Voos domésticos em Moçambique crescem 17% no 1º semestre

22-07-2019 (17h57)

Foto: Ross Parmly / Unsplash
Foto: Ross Parmly / Unsplash

O tráfego aéreo doméstico de passageiros em Moçambique cresceu 17% no primeiro semestre, face ao período homólogo do ano passado, disse à Lusa fonte do Ministério dos Transportes e Comunicações.

“O tráfego doméstico de passageiros cresceu em 17%, em comparação com o primeiro semestre do ano passado, um indicador que sinaliza a evolução do mercado nacional do transporte aéreo”, disse a mesma fonte.

Até 2014, operava no mercado doméstico apenas a companhia estatal Linhas Aéreas de Moçambique, destacou.

Com a liberalização do espaço aéreo, que permitiu a entrada de novos operadores, o número de passageiros transportados em 2018 ascendeu para mais de um milhão de passageiros, dos anteriores 750 mil por ano.

"A liberalização do espaço aéreo trouxe maior oferta, melhores alternativas e opções dos passageiros e concorrência entre os operadores, que está a levar à redução significativa do custos das passagens aéreas, entre outras vantagens", disse.

O ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, disse recentemente que o Governo está preocupado com o nível de endividamento das empresas aeroportuárias.

"O endividamento deve ser encarado com a necessária serenidade e responsabilidade, devendo a empresa prosseguir com os esforços em curso junto dos parceiros para a reprogramação e cumprimento integral dos compromissos assumidos", disse.

O Governante disse ainda que o país precisa de prosseguir com a reforma legal, completar a certificação dos outros aeroportos e consolidar os ganhos conseguidos no cumprimento das convenções internacionais sobre a aviação civil.

Uma auditoria da ICAO (Organização da Aviação Civil Internacional), de 2019, permitiu confirmar o cumprimento em 66% dos requisitos impostos por este organismo, superando a média exigida de 60%.

Em 2014, o cumprimento dos requisitos da ICAO, pelo país era de 44%.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Ver também:

euroAtlantic Airways candidata-se a apoiar LAM na retoma de voos para a Europa

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cabo Verde Airlines começa a voar Sal – Lagos a 9 de Dezembro

20-08-2019 (14h31)

A Cabo Verde Airlines (CVA) anunciou uma nova rota entre a Ilha do Sal, em Cabo Verde, e a cidade de Lagos, na Nigéria, que começa a operar a partir de 9 de Dezembro com cinco voos por semana.

Solférias assina parceria com a UNICEF para ajudar crianças cabo-verdianas

14-08-2019 (11h27)

O operador turístico Solférias estabeleceu uma parceria com a UNICEF para angariar fundos para a nutrição de crianças cabo-verdianas, “para que possam ter condições dignas para um crescimento saudável”.

Lease-Fly prevê ter certificado de operador aéreo em Cabo Verde em seis meses

13-08-2019 (13h30)

A portuguesa Lease-Fly prevê avançar nos próximos seis meses com a obtenção do AOC (do inglês para Certificado de Operador Aéreo) de companhia aérea regional para a Cabo Verde Connect.

CVA começa hoje a fazer voos domésticos em parceria com Newtour e Lease-Fly

13-08-2019 (13h28)

A companhia aérea Cabo Verde Airlines (CVA) inicia hoje os voos domésticos entre ilhas cabo-verdianas, em parceria com as portuguesas Lease-Fly e Newtour, para garantir a conectividade ao seu hub na ilha do Sal.

Cabo Verde Airlines vai voar Lisboa – Praia em B737 a partir de 30 de Agosto

12-08-2019 (18h23)

A Cabo Verde Airlines (CVA) anunciou que vai começar a voar entre Lisboa e Praia, em Cabo Verde, no dia 30 de Agosto, com um avião Boeing 737-300 de 120 lugares, às segundas, quartas e sextas-feiras.

Noticias mais lidas