Crescimento do turismo internacional na Europa Mediterrânica acelerou para 6,2% no 2º trimestre

10-09-2019 (18h49)

A Europa do Sul e Mediterrânica, primeira região mundial em número de turistas recebidos, com 20,7% do total mundial em 2018, teve um aumento das chegadas em 6,2% no segundo trimestre, mais forte que a média mundial e europeia, bem como do que a sua evolução no primeiro trimestre.

Dados publicados pela Agência das Nações Unidas para o Turismo, comumente designada em Portugal por Organização Mundial do Turismo (OMT), indicam que a Europa do Sul e Mediterrânica teve um crescimento médio no primeiro semestre em 5,8%, já que no primeiro trimestre o crescimento ficara em 5,1%.

Os dados da OMT evidenciam que o crescimento médio mais forte no semestre assentou principalmente nos resultados de Abril, que este ano compara favoravelmente por ter sido o mês das férias da Páscoa que em 2018 foi principalmente em Março, o que deu um aumento em 9%, e Junho, início da época estival no Hemisfério Norte, com um aumento em 7,5%.

A informação da OMT calcula que as chegadas de turistas internacionais ascenderam a 671 milhões no primeiro semestre, com um aumento médio de cerca de 29 milhões em relação ao período homólogo de 2018, que beneficiou a maioria dos destinos, já que em 130 países com dados já publicados relativamente a pelo menos três meses, 72% declararam subidas e apenas 28% indicaram quebras.

Aparentemente essas quebras concentraram-se na América do Sul, que é a única região a ter quebra das chegadas no primeiro semestre, em 4,6%, apesar de ter recuperado no segundo trimestre, em que teve um aumento em 0,9%, enquanto no primeiro tivera uma quebra de 7,9%.

As Caraíbas, por sua vez, foram a região com o aumento mais forte de chegadas no primeiro semestre, em 11,3%, com +14,8% no primeiro trimestre e +7,5% no segundo.

 

Clique para mais notícias: OMT

Clique para mais notícias: Mercados

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

American Airlines perspectiva “parceria estratégica” com a outrora diabolizada Qatar Airways

26-02-2020 (12h20)

A norte-americana American Airlines, maior companhia de aviação do mundo, indicou que já iniciou a construção de uma parceria estratégica com a Qatar Airways, uma das companhias de aviação do Golfo que anteriormente contestava por fazerem concorrência desleal uma vez que recebiam ajudas de Estado.

TAP e Avianca iniciam voos em code-share na quinta-feira

25-02-2020 (16h08)

A TAP passa a poder oferecer voos para as cidades colombianas de Bogotá e Cali via ligações em Avianca, sua parceira na Star Alliance, a partir de Nova Iorque e de Miami.

Presidente da República repudia suspensão pela Venezuela dos voos da TAP

18-02-2020 (17h26)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, declarou que a decisão da Venezuela de suspender os voos da TAP por 90 dias de “totalmente incompreensível” e que “não pode deixar de ser repudiada”.

TAP reencaminha passageiros que voavam hoje para Caracas para outras companhias

18-02-2020 (14h57)

A TAP está a reencaminhar os passageiros que voavam hoje para Caracas para outras companhias aéreas, depois de ter sido suspensa pelo Governo venezuelano durante 90 dias, indicou fonte oficial da empresa à Lusa.

TAP acrescenta mais cinco destinos nos Estados Unidos em code-share com a JetBlue

13-02-2020 (15h40)

A TAP vai acrescentar cinco novos destinos nos Estados Unidos em voos da JetBlue, companhia fundada pelo seu accionista de referência, David Neeleman, a partir de Boston, para onde tem voos directos de Lisboa.

Noticias mais lidas