Cabo Verde Airlines reforça Paris e adia Luanda por “razões comerciais”

24-10-2019 (12h02)

Foto: Cabo Verde Airlines
Foto: Cabo Verde Airlines

A companhia de aviação Cabo Verde Airlines (CAV), ‘sucessora' da TACV, anunciou que vai ter um quarto voo semanal entre o Sal e Paris e que, "por razões comerciais", adiou, para o Verão de 2020, o início dos voos para Luanda.

Desde pelo menos Julho que a CAV tinha à venda os voos para Luanda, uma das novas rotas intercontinentais que anunciou para este ano, juntamente com Washington, nos Estados Unidos, e Porto Alegre, no Brasil, todas com início anunciado para a segunda semana de Dezembro (para ler mais clique: Cabo Verde Airlines começa novas rotas de Washington, Luanda e Porto Alegre na segunda semana de Dezembro).

Uma notícia da Lusa publicada hoje diz que em comunicado a CVA informou o adiamento para o Verão de 2020 do início da ligação aérea entre a ilha cabo-verdiana do Sal e Luanda, alegando "razões comerciais".

A CVA garante nesse comunicado que mantém a aposta no mercado angolano, e que este adiamento "permitirá uma adequada implementação de todos os mecanismos de promoção, venda e parcerias" da futura ligação.

A Cabo Verde Airlines acrescenta na mesma informação que tudo será feito "respeitando as características próprias do mercado de Angola e dos diversos intermediários que prestam serviço na indústria do turismo e transporte aéreo", e assegurou que iniciou o processo de "proteção dos passageiros" que já tinham adquirido bilhete para a rota Sal/Luanda.

A CVA, privatizada em Março deste ano, quando passou a ser liderada pelos islandeses da Loftleidir Icelandic EHF, garantiu manter interesse no mercado angolano, incluindo o acordo de code-share com a companhia aérea angolana TAAG, que desde 26 de abril assegura voos entre a capital angolana e a ilha do Sal, com escala em São Tomé e Príncipe, duas vezes por semana.

A imprensa francesa especializada em aviação avançou entretanto que a CVA vai ter um quarto voo semanal entre o Sal e Paris, a partir de 21 de Dezembro, em Boeing B757-200 com 198 lugares, 18 dos quais em executiva.

Em meados de Agosto a CVA iniciou voos domésticos entre ilhas cabo-verdianas, em parceria com as portuguesas Lease-Fly e Newtour, para garantir a conectividade ao seu hub na ilha do Sal (para ler mais clique:CVA começa hoje a fazer voos domésticos em parceria com Newtour e Lease-Fly).

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: CVA

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

LAM retoma ligações Maputo – Lisboa a 2 de Junho

26-02-2020 (14h24)

A companhia de aviação estatal moçambicana Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) anunciou que vai retomar as ligações Lisboa – Maputo no dia 2 de Junho, em vez de a 31 de Março, como previsto inicialmente.

Soltrópico promove webinar sobre Djerba

19-02-2020 (14h38)

O operador turístico Soltrópico está a anunciar uma sessão de formação em formato webinar sobre a ilha de Djerba, na Tunísia, no dia 27 de Fevereiro.

Egyptair vai fazer 16 charters de Lisboa para Sharm el Sheikh este Verão

18-02-2020 (12h32)

A companhia de aviação egípcia Egyptair vai fazer um voo charter semanal de Lisboa para Sharm el Sheikh, entre o deserto da península do Sinai e o Mar Vermelho, no Egipto, entre 8 de Junho e 28 Setembro (último regresso).

Ilha do Sal investe mais de 3M€ para criar Polícia Municipal com 70 efectivos

17-02-2020 (18h42)

A ilha do Sal, a mais turística de Cabo Verde, vai contar este ano com um corpo de Polícia Municipal, com até 70 efectivos, num investimento da câmara local superior a três milhões de euros até 2023.

Governo cabo-verdiano aprova concessão para aldeamento turístico no Tarrafal

11-02-2020 (17h36)

O Governo cabo-verdiano aprovou a concessão a privados, por 50 anos, de um terreno de 8.559 metros quadrados junto ao mar, no concelho do Tarrafal, ilha do Sal, para instalação de um aldeamento turístico.

Noticias mais lidas