes pelo Ano Novo Chinês

11-02-2019 (11h20)

Mais de 1,2 milhões de visitantes entraram em Macau na semana do Ano Novo Chinês, o que representa um aumento de 26,6% em relação ao ano passado, informaram hoje as autoridades.

Hotéis 5-estrelas de Macau receberam 7,9 milhões de hóspedes em 2018

30-01-2019 (07h56)

Os hotéis de topo de gama de Macau, que são a categoria de alojamento com mais capacidade no território, tiveram um aumento médio do número de hóspedes em 2018 de 11,6% e somaram um total de 7,883 milhões.

Chegadas de turistas às Filipinas atingem novo recorde em 2018

29-01-2019 (17h40)

As Filipinas receberam 7,127 milhões de turistas em 2018, um novo recorde anual, apesar do encerramento da ilha de Boracay durante seis meses devido à massificação turística.