Lisboa vista de um veleiro Lema da TagusCruises é: "sai sempre"

19-07-2013 (16h32)

A empresa de passeios no Tejo TagusCruises trouxe ao mercado várias novidades, entre elas a informalidade e a flexibilidade de datas e de horários de saída do veleiro Whatever e do iate Uff e uma nova forma de apreciar Lisboa.

"Sai sempre! Se um cliente aparecer na loja e o barco estiver disponível saímos, não estamos presos aos horários propostos, nem aos limites mínimos", diz o responsável José Gomes, que acrescenta que os clientes, a maioria estrangeiros, chegam pela loja, pela informação disponível em hotéis ou online.



Tanto o veleiro como o iate, utilizado para outros passeios mais distantes, podem ser fretados para eventos especiais, ou não… basta querer alugar o barco e zarpar da doca do Bom Sucesso, em Belém. Festas de aniversário, pedidos de casamentos, passeios românticos ao pôr-do-sol, ou simplesmente passar um dia diferente, as motivações para fretar os barcos são infinitas.

O veleiro tem capacidade até 11 passageiros e efectua passeios de duas horas no Tejo, ou de seis horas até Cascais, dependendo sempre dos caprichos do vento… O que é constante é o ambiente informal e descontraído que se gera, apreciando-se uma perspectiva diferente da cidade e da ponte 25 de Abril.

Um dos passeios mais carismáticos é o do final da tarde para apreciar o pôr-do-sol que é sempre um grande momento "kodak", em que todos sacam das suas máquinas fotográficas e telemóveis para guardarem o momento para a posteridade.

Ao longo do passeio, no meio do rio, sem o motor ligado e a tracção feita pelo vento a bater nas velas, o silêncio invade o ambiente e transmite um sentimento de paz e de sossego, como se todos os problemas tivesse ficado apeados na margem.

À medida que o tempo passa devagar e o barco avança ao ritmo do vento, as tonalidades da cidade vão mudando também lentamente. A única agitação vem da ondulação provocada pelos cacilheiros que cruzam o Tejo.

A passagem por baixo da ponte é um dos pontos altos, em que se tem noção da grandiosidade da ponte e do barulho dos automóveis a atravessarem.

Do meio do rio tem-se uma perspectiva diferente, encara-se a cidade de frente e vê-se o que normalmente não se vê, uma nova face dos lugares e monumentos por onde o veleiro vai passando: uma nova Praça do Comércio, o Panteão que surge imponente, a Torre de Belém que saúda quem entra na cidade pelo rio, o Padrão dos Descobrimentos, o Cristo-Rei e muitos outros.


Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

João Jesus é o novo director geral do Tivoli Carvoeiro

24-01-2019 (17h02)

A Minor Hotels nomeou João Jesus, que conta com 17 anos de experiência em hotéis Tivoli, como o novo director geral do Tivoli Carvoeiro.

Portugal tem potencial para crescer mais em Cuba, diz ministro cubano do turismo

24-01-2019 (16h32)

Manuel Marrero Cruz, ministro cubano do Turismo, disse hoje que, apesar de satisfeito com a evolução da procura de turistas portugueses, designadamente através de voos charter de Lisboa, considera que "há um potencial maior e que pode haver muitos mais viajantes".

Paulo Cunha, ex-director de Vendas da TAP em Portugal, deixa companhia

23-01-2019 (18h27)

Paulo Cunha, que esteve a dirigir as Vendas TAP no mercado português até 1 de Novembro, data em que foi substituído por Dionísio Barum, vai deixar a companhia a partir de 31 de Janeiro.

Air France KLM nomeia Angus Clarke para liderar estratégia do grupo

22-01-2019 (18h19)

O grupo Air France KLM nomeou Angus Clarke como vice-presidente executivo para a estratégia do grupo, com efeito a partir de 1 de Fevereiro.

Best Western nomeia novo director para liderar expansão em Portugal e Espanha

16-01-2019 (12h15)

A Best Western Hotels & Resorts nomeou Javier de Villanueva para o cargo de director de desenvolvimento e operações para Portugal e Espanha, que terá como função liderar o crescimento da rede na Península Ibérica.