LAM quer negociar um acordo de code-share com a TAP

08-10-2019 (11h21)

A LAM, que a partir de Março vai voar entre Lisboa e Maputo, quer negociar com a TAP um acordo de code-share “de forma a que uma pessoa possa comprar um voo desde o Porto até Nampula, por exemplo”, segundo o director-geral da companhia, João Carlos Pó Jorge.

O objectivo é “repor uma relação que havia de longa data e que, tecnicamente, deixou de funcionar, há cerca de dois anos”.

“Contamos que com algum trabalho e boa vontade de parte a parte conseguiremos pelo menos repor o que havia. Depois, com a introdução do novo voo [em Março], poderemos elevá-la a um patamar muito mais alto”, disse o executivo à Lusa.

“A três/quatro anos gostaríamos de ter voos diários entre os dois operadores, com code-share na rota, de forma a que uma pessoa possa comprar um voo desde o Porto até Nampula, por exemplo. Mas também vice-versa, que possa comprar desde Pemba até ao Porto, ou até Nova Iorque ou Londres”, prevê João Carlos Pó Jorge.

O executivo estima que o tráfego de passageiros entre Portugal e Moçambique vai crescer "bastante" nos próximos anos, graças também aos grandes projectos de petróleo gás a realizar no país africano.

A rota Maputo – Lisboa tem cerca de 40 mil passageiros actualmente, sendo a maior parte clientes da TAP, mas também de outras companhias, através de outros destinos, referiu João Carlos Pó Jorge.

“Os projetos de petróleo implicam muita movimentação, tanto em frequências como em volume de passageiros", considerou, acrescentando que a LAM, ao ver que este mercado "está a crescer muito" e que "está a haver muito tráfego, que vai para outras rotas" quer posicionar-se.

“Queremos ver se acrescentamos algum mercado e se vamos buscar alguns [passageiros] que estão a ir via outras rotas", adiantou o gestor.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: LAM

Clique para ver mais: África

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cabo Verde Airlines vai ter mais voos Sal - Paris

10-12-2019 (16h58)

A Cabo Verde Airlines, ‘sucessora’ da TACV, vai aumentar a oferta de voos entre o Sal e Paris Charles de Gaulle ainda este mês, passando a disponibilizar quatro voos por semana.

Ilha do Sal ‘monopoliza’ cada vez mais a atracção dos turistas portugueses

10-12-2019 (16h06)

A hotelaria da ilha do Sal concentrou nos primeiros nove meses deste ano 50% dos turistas residentes em Portugal que se alojaram em estabelecimentos cabo-verdianos, acima do período do homólogo de 2018 em 3,5 pontos, por um crescimento em 18,7%, que compara com um aumento médio de turistas portugueses em Cabo Verde e 10,3%.

Cabo Verde está com crescimento a dois dígitos da procura de turistas portugueses

10-12-2019 (15h44)

A hotelaria de Cabo Verde regista até ao fim de Setembro crescimentos de 10,3% do número de hóspedes residentes em Portugal e de 10,2% das respectivas pernoitas, concluiu o PressTUR a partir dos dados divulgados pelo INE cabo-verdiano.

Turismo português para Cabo Verde cresceu 16,1% este Verão

10-12-2019 (15h40)

A hotelaria de Cabo Verde teve este Verão um aumento em 16,1% das dormidas de turistas portugueses que, uma vez mais, foram o seu segundo maior mercado internacional, atrás apenas dos residentes no Reino Unido, concluiu o PressTUR com base nos dados publicados pelo INE cabo-verdiano.

TAAG junta operadores e parceiros para jantar de Natal em Lisboa

06-12-2019 (11h44)

A companhia de aviação angolana TAAG juntou operadores turísticos e outros parceiros esta quinta-feira em Lisboa, para um jantar de Natal que encerrou com uma actuação do novo embaixador da companhia, o cantor Matias Damásio.

Noticias mais lidas