Barceló compra resort de 5-estrelas e dois terrenos em Marraquexe

16-01-2019 (11h50)

O Barceló Hotel Group comprou um resort de 5-estrelas na Palmeraie de Marraquexe, um terreno adjacente para construir mais quartos e outro terreno próximo do centro da cidade para construir um hotel novo.

Em comunicado, o grupo começa por avançar que investiu 35 milhões de euros na compra de um resort de 5-estrelas com 252 quartos na Palmeraie, um oásis de palmeiras nos arredores de Marraquexe.

O Barceló Palmeraie é apresentado pelo grupo como “um oásis de tranquilidade, ideal para desfrutar de umas férias em família, graças às facilidades que oferece para os mais pequenos”, ou para umas férias a dois, para “desfrutar dos seus quartos espaçosos e do seu centro de bem-estar com mais de 500 metros quadrados, com quatro salas de tratamento, um banho turco e um ginásio”. Para eventos e congressos, o resort tem 10 salas de reuniões com capacidade para 400 pessoas.

Para aumentar a oferta do novo resort, o grupo comprou um terreno adjacente com uma área de 85.600 metros quadrados, onde tem projectado construir 120 novos quartos.

Além dos investimentos na Palmeraie, a Barceló comprou ainda um terreno de 36.700 metros quadrados a três quilómetros do centro de Marraquexe, onde prevê construir um novo hotel de 5-estrelas com 160 quartos.

O grupo hoteleiro salienta que, com estes projectos, “posiciona-se como uma das cadeias hoteleiras espanholas com maior presença em Marrocos, com um total de seis hotéis e 1.136 quartos, localizados em alguns dos mais importantes destinos do país magrebe, como Casablanca, Fez, Tânger, Agadir e agora também Marraquexe”.

A rede da Barceló em Marrocos inclui os hotéis Barceló Casablanca, com 85 quartos, Barceló Fès Medina, com 134 quartos, Barceló Tânger, com 138 quartos, Allegro Agadir, com 321 quartos, Barceló Anfa Casablanca, com 206 quartos, e Barceló Palmeraie, com 252 quartos.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Barceló Hotel Group

Clique para ver mais: Marraquexe

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAAG deixa de ter restrições na União Europeia

17-04-2019 (14h17)

A companhia de aviação angolana TAAG, que lidera o transporte aéreo de passageiros entre Portugal e Angola, com voos de Luanda para Lisboa e para o Porto, foi retirada da “lista negra” da aviação da União Europeia, deixando assim de estar sujeita a restrições no espaço aéreo europeu, o que já não sucedia desde 2007.

TAP terá primeiros voos no novo A330-900neo para Luanda e Maputo no Verão IATA 2020

15-04-2019 (12h52)

A TAP tem programado começar a voar com o novo A330-900neo para Luanda e Maputo, as suas principais rotas africanas, a 29 de Março de 2020, início da época alta (Verão IATA) do próximo ano.

Presidente angolano cancela autorização para compra de novos aviões para a TAAG

15-04-2019 (11h20)

O Presidente angolano cancelou a autorização dada em Janeiro para a aquisição de novos aviões para a TAAG, alegando a necessidade de se proceder a um "estudo mais aprofundado" no Plano de Reestruturação da companhia aérea de Angola.

Solférias leva ao Egipto agentes de viagens que mais venderem o destino

11-04-2019 (13h33)

O operador turístico Solférias vai oferecer dez lugares numa viagem de familiarização (fam trip) a Hurghada às dez agências de viagens que mais venderem os seus programas para esta estância balnear no Egipto.

Solférias perspectiva “sucesso de vendas” para o Egipto, Sónia Regateiro

08-04-2019 (13h03)

A principal novidade do operador turístico Solférias para este Verão é a programação do Egipto com voos charter directos entre Lisboa e Hurghada, uma operação que Sónia Regateiro, directora Comercial do operador, considera que será "um sucesso de vendas".