Açores confiam obter até final do ano certificação como destino turístico sustentável

08-10-2019 (16h58)

Foto: Visit Azores
Foto: Visit Azores

A secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo do Governo dos Açores afirmou hoje que o executivo está “a trabalhar fortemente” para que “até final do ano” possa ser atribuída à região a certificação como destino turístico sustentável.

“Estamos a trabalhar fortemente para que assim seja possível”, afirmou Marta Guerreiro, indicando que se prevê uma auditoria da entidade certificadora ainda este mês.

A titular pela pasta do Turismo no governo do arquipélago açoriano falava aos jornalistas após a primeira reunião do Comité Consultivo para a Sustentabilidade do Destino Turístico Açores,  em Ponta Delgada,.

O comité tem como objetivo acompanhar, analisar, debater, emitir pareceres e fazer recomendações sobre o processo de certificação, sobre a implementação de instrumentos de planeamento, gestão e monitorização, bem como acompanhar a atividade da Estrutura de Gestão da Sustentabilidade do Destino Turístico Açores.

No âmbito deste processo de certificação, os Açores contam já com o estatuto bronze da EarthCheck, entidade certificadora de destinos turísticos sustentáveis.

Sobre a auditoria, a secretária regional do Turismo referiu que “vai avaliar um conjunto enorme de indicadores relativamente à região que foram recolhidos em relação aos últimos três anos e que vão desde as questões ambientais, mas também questões sociais como taxas de desemprego ou ainda questões de segurança, energéticas que serão analisadas numa primeira fase em gabinete”.

Posteriormente, os auditores irão estar presentes em três ilhas para visitas de campo a infra-estruturas e contactos com empresários.

Marta Guerreiro adiantou que hoje foi apresentado aos parceiros um plano de ação que contém um conjunto de medidas muito práticas, um documento que está disponível na Internet e “uma ferramenta que identifica e define as medidas a implementar a curto, médio e longo prazo”.

Segundo a governante, ao longo deste processo tem sido feita "uma recolha de um vasto conjunto de indicadores relativamente aos critérios da sustentabilidade, que não são só ambientais, mas também sociais, económicos e culturais", um conjunto enorme de iniciativas, desde a Cartilha da Sustentabilidade, que tem mais de 80 subscritores, ações nas escolas e grupos de trabalho por ilha.

Marta Guerreiro destacou “duas grandes áreas de importância” para os Açores obterem esta certificação, “a primeira de todas é uma questão de responsabilidade”, sublinhando a responsabilidade pelo “legado ambiental” e “cultural fantástico” do arquipélago.

“É também uma excelente oportunidade, porque nos coloca e nos posiciona como região que se quer promover no mundo como uma referência em termos de sustentabilidade”, frisou ainda.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Açores

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Receitas turísticas portugueses aguentam crescimento médio este ano em 7,7%

18-10-2019 (14h37)

Passados os meses de Julho e Agosto, os mais fortes do turismo em Portugal, as receitas turísticas portugueses, que são os gastos de turistas estrangeiros no país, mantêm o crescimento médio em 7,7%, que significa um aumento de 897,62 milhões de euros.

Gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro sobem 17,8% em Agosto

18-10-2019 (14h34)

O Banco de Portugal contabilizou 626,92 milhões de euros de gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro, o que representa um aumento em 17,8% ou 94,71 milhões de euros relativamente ao montante de Agosto de 2018 depois de revisto pelo banco central em alta de 82,28 milhões.

Presidente da TAP descarta voos directos para a China “num futuro imediato”

18-10-2019 (13h38)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, descartou a hipótese de a companhia fazer voos directos de Portugal para a China "num futuro imediato", apesar do crescimento de turistas daquele país asiático.

Banco de Portugal revê balança turística em alta de 2,1 mil milhões de euros desde 2013

18-10-2019 (13h14)

O Banco de Portugal publicou ontem novos valores de receitas e gastos turísticos para os 79 meses desde 1 de Janeiro de 2013, numa revisão que ‘acrescenta’ 2.136 milhões de euros ao saldo entre gastos de turistas estrangeiros no país e gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro.

TAP anuncia mais 20% de capacidade para Luanda no próximo ano

17-10-2019 (14h53)

A TAP vai reforçar a sua capacidade para Luanda em mais 20% a partir do próximo ano, anunciou na capital angolana o seu Chief Marketing and Sales Officer, Abílio Martins, que realçou que para a companhia Angola “é um mercado estratégico”.

Noticias mais lidas