Riu passa a usar palhinhas biodegradávies nos seus hotéis em Portugal, Espanha e Cabo Verde

01-06-2018 (15h07)

A Riu anunciou que a partir de hoje, dia 1 de Junho, passou a utilizar palhinhas biodegradáveis nos seus hotéis em Portugal e Espanha, uma medida que também vai implementar nos seus hotéis em Cabo Verde a partir de Julho.

A iniciativa é levada a cabo em colaboração com fornecedora Emicela e significa a substituição de todo o material anterior por palhinhas mais sustentáveis, com o objectivo de ajudar a reduzir o CO2, eliminar resíduos e proteger o meio ambiente.

O tempo de decomposição das novas palhinhas varia dependendo da humidade e temperatura, mas em condições normais ocorre em 40 dias e sem deixar resíduos visíveis ou tóxicos, o que a Riu encara como "uma grande conquista se considerarmos que uma palhinha comum leva 500 anos a decompor-se".

Com esta iniciativa, o grupo hoteleiro está um passo à frente da Comissão Europeia, que apresentou um plano esta semana para proibir em 2021 uma série de artigos de plástico, incluindo palhinhas, talheres e pratos descartáveis.

Além deste plano, também o governo das Ilhas Baleares apresentou um projecto de lei sobre Prevenção de Resíduos para eliminar artigos plásticos descartáveis e que poderia entrar em vigor em 1 de Janeiro de 2020.

Em Espanha são usadas cinco mil milhões de palhinhas por ano, um número que se eleva a mil milhões por dia se contabilizado a nível mundial, segundo a rede hoteleira.

Apesar de parecerem inofensivas e decorativas em alguns cocktails, as palhinhas são consideradas a principal fonte de lixo marinho, equivalendo a 4% dos oito milhões de toneladas de resíduos plásticos em todo o mundo.

O grupo hoteleiro sublinha que as novas palhinhas são 100% biodegradáveis e também ‘compostáveis' e já podem ser encontradas nos mais de 35 hotéis da Riu nas Ilhas Canárias, na Andaluzia, no Algarve e na Madeira.

A Riu acrescenta que a partir de Julho a medida também vai ser aplicada nos seus hotéis no Sal e na Boavista e que a partir de 2019 deverá começar a implementar também no continente americano.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Riu Hotels & Resorts

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Air Austral é a próxima companhia a alugar o A380 da portuguesa Hi Fly

06-08-2018 (11h25)

A companhia de aviação francesa Air Austral vai alugar o avião A380 da portuguesa Hi Fly para operar voos de e para a sua sede em Saint-Denis, na Ilha da Reunião.

Governo de Cabo Verde diz ter quase 20 interessados em comprar os TACV

31-07-2018 (14h09)

Quase 20 empresas e empresários nacionais e investidores estrangeiros já manifestaram interesse na compra da transportadora aérea cabo-verdiana TACV, informou hoje o Governo, indicando que o comprador fará a gestão da empresa por, pelo menos, cinco anos.

Abreu, Solférias e Soltrópico anunciam dois charters TAP para Réveillon em Cabo Verde

27-07-2018 (16h03)

A Abreu, a Solférias e a Soltrópico lançaram para o mercado dois voos charter contratados à TAP para o Fim de Ano nas Ilhas do Sal e da Boavista, em Cabo Verde, programados para partir de Lisboa no dia 26 de Dezembro.

Companhia aérea moçambicana LAM indica nova direcção-geral

24-07-2018 (09h26)

A Assembleia-Geral da transportadora Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) nomeou João Carlos Pó Jorge director-geral da companhia, "para assegurar o normal funcionamento da empresa".

TAP vai alterar routing dos voos para Lomé e Accra

17-07-2018 (17h56)

A TAP, que actualmente tem quatro voos por semana de Lisboa para Lomé e seguidamente Accra, a partir do início do Inverno IATA fará duas dessas ligações indo primeiro a Accra e só depois a Lomé.