Espanha subiu em 2017 a 2º maior destino turístico mundial, à frente dos EUA

29-08-2018 (12h41)

Gráfico: OMT
Gráfico: OMT

Espanha ultrapassou em 2017 os Estados Unidos em número de turistas estrangeiros recebidos, por um aumento em 8,6% enquanto na América do Norte ocorria uma quebra em 3,8%, de acordo com os dados publicados pela Organização Mundial do Turismo.

O ranking publicado pela Agência das Nações Unidas para o Turismo indica que Espanha recebeu, assim, mais 5,9 milhões de turistas estrangeiros que os Estados Unidos.

França manteve-se o primeiro destino mundial, com 86,9 milhões de chegadas, à frente de Espanha, com 81,8 milhões, e Estados Unidos, com 75,9 milhões.

Seguem-se a China, com 60,7 milhões, e Itália, com 58,3 milhões.

Itália, porém, foi neste Top5 o destino que teve o aumento mais forte, com uma subida em 11,2%, que compara com +8,6% em Espanha, +5,1% em França, e +2,5% na China.

O aumento mais forte do ano no Top10 foi, no entanto, da Turquia, com +24,1%, que foi essencialmente de recuperação das quedas nos anos anteriores, seguido pelos +12% do México, que subiu de 8º a 6º principal destino mundial, com 39,3 milhões.

O 7º foi o Reino Unido, que em 2016 tinha sido 6º, com 37,7 milhões de chegadas, à frente da Turquia, que subiu de 10º a 7º, com 37,6 milhões, Alemanha, que caiu de 7º para 9º, com 37,5 milhões, e Tailândia, que baixou de 9º para 10º, com 35,4 milhões.

Segundo os dados da OMT, ainda assim todos os países da segunda metade do Top10 tiveram aumentos de receitas, de 12% no México, de 5,1% no Reino Unido, de 24,1% na Turquia, de 5,2% na Alemanha e de 8,6% na Tailândia.

A informação da OMT não inclui um total de chegadas internacionais a Portugal no ano de 2017, apontando apenas 6,83 milhões TCE em 2015 (International tourists arrivals at collective tourism establishments, ou chegadas de turistas internacionais a estabelecimentos de turismo colectivo) e 18,2 milhões TF em 2016 (International tourist arrivals at frontiers [overnight visitors, i.e. excluding same-day visitors], ou chegadas de turistas internacionais nas fronteiras [visitantes que pernoitam, ou seja, excluindo excursionistas]).

 

Continua:

Macau liderou em 2017 o crescimento de receitas turísticas no Top10 mundial

Gastos de turistas russos subiram 29,7% em 2017 e voltaram ao Top10 mundial

 

Clique para mais notícias: OMT

Clique para mais notícias: Espanha

 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

LOT contrata euroAtlantic para voos entre Budapeste e EUA

11-09-2018 (08h32)

A companhia de aviação polaca LOT contratou a transportadora portuguesa euroAtlantic para fazer os seus voos entre Budapeste e Chicago O’Hare e Nova Iorque JFK, em Boeing 767-300ER.

TAP volta a ter avião próprio nos voos para Caracas a partir de 30 de Outubro

07-09-2018 (13h28)

A TAP, que tem estado a fazer os voos Lisboa - Caracas em Boeing B767 alugado à euroAtlantic Airways, a partir de 30 de Outubro terá um dos seus Airbus A330-200.

CVC entra no mercado argentino com aquisições que a colocam no Top3

06-09-2018 (17h25)

A CVC, maior companhia sul-americana de agências de viagens e operadores turísticos, anunciou a aquisição de três empresas na Argentina que em conjunto, segundo informou, “terão aproximadamente US$500 milhões de reservas anuais confirmadas, estando entre os três maiores grupos de viagens do mercado argentino”.

Norwegian Air Argentina já aceita reservas para seis rotas domésticas

06-09-2018 (16h21)

A Norwegian Air Argentina, subsidiária da los cost Norwegian, pioneira dos voos low cost de longo curso, já abriu as reservas para as rotas domésticas que iniciará a 16 de Outubro, com voos de Buenos Aires para Córdoba e Mendonza.

Air Europa vai ter voos de Madrid para lado argentino das cataratas de Iguaçu

05-09-2018 (16h35)

A Air Europa, companhia de aviação do grupo Globalia, indicou que tem programado voar a partir de 1 de Junho de Madrid para o aeroporto argentino quer serve as Cataratas de Iguaçu (Iguazu em castelhano).