United Airlines reforça participação na Azul para 8%

30-04-2018 (15h55)

Imagem: Embraer
Imagem: Embraer

A Azul, companhia de aviação brasileira fundada por David Neeleman, também accionista de referência da TAP, anunciou que a United Airlines concluiu uma transação privada de acções preferenciais com a Hainan Airlines para aumentar a sua participação na Azul de 3,7% para 8%.

“Após o nosso investimento inicial em 2015, o número de clientes a conectar com as duas empresas nunca foi tão alto, beneficiando significativamente quem viaja entre os EUA e o Brasil”, afirmou Andrew Levy, vice-presidente e CFO da United Airlines, citado em comunicado.

“A forte rede da Azul no país, além do seu modelo de negócio exclusivo e o seu excepcional atendimento, dão-nos muitas oportunidades na América do Sul para os próximos anos”, acrescentou.

O presidente da Azul, John Rodgerson, sublinhou por sua vez que assim foi dado “mais um importante passo” na parceria com a United, através da qual os seus clientes estão a beneficiar das rotas das duas companhias por toda a América do Norte e Brasil.

O investimento “reforça a nossa estratégia, o nosso plano de negócios, as nossas oportunidades de crescimento e nossos 11.000 tripulantes, que cuidam dos nossos clientes todos os dias”, acrescentou.

Além das ligações aos voos das duas companhias aéreas através dos aeroportos de São Paulo Guarulhos, Fort Lauderdale e Orlando, os clientes têm acesso a milhas através dos dois programas de fidelização.

 

Clique para mais notícias: Azul

Clique para mais notícias: United Airlines

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP fez o primeiro voo comercial de um A330neo nos EUA

20-03-2019 (11h05)

A TAP realizou esta terça-feira o primeiro voo comercial de um Airbus A330-900 Neo nos Estados Unidos, ao aterrar uma aeronave deste modelo em Miami, num voo procedente de Lisboa com 193 passageiros a bordo.

EUA fazem auditoria ao processo de certificação do Boeing 737 MAX 8

20-03-2019 (10h30)

O Departamento dos Transportes do Governo dos EUA confirmou ter lançado uma auditoria à certificação do Boeing 737 MAX 8, modelo dos dois aviões que caíram recentemente na Indonésia e na Etiópia.

Boeing suspende entregas de aviões 737 MAX mas produção continua

15-03-2019 (10h13)

O fabricante norte-americano Boeing suspendeu a entrega de aeronaves 737 MAX, modelo do avião que caiu na Etiópia no Domingo, mas garantiu que a produção continua.

Aerolineas Argentinas suspende voos em aviões Boeing 737 Max 8

12-03-2019 (10h44)

A companhia de aviação argentina Aerolineas Argentinas anunciou hoje a “suspensão temporária da exploração comercial” dos seus cinco Boeing 737 Max 8, após a queda de um avião deste modelo no Domingo, na Etiópia, que provocou 157 mortos.

Boeing terá que modificar software e sistema de controlo dos aviões B737 Max até Abril

12-03-2019 (10h36)

A Agência Federal de Aviação Norte-Americana vai obrigar a empresa Boeing a fazer modificações no software e sistema de controlo dos modelos de aviões 737 Max 8 e 737 Max 9, depois da queda do avião da Ethiopian Airlines no Domingo.