Queda da ocupação dos voos do grupo LATAM acentua-se em Julho

08-08-2018 (16h34)

Foto: Marcio Jumpei/LATAM
Foto: Marcio Jumpei/LATAM

O grupo LATAM, que tem programado ter voos da sua subsidiária LATAM Brasil (antiga TAM) entre São Paulo e Lisboa a partir de inícios de Setembro, teve em Julho uma queda da taxa de ocupação média dos seus voos em 2,1 pontos, para 84%, sobressaindo o decréscimo de 3,2 pontos em voos internacionais, para 84,6%.

Os dados de tráfego publicados pelo grupo indicam que nas suas operações no Brasil (voos da LATAM Brasil) o decréscimo foi de 0,8 pontos, para 84,1%, e nos seus mercados de língua espanhola (voos LAN no Chile, Argentina, Colômbia, Equador e Peru) o decréscimo foi de 0,6 pontos, para 82,1%.

Só no caso do mercado de voos domésticos no Brasil, porém, a queda ocorreu com quebra do tráfego em RPK (passageiros x quilómetros voados) em 0,4%.

Nas linhas internacionais e nos voos domésticos nos mercados de língua espanhola as quedas foram por crescimentos do tráfego menores que os aumentos de capacidade, em 4,6% nos mercados do Chile, Argentina, Colômbia, Equador e Peru face a 5,4% de aumento de capacidade e 0,8% face a aumento de capacidade em 4,6% no internacional.

Em número de passageiros embarcados, os dados indicam um aumento de 0,7% ou 46 mil, pelo aumento em 4,4% ou 93 mil nos voos domésticos no Chile, Argentina, Colômbia, Equador e Peru, para 2,188 milhões, enquanto nos voos domésticos no Brasil e nos internacionais teve quedas de respectivamente 1,2% ou 30 mil, para 2,558 milhões, e de 1,2% ou 18 mil, para 1,47 milhões.

Nos sete meses desde o início deste ano, o grupo soma 38,952 milhões de passageiros transportados, com um aumento em 2,3% ou 869 em relação ao período homólogo de 2017.

O maior contributo para o crescimento foi das linhas domésticas da LAN, com um aumento em 4,3% ou 549 mil, para 13,228 milhões, seguindo-se as rotas internacionais operadas pelas duas companhias, com +2,5% ou mais 237 mil, para 9,577 milhões.

Os voos domésticos no Brasil, da LATAM Brasil, antiga TAM, somam 16,147 milhões de passageiros no fim de Julho, com um aumento em 0,5% ou 84 mil em relação aos primeiros sete meses de 2017.

 

Clique para mais notícias: LATAM

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Clique para mais notícias: América

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

LOT contrata euroAtlantic para voos entre Budapeste e EUA

11-09-2018 (08h32)

A companhia de aviação polaca LOT contratou a transportadora portuguesa euroAtlantic para fazer os seus voos entre Budapeste e Chicago O’Hare e Nova Iorque JFK, em Boeing 767-300ER.

TAP volta a ter avião próprio nos voos para Caracas a partir de 30 de Outubro

07-09-2018 (13h28)

A TAP, que tem estado a fazer os voos Lisboa - Caracas em Boeing B767 alugado à euroAtlantic Airways, a partir de 30 de Outubro terá um dos seus Airbus A330-200.

CVC entra no mercado argentino com aquisições que a colocam no Top3

06-09-2018 (17h25)

A CVC, maior companhia sul-americana de agências de viagens e operadores turísticos, anunciou a aquisição de três empresas na Argentina que em conjunto, segundo informou, “terão aproximadamente US$500 milhões de reservas anuais confirmadas, estando entre os três maiores grupos de viagens do mercado argentino”.

Norwegian Air Argentina já aceita reservas para seis rotas domésticas

06-09-2018 (16h21)

A Norwegian Air Argentina, subsidiária da los cost Norwegian, pioneira dos voos low cost de longo curso, já abriu as reservas para as rotas domésticas que iniciará a 16 de Outubro, com voos de Buenos Aires para Córdoba e Mendonza.

Air Europa vai ter voos de Madrid para lado argentino das cataratas de Iguaçu

05-09-2018 (16h35)

A Air Europa, companhia de aviação do grupo Globalia, indicou que tem programado voar a partir de 1 de Junho de Madrid para o aeroporto argentino quer serve as Cataratas de Iguaçu (Iguazu em castelhano).