Oito minutos de magia e cor celebram 100 anos de cruzeiros no Porto do Funchal

30-12-2013 (20h15)

Réveillon na Madeira

Está tudo preparado na cidade do Funchal para o famoso espectáculo de Fogo-de-Artifício da Passagem do Ano. Uma noite de magia, de luz e de cor, que se renova em cada ano, e que constitui desde há décadas o maior cartaz turístico da Região Autónoma, hoje copiado e repetido em diversos outros destinos turísticos, nas ilhas atlânticas e noutras do Mediterrâneo e das Caraíbas, por exemplo.




Com hotéis praticamente lotados e com 12 transatlânticos no porto, o espectáculo pirotécnico desta Passagem de Ano durará oito minutos, depois das badaladas da meia-noite de 31 de Dezembro, e será subordinado ao tema dos Cruzeiros, em homenagem aos 100 anos do Porto do Funchal assinalados este ano.
Até ao ano passado e durante seis anos o espectáculo do fogo da Noite de São Silvestre na Madeira figurou em primeiro lugar no “Guiness Book of Records”. Depois de seis anos o recorde do mundo que tinha sido ganho na Passagem de Ano de 2006 para 2007, foi arrebatado pelo Emirado do Kuwait, que organizou uma queima de fogos para assinalar os 50 anos da Constituição do Estado, no dia 10 de Novembro de 2012, na qual disparou 77.282 peças e no qual gastou 12,3 milhões de euros. Impossível a Madeira competir com tais números e com essa dimensão. O recorde ficará certamente por muitos anos nos Emirados Árabes Unidos.
Este ano o espectáculo do fogo de artifício foi adjudicado por 945 mil euros e será apresentado pelo consórcio português Macedo’s Pirotecnia e Joaquim Macedo, que venceu o concurso público internacional aberto anualmente para o efeito. O ponto fulcral do programa, explicaram os promotores, é constituído pelas quatro plataformas colocadas no mar e que terão maior potência de fogo que o habitual, “com peças de maior amplitude, no sentido de chamar atenção do espectáculo para esses postos, que pela beleza e configuração do anfiteatro do Funchal normalmente ficam menos visíveis”. Será composto por cerca de 17 toneladas de fogo, num total de 5.520 quilos de explosivo, e envolve um total de 61.580 disparos de 48.776 peças de fogo-de-artifício.
Nos últimos anos, com a construção de unidades hoteleiras noutros concelhos do arquipélago da Madeira, o espectáculo pirotécnico expandiu-se também para outras baías das ilhas da Madeira e do Porto Santo.
Na baía do Funchal será disparado a partir de 35 postos, estando 22 no anfiteatro quo Funchal, oito na orla marítima e zona ribeirinha da cidade e quatro colocados no mar, em embarcações preparadas para tal efeito. Estarão envolvidas 359 pessoas, incluindo equipas de distribuição, logística, segurança e o grupo pirotécnico de 102 elementos, segundo números revelados pelo consórcio e pela Secretaria Regional.
Outras cidades da Região, nomeadamente Machico, Santana e São Vicente, terão também queimas de fogos na Passagem do Ano.
A Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes anunciou que o programa de animação oficial das Festas de Natal e Fim do Ano na Região Autónoma custaram cerca de 2,5 milhões de euros, além de diversas iniciativas das autarquias e de entidades privadas que põem em festa todo o arquipélago desde o dia 8 de Dezembro e até ao Dia de Reis, a 6 de Janeiro. As despesas mais vultosas são com as iluminações e decorações das ruas e praças do Funchal e com a queima de fogos.

Continua em:
Uma dúzia de transatlânticos saúda  chegada de 2014 na capital madeirense

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Zmar contrata novos directores Comercial e de Marketing

11-10-2019 (10h39)

O Zmar, no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, reforçou a sua estrutura com a contratação de Guilherme Pinto como director Comercial e Laura Santinhos como directora de Marketing.

DoubleTree by Hilton Lisbon reforça departamento Comercial com duas contratações

07-10-2019 (14h11)

O DoubleTree by Hilton Lisbon – Fontana Park reforçou o seu departamento Comercial ao contratar Vivian Kaiser para o cargo de commercial manager e Vânia Marques para desempenhar as funções de sales manager.

Eddie Wilson é novo CEO da Ryanair, Michael O’Leary fica à frente do Grupo

30-08-2019 (16h55)

Eddie Wilson, até agora director de recursos humanos da Ryanair, assume a presidência executiva da companhia aérea irlandesa a 1 de Setembro, substituindo Michael O'Leary, que se mantém à frente da Ryanair Holdings.

Ricardo Davim integra departamento de Operações na Viagens Tempo

26-08-2019 (14h56)

O operador turístico Viagens Tempo anunciou que Ricardo Davim vai passar a integrar o seu departamento de Operações a partir de 3 de Setembro, reportando directamente à administração da empresa.

Ex-CRO da TAP é o novo presidente da NetJets Europe

02-08-2019 (08h45)

Elton D'Souza, que até ao fim de Julho esteve à frente da área de revenue management da TAP como Chief Revenue Officer (CRO), é o novo presidente da NetJets Europa, que se apresenta como a maior companhia mundial de aviação executiva.

Noticias mais lidas