LAM e Fastjet assinam acordo de cooperação

21-03-2018 (14h01)

As Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) e a companhia aérea low cost Fastjet assinaram um memorando de entendimento que prevê acordos de code-share e interline, sinergias de rede e cooperação em sistemas comerciais, de carga, engenharia e manutenção.

A companhia estatal moçambicana regista atrasos frequentes por falta de aviões e recursos, reflexo de uma crise agravada no início do mês por dificuldades no pagamento de combustível.

A Fastjet, por sua vez, iniciou actividade no mercado doméstico de Moçambique em Novembro, com o certificado de exploração da companhia Solenta Aviation, sua principal accionista (clique para ler: Low cost Fastjet começa voos domésticos em Moçambique a 3 de Novembro).

Citado num comunicado, o presidente da comissão executiva da LAM, António Pinto, acredita que o acordo assinado na terça-feira vai servir para "fortalecer" a companhia pública e promover o turismo.

"Esta abordagem de cooperação comercial é a primeira deste tipo no continente africano", realçou o presidente executivo da Fastjet, Nico Bezuidenhout.

"A Fastjet está empenhada em explorar e alavancar o acordo em benefício de ambas as empresas e, em última instância, do povo de Moçambique", concluiu.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: LAM

Clique para mais notícias: Fastjet

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Thomson Airways volta a voar de Gatwick para Faro a partir de Maio

08-01-2019 (10h11)

A Thomson Airways, companhia de aviação britânica do TUI, maior grupo europeu de organização e comercialização de viagens volta a voar a partir de 5 de Maio de Londres Gatwick para Faro, Algarve, uma rota que não opera desde Abril de 2015.

Reservas para Cabo Verde até 20 de Março não serão afectadas pela nova TSA

07-01-2019 (18h39)

Os operadores turísticos Solférias e Soltrópico avançaram hoje que as reservas dos seus pacotes para Cabo Verde, apesar da entrada em vigor a 1 de Janeiro de uma nova Taxa de Segurança Aeroportuária (TSA) no país, “não sofrerão alterações de preços para reservas efectuadas até às 18h dia 20 de Março”, desde que tenham sido enviados os dados de passaporte dos viajantes.

Isenção de vistos para Cabo Verde alargada para cidadãos de 36 países europeus

03-01-2019 (16h13)

Cidadãos de 36 países europeus deixaram desde terça-feira de estar obrigados a um visto de curta duração para entrar em Cabo Verde, mais quatro do que os anunciados inicialmente pelo Governo, segundo uma rectificação publicada entretanto em Boletim Oficial.

Cabo Verde implementa Taxa de Segurança Aeroportuária

03-01-2019 (16h11)

O Governo cabo-verdiano implementou a 1 de Janeiro uma Taxa de Segurança Aeroportuária (TSA) com um custo de cerca de 1,36 euros por passageiro em voos nacionais e 30,83 euros por passageiro em voos internacionais.

Alojamento na Ilha do Sal esteve 100% ocupado no fim do ano

03-01-2019 (12h23)

Os hotéis, residenciais e pousadas na ilha cabo-verdiana do Sal receberam no final do ano cerca de 12 mil hóspedes estrangeiros e alcançaram uma taxa de ocupação de 100%, de acordo com as estimativas da imprensa local.

Ultimas Noticias