Governo moçambicano quer acelerar plano de reestruturação da LAM

09-07-2018 (13h44)

O primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, disse que o Governo vai acelerar o plano de reestruturação das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), considerando a recuperação da companhia uma prioridade.

"Nós temos um programa de reestruturação e a LAM tem este trabalho em curso. Vamos acelerá-lo", disse Carlos Agostinho do Rosário, citado hoje pela Agência de Informação de Moçambique (AIM).

De acordo com o primeiro-ministro moçambicano, o objectivo do Governo é encontrar um parceiro estratégico para recuperar a companhia da crise que atravessa, que foi provocada por dívidas internas.

"Sabemos que a LAM tem dificuldades, mas que o mais importante é procurarmos um parceiro estratégico para que possamos viabilizar as operações da LAM, mas não só, também das outras empresas públicas", acrescentou o governante.

Na semana passada, cerca de 300 passageiros que pretendiam viajar de Maputo para as cidades da Beira e Nampula ficaram em terra, devido à falta de combustível nos aviões da LAM.

O ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, disse à imprensa que o corte nos fornecimentos de combustível foi provocado por dificuldades de pagamento por parte da LAM.

Na sexta-feira, fonte da LAM disse à Lusa que o Instituto de Gestão de Participações do Estado (IGEPE) de Moçambique, entidade governamental que gere as empresas públicas, vai indicar uma comissão para gerir transitoriamente as LAM, na sequência da dissolução do Conselho de Administração, decidida em assembleia-geral extraordinária no dia anterior.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: LAM

Clique para mais notícias: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TACV programa voos para Dakar a partir de DezembroTitulo

15-11-2018 (11h00)

A companhia de aviação cabo-verdiana Cabo Verde Airlines (TACV) vai começar a voar entre a ilha do Sal e a capital do Senegal, Dakar, a partir de 9 de Dezembro, duas vezes por semana, com o seu Boeing B757.

Angola quer mais aposta em lodges e resorts - Ministra

14-11-2018 (17h45)

A ministra do Turismo de Angola, Ângela Bragança, defendeu hoje que Luanda já tem suficientes hotéis de cinco estrelas, sendo necessária apostar nos lodges e nos resorts para aumentar o fluxo turístico para o país.

Presidente da TAAG está seguro que fluxo de passageiros entre Portugal e Angola vai aumentar

14-11-2018 (16h46)

Com o ‘desanuviamento' das relações entre Portugal e Angola, "não tenho dúvida nenhuma de que vai haver aumento de fluxo de passageiros entre Luanda e Lisboa", afirmou ao PressTUR o presidente da companhia de aviação angolana TAAG, Rui Carreira.

TAAG quer abrir capital ao investimento privado, mas “não total” – presidente

14-11-2018 (16h42)

A TAAG deixou de ser uma empresa pública para ser uma sociedade comercial e o próximo passo será a abertura de parte do capital ao investimento privado, mas "não total", uma vez que se trata de "uma empresa estratégica para o Estado angolano", de acordo com o presidente da transportadora, Rui Carreira.

Porto – Luanda “continua a ser para nós um bom voo”, mesmo com quebra de passageiros – TAAG

14-11-2018 (16h40)

O tráfego aéreo de passageiros entre Porto e Luanda está com uma quebra de 8,7% até Outubro, mas não é por isso que deixa de ser "um bom voo", garantiu ao PressTUR o presidente do Conselho de Administração da TAAG, Rui Carreira, assegurando que a rota é para manter com a mesma frequência de voos.

Ultimas Noticias