Turismo português para Cabo Verde cresceu 16,1% este Verão

10-12-2019 (15h40)

Foto: Solférias
Foto: Solférias

A hotelaria de Cabo Verde teve este Verão um aumento em 16,1% das dormidas de turistas portugueses que, uma vez mais, foram o seu segundo maior mercado internacional, atrás apenas dos residentes no Reino Unido, concluiu o PressTUR com base nos dados publicados pelo INE cabo-verdiano.

A informação do Instituto indica que a hotelaria de Cabo Verde acolheu no terceiro trimestre 27.583 turistas residentes em Portugal, que fizeram 164.853 dormidas.

Face à época estival de 2018, a hotelaria cabo-verdiana teve mais quase 3,5 mil turistas residentes em Portugal, com o crescimento a situar-se em 14,5%, em cima do qual se deu uma subida da estada média em 1,4%, para seis noites, o que levou a que em número de dormidas o crescimento tenha atingido 16,1%, significando mais 22,8 mil pernoitas que há um ano.

Assim, Portugal não só se manteve o segundo maior emissor para Cabo Verde na época alta, como foi o que teve o segundo maior crescimento, em ambos os casos atrás apenas do Reino Unido, que se manteve maior emissor com 418 mil dormidas, mais 41,2 mil que um ano antes, embora o ritmo de crescimento tenha sido inferior ao do mercado português, situando-se em 10,9%.

Os dados do INE cabo-verdiano indicam que no terceiro trimestre, época alta da actividade turística na Europa, a hotelaria do país teve alojados 164,8 mil turistas residentes no estrangeiro, +6,5% ou mais dez mil que no terceiro trimestre de 2018, mas em dormidas, por quebra da estada média em 4,7%, o crescimento ficou em 1,7% ou 19,4 mil pernoitas.

Portugal foi o segundo maior emissor, tanto em número de turistas residentes no estrangeiro hospedados em estabelecimentos cabo-verdianos, representando 16,7% do total de hóspedes chegados de fora do país e 14,1% das pernoitas destes mercados, acima do período homólogo de 2018 em 2,6 e em 1,8 pontos, respectivamente.

Incluindo também o mercado dos residentes em Cabo Verde, tanto naturais do país como de nacionalidade estrangeira, a hotelaria de Cabo Verde teve este Verão 181.664 hóspedes que realizaram 1.217.668 dormidas, com aumentos face ao período homólogo de 2018 respectivamente em 6,8% e em 1,9%, respectivamente, dada a queda da estada média em 4,5%, para 6,7 noites.

 

Clique para mais notícias: Cabo Verde

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos de Cabo Verde somam mais 1,6% de passageiros até Novembro

17-01-2020 (10h45)

Os aeroportos cabo-verdianos movimentaram entre Janeiro e Novembro mais de 2,3 milhões de passageiros, uma subida de 1,6% face ao período homólogo do ano anterior.

Cabo Verde alarga isenção de vistos a cidadãos do Brasil, Canadá e EUA

13-01-2020 (13h29)

Os turistas brasileiros, canadianos e norte-americanos vão passar a estar isentos de vistos em passaporte para entrar em Cabo Verde a partir de Fevereiro, medida com a qual o Governo cabo-verdiano pretende atrair um novo nicho turístico.

Novo ministro do Turismo e Transportes de Cabo Verde promete continuidade

10-01-2020 (15h33)

O novo ministro do Turismo e Transportes de Cabo Verde, Carlos Jorge Santos, ex-administrador do grupo hoteleiro português Oásis, prometeu hoje, após tomar posse, continuidade na execução das políticas nos dois setores.

Tanzânia transforma três reservas de caça em parques nacionais abertos ao turismo

10-01-2020 (14h55)

A Tanzânia passou a dispôr de mais três Parques Nacionais, que podem receber safaris com visitantes, após a conversão de cerca de 42,3 quilómetros quadrados de área dedicada a reservas de caça.

TAP vai voar mais de/para Dakar

10-01-2020 (14h06)

A TAP aumenta a partir de 7 de Fevereiro a frequência de voos entre Lisboa e a capital do Senegal, Dakar, de sete para nove por semana, com dois voos às sextas e Domingos, em Airbus A320 e A321.

Noticias mais lidas