Reino Unido é cada vez mais o primeiro emissor para Cabo Verde

04-06-2019 (17h46)

O Reino Unido foi a origem de 22,4% dos turistas estrangeiros que estiveram na hotelaria de Cabo Verde e 28,4% das suas dormidas no primeiro trimestre, aumentando as suas quotas do turismo internacional no arquipélago respectivamente em 2,4 e 1,4 pontos.

A análise do PressTUR aos divulgados pelo INE de Cabo Verde indicou que o Reino Unido proporcionou mais de metade dos aumentos de hóspedes e dormidas de residentes no estrangeiro que estiveram alojados na hotelaria cabo-verdiana no primeiro trimestre.

O PressTUR concluiu que o aumento de turistas residentes no Reino Unido foi de 21,3% ou 9,2 mil, para 52,3 mil, que compara com um aumento do total de turistas estrangeiros em 8,5% ou 18,3 mil, para 233,7 mil.

Em dormidas, em que a hotelaria cabo-verdiana teve um aumento no trimestre em 4,5% ou 61 mil, para 1,4 milhões, o mercado dos residentes no Reino Unido teve um aumento em 10% ou 36,2 mil, para 397,9 mil.

O segundo mercado que mais contribuiu para o balanço positivo da hotelaria cabo-verdiana no primeiro trimestre foi Bélgica + Holanda, com mais 18,1 mil dormidas (+11%, para 183,5 mil), e seguidamente Áustria, com mais 11,5 mil (+227,9%, para 15,6 mil), e França, com mais 8,7 mil (+6,6%, para 140,9 mil).

Itália, que no passado foi o mercado internacional líder para Cabo Verde, foi no primeiro trimestre o mais penalizador do balanço do trimestre, com um decréscimo de 19,7 mil dormidas (-33,9%, para 38,6 mil).

Igualmente em que queda estiveram a Alemanha, com menos duas mil dormidas (-1,3%, para 154,1 mil), Suíça, com menos 2,1 mil (-11,2%, para 16,9 mil, e o conjunto de “outros países” não especificados, com menos 3,4 mil (-1%, para 336,4 mil).

Apesar da sua preponderância como primeiro emissor, o Reino Unido apenas foi o primeiro mercado internacional em dormidas nas ilhas do Sal e da Boavista, respectivamente com 198,7 mil e 194,4 mil.

Portugal foi líder na ilha de Santiago, com 11,7 mil, e França liderou em São Vicente, com 7,4 mil e no conjunto das restantes ilhas não especificadas, com 16,8 mil.

 

Clique para mais notícias: Cabo Verde

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: África

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Royal Air Maroc já abriu reservas para voos Casablanca - Pequim Daxing

12-09-2019 (14h31)

A companhia de aviação marroquina Royal Air Maroc (RAM), que voa para os aeroportos portugueses de Lisboa e do Porto, já abriu as reservas para os voos entre o seu hub de Casablanca e o novo aeroporto da capital chinesa, Pequim Daxing, que tem programado começar a 16 de Janeiro próximo.

Sindicato angolano de pilotos chega a acordo com a TAAG e desconvoca greve

04-09-2019 (10h34)

A TAAG anunciou que a greve anunciada pelos pilotos foi desconvocada, depois de negociações que permitiram chegar a um acordo com o sindicato.

Soltrópico dá prémios às agências que venderem mais pacotes para São Tomé

02-09-2019 (18h07)

O operador turístico Soltrópico vai oferecer viagens, lugares em fam trips e brindes às agências de viagens que venderem mais programas para São Tomé.

São Tomé repudia resposta da euroAtlantic sobre a gestão da STP Airways

30-08-2019 (11h32)

O governo são-tomense "repudiou" hoje "a forma grosseira e arrogante" como a companhia portuguesa euroAtlantic reagiu ao acordo do excutivo com uma empresa da Guiné Equatorial para a gestão da STP Airways.

Turismo português em Cabo Verde cresce 4,6% no 2º trimestre

29-08-2019 (16h50)

A hotelaria de Cabo Verde teve um aumento das dormidas de turistas residentes em Portugal em 4,6% no segundo trimestre, impulsionado pelo crescimento do número de visitantes em 7,2%, que compensou a redução da sua estada média em 2,4%.

Noticias mais lidas