João Bernardino Gomes faleceu aos 71 anos

31-01-2006 (09h41)

Fundador dos Hotéis Real

João Bernardino Gomes, fundador dos Hotéis Real Portugal, morreu vítima de um acidente de automóvel no passado domingo, contando 71 anos.

João Bernardino Gomes, natural de Abrantes, era empresário no sector da construção civil e promoção imobiliária há mais de 50 anos e na hotelaria e promoção turística há cerca de 25 anos, tendo fundado e sendo responsável da Sociedade de Construções João Bernardino Gomes, S.A. e dos Hotéis Real Portugal, entre outras.

A actividade empresarial de João Bernardino Gomes na hotelaria e turismo teve o seu início há cerca de 25 anos na zona de Albufeira com a construção e exploração de vários empreendimentos turísticos: Albufeira Jardim, Vila Magna e Bellavista Avenida.

Em 1994 criou o grupo Hotéis Real de Portugal com a abertura do primeiro hotel da cadeia, Hotel Real Parque, em Lisboa e actualmente conta com seis unidades de 4 e 5 estrelas concentradas na área da Grande Lisboa e Algarve.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Oásis Atlântico nomeia Gonçalo Ramos director dos seus hotéis em Saïdia

25-03-2019 (12h27)

O grupo hoteleiro Oásis Atlântico contratou Gonçalo Ramos, ex-director do resort Villa Termal Caldas de Monchique, para o cargo de director dos seus dois novos hotéis na zona balnear de Saïdia, Marrocos, previstos abrir no final de Maio.

Miguel Coelho é novo business development manager da Iberostar em Portugal

01-03-2019 (12h22)

O grupo Iberostar contratou Miguel Coelho, ex-MSC Cruzeiros, para o cargo de business development manager em Portugal.

João Jesus é o novo director geral do Tivoli Carvoeiro

24-01-2019 (17h02)

A Minor Hotels nomeou João Jesus, que conta com 17 anos de experiência em hotéis Tivoli, como o novo director geral do Tivoli Carvoeiro.

Portugal tem potencial para crescer mais em Cuba, diz ministro cubano do turismo

24-01-2019 (16h32)

Manuel Marrero Cruz, ministro cubano do Turismo, disse hoje que, apesar de satisfeito com a evolução da procura de turistas portugueses, designadamente através de voos charter de Lisboa, considera que "há um potencial maior e que pode haver muitos mais viajantes".

Paulo Cunha, ex-director de Vendas da TAP em Portugal, deixa companhia

23-01-2019 (18h27)

Paulo Cunha, que esteve a dirigir as Vendas TAP no mercado português até 1 de Novembro, data em que foi substituído por Dionísio Barum, vai deixar a companhia a partir de 31 de Janeiro.