Turismo português para Cabo Verde cresceu 16,1% este Verão

10-12-2019 (15h40)

Foto: Solférias
Foto: Solférias

A hotelaria de Cabo Verde teve este Verão um aumento em 16,1% das dormidas de turistas portugueses que, uma vez mais, foram o seu segundo maior mercado internacional, atrás apenas dos residentes no Reino Unido, concluiu o PressTUR com base nos dados publicados pelo INE cabo-verdiano.

A informação do Instituto indica que a hotelaria de Cabo Verde acolheu no terceiro trimestre 27.583 turistas residentes em Portugal, que fizeram 164.853 dormidas.

Face à época estival de 2018, a hotelaria cabo-verdiana teve mais quase 3,5 mil turistas residentes em Portugal, com o crescimento a situar-se em 14,5%, em cima do qual se deu uma subida da estada média em 1,4%, para seis noites, o que levou a que em número de dormidas o crescimento tenha atingido 16,1%, significando mais 22,8 mil pernoitas que há um ano.

Assim, Portugal não só se manteve o segundo maior emissor para Cabo Verde na época alta, como foi o que teve o segundo maior crescimento, em ambos os casos atrás apenas do Reino Unido, que se manteve maior emissor com 418 mil dormidas, mais 41,2 mil que um ano antes, embora o ritmo de crescimento tenha sido inferior ao do mercado português, situando-se em 10,9%.

Os dados do INE cabo-verdiano indicam que no terceiro trimestre, época alta da actividade turística na Europa, a hotelaria do país teve alojados 164,8 mil turistas residentes no estrangeiro, +6,5% ou mais dez mil que no terceiro trimestre de 2018, mas em dormidas, por quebra da estada média em 4,7%, o crescimento ficou em 1,7% ou 19,4 mil pernoitas.

Portugal foi o segundo maior emissor, tanto em número de turistas residentes no estrangeiro hospedados em estabelecimentos cabo-verdianos, representando 16,7% do total de hóspedes chegados de fora do país e 14,1% das pernoitas destes mercados, acima do período homólogo de 2018 em 2,6 e em 1,8 pontos, respectivamente.

Incluindo também o mercado dos residentes em Cabo Verde, tanto naturais do país como de nacionalidade estrangeira, a hotelaria de Cabo Verde teve este Verão 181.664 hóspedes que realizaram 1.217.668 dormidas, com aumentos face ao período homólogo de 2018 respectivamente em 6,8% e em 1,9%, respectivamente, dada a queda da estada média em 4,5%, para 6,7 noites.

 

Clique para mais notícias: Cabo Verde

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Número de mortos com covid-19 em África subiu para 117

28-03-2020 (15h41)

O número de mortes causadas pela covid-19 em África subiu para 117 em 46 países, havendo a registar 3.924 pessoas infectadas e 276 recuperadas, segundo as mais recentes estatísticas sobre a pandemia.

Cabo Verde com primeiro caso de transmissão local e cinco no total

27-03-2020 (11h59)

Cabo Verde confirmou o quinto caso de infecção pelo novo coronavírus no arquipélago, o primeiro de transmissão local, conforme anúncio feito pelo ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, que indicou que se trata da esposa do indivíduo que foi o primeiro caso positivo registado na cidade de Praia.

Número de infectados pelo novo coronavírus sobe para sete em Moçambique

26-03-2020 (15h04)

O número de doentes infectados com a covid-19 em Moçambique subiu de cinco para sete, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

TAP programa mais dois voos de resgate para Angola e Cabo Verde

26-03-2020 (10h01)

A TAP anunciou que está a programar fazer mais dois voos de repatriamento de portugueses para Angola e Cabo Verde esta sexta-feira, dia 27 de Março.

Guiné-Bissau confirma primeiros dois casos

25-03-2020 (10h36)

A Guiné-Bissau confirmou os primeiros dois casos de doentes com covid-19, anunciou hoje o autoproclamado Presidente do país, Umaro Sissoco Embaló, através do Facebook.

Noticias mais lidas