Royal Air Maroc vai voar com o Dreamliner também para Luanda e Rio de Janeiro

28-03-2018 (14h18)

Foto: Boeing
Foto: Boeing

Casablanca - São Paulo vai ter mais um voo por semana a partir de 29 de Outubro

A companhia de aviação marroquina Royal Air Maroc, que em Portugal tem voos de/para os aeroportos de Lisboa e do Porto, vai colocar os novos Boeing B787-8 Dreamliners a fazer os voos de Casablanca para Luanda e Rio Janeiro, em lugar do B767-300ER, a partir de finais de Outubro.

Uma informação da companhia aos sistemas globais de reservas indica que o B787-8 passa a voar a rota Casablanca - Rio de Janeiro a partir de 28 de Outubro, três vezes por semana até 24 de Dezembro, quando é intoduzido um quarto voo.

A introdução do B787-8 na linha Casablanca - Luanda está prevista para 30 de Outubro, com três voos por semana.

A informação da companhia aos sistemas de reservas indica também que a partir de 20 de Outubro a Royal Air Maroc aumenta de quatro para cinco voos por semana a rota Casablanca - São Paulo Guarulhos, que já é operada em Boeing B787-8.

Em contrapartida, no início do Inverno IATA (finais de Outubro) a companhia marroquina vai reduzir em um voo semanal a frequência de ligações de Casablanca com Montreal (de sete para seis por semana, de 28 de Outubro a 19 de Dezembro), com Nova Iorque JFK (de oito para sete por semana, de 28 de Outubro a 21 de Dezembro) e com Washington Dulles (de quatro para três por semana, a partir de 28 de Outubro).

Em finais do ano passado foi revelado que a Royal Air Maroc era a companhia compradora de quatro Dreamliners B787-9 que já constavam da lista de encomendas recebidas pelo fabricante norte-americano mas sem se conhecer o destinatário.

A Royal Air Maroc recebeu o seu primeiro B787 a 31 de Dezembro de 2014 nas instalações da Boeing e Everett, Washington, EUA, que voou então 8.867 quilómetros para o seu hub no Aeroporto Internacional Mohammed V, em Casablanca.

 

Clique para mais notícias: Royal Air Maroc

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

PR moçambicano lança primeira pedra para construção de aeroporto no sul de Moçambique

08-10-2018 (13h29)

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, lançou a primeira pedra para construção do Aeroporto Internacional de Xai-Xai, na província de Gaza, no Sul de Moçambique, um projecto orçado em cerca de 75 milhões de dólares (65 milhões de euros).

Novas tarifas aéreas entre ilhas de Cabo Verde entram em vigor no dia 28

08-10-2018 (13h23)

As novas tarifas no transporte aéreo entre as ilhas de Cabo Verde vão mesmo entrar em vigor a 28 de Outubro, apesar do pedido de adiamento da companhia aérea Binter, que chegou a ameaçar suspender as ligações após essa data.

Nova direcção da TAAG prepara privatização da companhia aérea

08-10-2018 (13h14)

O presidente da nova administração da companhia aérea angolana TAAG indicou que a privatização da empresa vai ser feita "gradualmente", devendo, primeiro, criar-se condições "adequadas e atractivas" para o investimento privado, noticiou a imprensa angolana.

Marriott anuncia primeiro hotel em Moçambique, em Nampula

01-10-2018 (16h17)

A Marriott, maior rede hoteleira do mundo, com mais de 1,16 milhões de quartos em quase seis mil hotéis em 2016, anunciou hoje que vai abrir a sua primeira unidade em Moçambique, em 2023, em Nampula, numa área que terá também um centro comercial, um hospital e escritórios.

TAAG vai contar com mais aviões a partir do próximo ano

29-09-2018 (15h38)

A companhia aérea angolana TAAG, líder nas ligações entre Angola e Portugal, como voos para Lisboa e para o Porto, vai adquirir, em 2019, 11 novos aviões de médio curso e um número ainda não informado de Boeing 787 Dreamliner, de longo curso, no quadro do seu programa de modernização da transportadora.