Aeroporto de Orlando encerra devido à passagem do furacão Dorian

03-09-2019 (18h24)

O furacão Dorian, que deixou um rasto de destruição nas Bahamas e está agora próximo da costa leste da Florida, forçou o encerramento do Aeroporto Internacional de Orlando às 2h da manhã de terça-feira, 3 de Setembro.

O aeroporto comunicou através do Twitter o encerramento das suas operações comerciais esta madrugada e a activação do seu centro de operações de emergência para acompanhar a passagem da tempestade.

Dados do “FlightAware” consultados pelo PressTUR indicam que o Aeroporto Internacional de Orlando (MCO) tem 361 voos cancelados hoje, 92% do total dos voos programados.

O segundo aeroporto com mais voos cancelados nos EUA esta terça-feira é Chicago O’Hare, com 183 (12% do total), embora devido a tempestades não relacionadas com o Dorian.

A passagem do Dorian também provocou cancelamentos nos aeorportos de Fort Lauderdale, com 168 voos cancelados (50% do total), Miami, com 74 (14%), Hartsfield-Jackson, com 49 (4%), e Palm Beach, com 47 (78%).

 

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP acrescenta Lisboa-Montreal e Ponta Delgada-Boston às novidades para 2020

19-11-2019 (12h37)

A TAP, que ontem assinou um acordo para uma nova rota para Maceió, anunciou hoje que também vai inaugurar em 2020 ligações entre Lisboa e Montreal, no Canadá, e entre Ponta Delgada e Boston, nos Estados Unidos, todas operadas em aviões A321 Long Range.

Boeing espera retomar voos do 737 Max no início do próximo ano

12-11-2019 (14h54)

A Boeing anunciou que prevê que os voos comerciais com aviões 737 Max, retirados de circulação desde meados de Março após dois acidentes que fizeram 346 mortos, recomecem no início do próximo ano e não em Dezembro.

Air Transat prolonga operação dos voos Faro – Toronto mais seis meses em 2020

30-10-2019 (23h10)

A companhia de aviação canadiana Air Transat vai prolongar por mais seis meses a operação dos voos Faro – Toronto no próximo ano, anunciou a Associação Turismo do Algarve (ATA).

Presidente da Boeing reconhece responsabilidade nos acidentes mortais com 737 Max 8

30-10-2019 (22h14)

O presidente executivo da Boeing, Dennis Muilenburg, reconheceu esta quarta-feira perante o Congresso americano a sua responsabilidade e a da empresa nos acidentes mortais com aviões do modelo 737 Max 8 na Indonésia e na Etiópia.

Boeing admite "erros" nos acidentes mortais dos 737 Max perante o Senado dos EUA

30-10-2019 (14h19)

O presidente executivo da Boeing, Dennis Muilenburg, admitiu esta terça-feira que a empresa cometeu "erros" nos acidentes mortais com aviões do modelo 737 Max 8 na Indonésia e na Etiópia, ao falar perante o Senado norte-americano.

Noticias mais lidas