Governo moçambicano quer acelerar plano de reestruturação da LAM

09-07-2018 (13h44)

O primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, disse que o Governo vai acelerar o plano de reestruturação das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), considerando a recuperação da companhia uma prioridade.

"Nós temos um programa de reestruturação e a LAM tem este trabalho em curso. Vamos acelerá-lo", disse Carlos Agostinho do Rosário, citado hoje pela Agência de Informação de Moçambique (AIM).

De acordo com o primeiro-ministro moçambicano, o objectivo do Governo é encontrar um parceiro estratégico para recuperar a companhia da crise que atravessa, que foi provocada por dívidas internas.

"Sabemos que a LAM tem dificuldades, mas que o mais importante é procurarmos um parceiro estratégico para que possamos viabilizar as operações da LAM, mas não só, também das outras empresas públicas", acrescentou o governante.

Na semana passada, cerca de 300 passageiros que pretendiam viajar de Maputo para as cidades da Beira e Nampula ficaram em terra, devido à falta de combustível nos aviões da LAM.

O ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, disse à imprensa que o corte nos fornecimentos de combustível foi provocado por dificuldades de pagamento por parte da LAM.

Na sexta-feira, fonte da LAM disse à Lusa que o Instituto de Gestão de Participações do Estado (IGEPE) de Moçambique, entidade governamental que gere as empresas públicas, vai indicar uma comissão para gerir transitoriamente as LAM, na sequência da dissolução do Conselho de Administração, decidida em assembleia-geral extraordinária no dia anterior.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: LAM

Clique para mais notícias: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP vai alterar routing dos voos para Lomé e Accra

17-07-2018 (17h56)

A TAP, que actualmente tem quatro voos por semana de Lisboa para Lomé e seguidamente Accra, a partir do início do Inverno IATA fará duas dessas ligações indo primeiro a Accra e só depois a Lomé.

TACV Cabo Verde Airlines prevê receber hoje mais um avião

16-07-2018 (11h19)

A companhia aérea TACV Cabo Verde Airlines, que no Sábado recebeu o seu primeiro avião Boeing 757, tem previsto receber hoje, segunda-feira, mais uma aeronave e assim “retomar a estabilidade operacional”.

Receitas turísticas na Tunísia crescem 40% para 500 milhões de euros

13-07-2018 (11h38)

As receitas de turismo na Tunísia no primeiro semestre cresceram 40% face ao período homólogo do ano passado, uma evolução que o Governo tunisino atribui ao ‘regresso' dos visitantes europeus.

TUI vai investir na construção de um hotel de 500 quartos na Ilha do Sal

12-07-2018 (18h11)

A TUI irá investir, pela primeira vez directamente, na construção de uma unidade hoteleira de 500 quartos na Ilha do Sal, em Cabo Verde, anunciou o Governo cabo-verdiano.

Falta de lugares em voos Binter e TACV dificultam negócio de agências de viagens cabo-verdianas

12-07-2018 (17h04)

As agências de viagens de Cabo Verde denunciaram que estão a atravessar uma situação difícil devido à falta de lugares em voos da Binter Cabo Verde e dos TACV - Cabo Verde Airlines.