Air France já admite descontinuar marca com que voa do seu hub para Lisboa e Porto

11-01-2019 (16h21)

A companhia de aviação francesa Air France anunciou que admite integrar a marca Joon, que lançou para o mercado em finais de Julho de 2017 e à qual atribuiu os voos entre o seu hub em Paris Charles de Gaulle e Lisboa e Porto.

A companhia garantiu desde logo que "todos os voos Joon actualmente vendidos ou para venda com certeza serão operados pela Joon até o projecto estar completado e então serão tomados pela Air France", diz a informação divulgada pela Air France que admite que "a marca era difícil de compreender" tanto por clientes, como por trabalhadores, pelos mercados e pelos investidores.

O anúncio foi enquadrado nos desenvolvimentos recentes no diálogo entre a empresa e os trabalhadores, nomeadamente os tripulantes de cabina.

"A pluralidade de marcas no mercado criou muita complexidade e infelizmente enfraqueceu o poder da marca Air France", diz o comunicado, antes de salientar que a integração na Air France teria "muitos benefícios, graças à harmonização da frota, marca e produto".

O comunicado realça ainda que a integração melhoraria a gestão da operação por passar a contar com uma frota comum, e que a Air France será também capaz de assegurar uma transição tranquila do A350, actualmente encomendados, para a frota da Air France com uma configuração de cabina mais económica.

 

Para ler mais sobre a Joon clique:

Joon é a nova companhia aérea da Air France com base em Paris-Charles de Gaulle

Lisboa, Porto e Fortaleza estão entre as primeiras rotas da Joon, "irmã mais nova" da Air France

 

Clique para mais notícias: Air France

Clique para mais notícias: Joon

Clique para mais notícias: Aviação


 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo abre concurso para converter Castelo de Vila Nova de Cerveira em empreendimento turístico

21-01-2019 (16h08)

O Governo lançou um concurso público para converter o Castelo de Vila Nova de Cerveira em empreendimento turístico, no âmbito do programa Revive, e está a aceitar propostas até 5 de Junho.

Groundforce prevê investir 2,85 milhões de euros em 2019 e acredita que vai operar no Montijo

21-01-2019 (15h30)

A Groundforce estima investir este ano 2,85 milhões de euros, avançou o presidente executivo, Paulo Neto Leite, que está convicto de que a empresa de handling (assistência em terra) irá operar no futuro aeroporto complementar do Montijo.

Terminal de actividades marítimo-turísticas de Lisboa deverá estar a funcionar até ao final do ano

21-01-2019 (15h12)

A estação fluvial Sul e Sueste, no Terreiro do Paço, em Lisboa, está a ser alvo de requalificação e deverá estar em funcionamento como terminal de actividades marítimo-turísticas até ao final do ano, cerca de dois anos mais tarde que o previsto inicialmente.

Gastos dos portugueses aumentaram mais que receitas turísticas pela primeira vez em 34 meses

21-01-2019 (14h51)

Os gastos turísticos dos portugueses subiram 51,20 milhões de euros em Novembro passado, ultrapassando pela primeira vez o aumento dos gastos de turistas estrangeiros, que foi de 43,45 milhões, o que já não acontecia desde Janeiro de 2016.

Hotel na antiga sede do FC Porto vai custar 2,8 milhões de euros

21-01-2019 (14h48)

O Futebol Clube do Porto vai investir 2,8 milhoes de euros para construir um hotel de charme com 54 quartos na sua antiga sede, localizada no centro da cidade do Porto.

Ultimas Noticias