Lisboa vista de um veleiro Lema da TagusCruises é: "sai sempre"

19-07-2013 (16h32)

A empresa de passeios no Tejo TagusCruises trouxe ao mercado várias novidades, entre elas a informalidade e a flexibilidade de datas e de horários de saída do veleiro Whatever e do iate Uff e uma nova forma de apreciar Lisboa.

"Sai sempre! Se um cliente aparecer na loja e o barco estiver disponível saímos, não estamos presos aos horários propostos, nem aos limites mínimos", diz o responsável José Gomes, que acrescenta que os clientes, a maioria estrangeiros, chegam pela loja, pela informação disponível em hotéis ou online.



Tanto o veleiro como o iate, utilizado para outros passeios mais distantes, podem ser fretados para eventos especiais, ou não… basta querer alugar o barco e zarpar da doca do Bom Sucesso, em Belém. Festas de aniversário, pedidos de casamentos, passeios românticos ao pôr-do-sol, ou simplesmente passar um dia diferente, as motivações para fretar os barcos são infinitas.

O veleiro tem capacidade até 11 passageiros e efectua passeios de duas horas no Tejo, ou de seis horas até Cascais, dependendo sempre dos caprichos do vento… O que é constante é o ambiente informal e descontraído que se gera, apreciando-se uma perspectiva diferente da cidade e da ponte 25 de Abril.

Um dos passeios mais carismáticos é o do final da tarde para apreciar o pôr-do-sol que é sempre um grande momento "kodak", em que todos sacam das suas máquinas fotográficas e telemóveis para guardarem o momento para a posteridade.

Ao longo do passeio, no meio do rio, sem o motor ligado e a tracção feita pelo vento a bater nas velas, o silêncio invade o ambiente e transmite um sentimento de paz e de sossego, como se todos os problemas tivesse ficado apeados na margem.

À medida que o tempo passa devagar e o barco avança ao ritmo do vento, as tonalidades da cidade vão mudando também lentamente. A única agitação vem da ondulação provocada pelos cacilheiros que cruzam o Tejo.

A passagem por baixo da ponte é um dos pontos altos, em que se tem noção da grandiosidade da ponte e do barulho dos automóveis a atravessarem.

Do meio do rio tem-se uma perspectiva diferente, encara-se a cidade de frente e vê-se o que normalmente não se vê, uma nova face dos lugares e monumentos por onde o veleiro vai passando: uma nova Praça do Comércio, o Panteão que surge imponente, a Torre de Belém que saúda quem entra na cidade pelo rio, o Padrão dos Descobrimentos, o Cristo-Rei e muitos outros.


Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

SLH contrata ex-CEO da Relais & Châteaux

25-07-2018 (17h34)

A Small Luxury Hotels of the World (SLH) contratou para o cargo de chief executive officer (CEO) Jean-François Ferret, CEO da Relais & Châteaux desde 2012.

Primeiro responsável pela pontualidade na TAP sai para a TIM

20-07-2018 (19h24)

O primeiro responsável pela operação (Chief Operating Officer) da TAP, e como tal, também primeiro responsável pela pontualidade, Sami Foguel, sai para a operadora de telecomunicações brasileira TIM.

Nuno Almeida assume “apoio operacional” na Bestravel

19-07-2018 (16h29)

A rede de agências de viagens Bestravel anunciou que, depois do Verão, Nuno Almeida vai assumir "a área de apoio operacional" à rede franquiada, acumulando funções com a área de sistemas de informação que já coordenava.

Japan Airlines tem novo gerente de Vendas para Espanha e Portugal

28-06-2018 (16h32)

Takahisa Tanaka é o novo gerente de Vendas para Espanha e Portugal da Japan Airlines (JAL), cujo website indica que a sua rede compreende 571 rotas internacionais e 142 domésticas para 349 aeroportos em 54 países ou regiões.