Beijing Capital vende mais de 80% dos lugares nos primeiros seis meses dos voos Pequim-Lisboa

28-02-2018 (10h39)

Foto: TripAdvisor
Foto: TripAdvisor

O voo direto entre a China e Portugal registou uma taxa de ocupação superior a 80%, nos primeiros seis meses desde a inauguração, disse hoje à Agência Lusa fonte da companhia aérea chinesa Capital Airlines, do grupo HNA, também accionista da Azul e da TAP.

No total, a primeira ligação directa entre os dois países transportou cerca de 40.000 pessoas, revelou fonte do departamento de marketing da empresa.

A rota, com três voos por semana, liga a cidade de Hangzhou, na costa Leste da China, a Lisboa, com escala em Pequim, iniciou-se a 26 de Julho.

Coincidindo com a ligação a Lisboa, a companhia aérea abriu também um voo entre Macau e a capital chinesa, de forma a servir também os 15 mil portugueses que vivem no território outrora administrado por Portugal.

Em 2017, o número de chineses que visitaram Portugal cresceu 40,7%, para 256.735, segundo dados das autoridades portuguesas, que atribuem o aumento à abertura da ligação aérea directa.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística, os turistas chineses foram responsáveis por 415.882 dormidas em Portugal, mais 109.240 que em 2016.

O Banco de Portugal, única fonte reconhecida internacionalmente de dados da balança das viagens e turismo, de acordo com dados consultados pelo PressTUR, indicou que os turistas chineses despenderam em Portugal 129,58 milhões de euros em 2017, com um aumento em 79,9% ou 57,57 milhões relativamente a 2016.

A China entrou assim para o Top20 dos emissores para Portugal em receitas turísticas, em 18º, quando em 2016 tinha sido 20º e em 2015, 23º.

A China é já o maior emissor mundial de turistas e, segundo dados do Governo chinês, 129 milhões de chineses viajaram para o estrangeiro em 2017, mais 5,7% do que no ano anterior.

A China é o país mais populoso do mundo, com cerca de 1.400 milhões de habitantes.

A Capital Airlines é uma das subsidiárias do grupo chinês HNA, accionista da TAP, através do consórcio Atlantic Gateway e da companhia brasileira Azul.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Beijing Capital

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Ásia e Pacífico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

BTL assina protocolo de cooperação com província chinesa

18-09-2018 (17h27)

A Bolsa de Turismo de Lisboa e a Comissão Provincial de Desenvolvimento do Turismo de Shanxi da República Popular da China assinaram um protocolo com o intuito de promover o desenvolvimento e a cooperação entre as duas entidades.

Accionista chinês da TAP falha pagamento de dívida superior a 37 milhões de euros

14-09-2018 (11h45)

O conglomerado chinês HNA, accionista da TAP através da Atlantic Gateway, falhou o pagamento de uma dívida superior a 37 milhões de euros, revelou o fundo de investimento chinês Hunan Trust, ilustrando os problemas de liquidez da empresa.

Aigle Azur já tem voos Paris - Pequim

07-09-2018 (15h01)

A Aigle Azur, companhia de aviação francesa maioritariamente detida pelo grupo chinês HNA e por David Neeleman, também accionistas de referência da TAP, iniciou esta semana a rota Paris Orly - Pequim, em Airbus A330-200.

easyJet anuncia que vai ter conexões com voos Singapore em Milão e Berlim

06-09-2018 (14h21)

A low cost easyJet anunciou que o seu programa Worldwide by easyJet de conexões com voos de companhias que têm ligações para destinos de longo curso passa a contar com a Singapore Airlines e a sua low cost Scoot.

Turismo de Macau prepara 8ª regata de barcos-dragão

04-09-2018 (18h20)

A 8ª edição da Regata de barcos-dragão organizada pela delegação do Turismo de Macau em Portugal vai realizar-se no dia 23 de Setembro, na Baía do Seixal, na Amora.