TAP anuncia mais 20% de capacidade para Luanda no próximo ano

17-10-2019 (14h53)

Foto: TAP
Foto: TAP

A TAP vai reforçar a sua capacidade para Luanda em mais 20% a partir do próximo ano, anunciou na capital angolana o seu Chief Marketing and Sales Officer, Abílio Martins, que realçou que para a companhia Angola “é um mercado estratégico”.

Num evento que serviu também para a companhia apresentar o Airbus A330neo, com que começou a operar a rota Lisboa-Luanda no início deste mês foi indicado que a TAP terá um voo por dia à excepção das sextas-feiras, em que serão dois, a partir de 15 de Dezembro, e que esses voos passam a realizar-se em período nocturno, depois de 28 de Outubro.

“Isto vai permitir melhorar a conectividade com outros voos”, optimizando as ligações de Angola para os Estados Unidos, Europa e Israel, o que segundo Abílio Martins é particularmente importante para os passageiros corporate.

A rota de Luanda é usada anualmente por cerca de 80 mil passageiros e Angola representa 28% da receita total das linhas da TAP em África, indicou Abílio Martins, escusando-se a indicar o valor dos proveitos.

Fontes da TAP, porém, avançaram ao PressTUR que Luanda voltou a ser a rota mais rentável da companhia de aviação portuguesa.

Este ano a TAP abriu novas rotas em África, passando a ligar Portugal à Guiné-Conacri, e tem anunciado, para 27 de Outubro, o início dos voos para Banjul (Gâmbia).

“Para o ano, o objectivo é a estabilização e consistência das rotas”, avançou a directora de Marketing' e Vendas da companhia, Paula Canada.

Questionado sobre os relatos de indisposições que foram reportados na estreia dos novos modelos Airbus A330-900neo, Abílio Martins garantiu que foram “casos muito pontuais de odores não nocivos”, relacionados com o facto de o avião estar em início de operação, e que “tendem para zero”.

Até ao final de 2019, a TAP vai ter 21 destes aparelhos ao serviço, que são utilizados nas rotas dos Estados Unidos da América (Nova Iorque / JFK, Newark, Washington, Chicago, S. Francisco, Boston e Miami), Brasil, em especial S. Paulo e Rio de Janeiro e, agora, Luanda.

Ainda recentemente a TAP lançou uma promoção para os seus voos de Lisboa para Luanda, com preço abaixo dos 200 euros (para ler mais clique:

TAP anuncia voos Lisboa - Luanda desde 186 euros).

/promocoes/voos/tap-anuncia-voos-lisboa---luanda-desde-186-euros/

A rota de Luanda foi tradicionalmente a rota mais rentável da TAP, com uma procura principalmente de passageiros de negócios, mas que passou a ter que enfrentar concorrência forte por parte da angolana TAAG, que não só estava com um avião mais moderno (Boeing B777), enquanto a TAP mantinha o ‘velhinho’ A340, como também porque passou a ter voo directo para o Porto.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: TAP

/pesquisa?q=TAP

Clique para mais notícias: Aviação

empresas---negocios/aviacao/

Clique para mais notícias: África

/mercados/africa/
Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

LAM retoma ligações Maputo – Lisboa a 2 de Junho

26-02-2020 (14h24)

A companhia de aviação estatal moçambicana Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) anunciou que vai retomar as ligações Lisboa – Maputo no dia 2 de Junho, em vez de a 31 de Março, como previsto inicialmente.

Soltrópico promove webinar sobre Djerba

19-02-2020 (14h38)

O operador turístico Soltrópico está a anunciar uma sessão de formação em formato webinar sobre a ilha de Djerba, na Tunísia, no dia 27 de Fevereiro.

Egyptair vai fazer 16 charters de Lisboa para Sharm el Sheikh este Verão

18-02-2020 (12h32)

A companhia de aviação egípcia Egyptair vai fazer um voo charter semanal de Lisboa para Sharm el Sheikh, entre o deserto da península do Sinai e o Mar Vermelho, no Egipto, entre 8 de Junho e 28 Setembro (último regresso).

Ilha do Sal investe mais de 3M€ para criar Polícia Municipal com 70 efectivos

17-02-2020 (18h42)

A ilha do Sal, a mais turística de Cabo Verde, vai contar este ano com um corpo de Polícia Municipal, com até 70 efectivos, num investimento da câmara local superior a três milhões de euros até 2023.

Governo cabo-verdiano aprova concessão para aldeamento turístico no Tarrafal

11-02-2020 (17h36)

O Governo cabo-verdiano aprovou a concessão a privados, por 50 anos, de um terreno de 8.559 metros quadrados junto ao mar, no concelho do Tarrafal, ilha do Sal, para instalação de um aldeamento turístico.

Noticias mais lidas