Verão superou expectativas do operador Lusanova – Questionário aos operadores

29-11-2018 (15h59)

A previsão do operador turístico Lusanova para este Verão era de consolidação das vendas de 2017, mas as expectativas acabaram por ser superadas, "mantendo a rentabilidade nas vendas", de acordo com o seu director Operacional, Tiago Encarnação, em resposta a um questionário do PressTUR.

O questionário foi enviado aos maiores operadores turísticos portugueses, com o objectivo de mostrar a evolução das vendas, destinos mais procurados, eventuais surpresas e possíveis efeitos dos constrangimentos de capacidade no Aeroporto de Lisboa.

O questionário foi enviado e respondido por email, entre 15 de Outubro e 20 de Novembro.

 

PressTUR: Qual a avaliação global da época alta de 2018? Superou as expectativas ou ficou abaixo do que tinham antecipado? Porquê?

Tiago Encarnação: Como o ano de 2017 foi um bom ano em vendas, dessa forma e face às tendências de mercado os nossos objectivos para 2018 eram a consolidação do crescimento dos anos anteriores. Felizmente, 2018 superou as nossas expectativas, continuamos a crescer e, mais importante, mantendo a rentabilidade nas vendas.  De acordo com os resultados apurados até 31 de Outubro, a Lusanova irá superar as vendas de 2017, reforçando a tendência de crescimento estruturado dos últimos anos.

 

PressTUR: O que é que poderá ter justificado essa evolução?

Tiago Encarnação: Esta evolução deve-se sobretudo à consolidação do trabalho efectuado por toda a equipa Lusanova. A aposta forte no reforço da marca Lusanova e uma maior especialização das nossos colaboradores nos destinos que comercializamos. Estes dois investimentos fizeram com que todas as iniciativas tivessem maior impacto junto dos agentes de viagens, traduzindo-se em vendas. O reforço na programação também contribuiu para este sucesso, quer nos Circuitos Ibéricos quer nos Circuitos Europeus e Grandes Destinos. Em 2018, apresentamos mais destinos, mais partidas garantidas e mais circuitos com guia em português. Todos estas alterações proporcionaram a evolução consolidada das nossas vendas e, acima de tudo, a fidelização dos clientes aos agentes de viagens que vendem a nossa programação.

 

PressTUR: Qual foi o destino mais vendido este Verão? Com quantos clientes e qual a variação face ao ano passado?

Tiago Encarnação: Durante o Verão de 2018 os destinos mais vendidos foram, sem sombra de dúvida, Itália na Europa e Tailândia nos Grandes Destinos, com aumentos de cerca de 20% em relação ao ano anterior. Quanto ao número de clientes face ao ano anterior podemos dizer que esse aumento se cifrou nos 12 pontos percentuais.

 

PressTUR: Houve surpresas (positivas e/ou negativas) nas vendas este Verão?

Tiago Encarnação: Começando pelas negativas, este ano não foi bom para o destino Croácia, que teve uma quebra em relação ao ano transacto. Quanto à surpresa positiva, foi sem sombra de dúvidas o destino Grécia, que com um catálogo dedicado foi um produto em grande destaque durante esta época.

 

PressTUR: O que é que considera que terá justificado esse fenómeno?

Tiago Encarnação: Em relação ao ponto negativo (Dubrovnik), o desvio da operação para o Aeroporto do Porto fez com que parte dos nossos clientes não apostasse neste destino, gerando assim quebras de cerca de 15% em relação ao ano anterior. Quanto ao ponto positivo (Grécia), deve-se sobretudo ao mau ano de 2017 e à inexistência de constrangimentos no país, fazendo com que este destino, tradicionalmente muito favorável, voltasse a tornar-se apetecível para o mercado nacional.

 

PressTUR: Quantos clientes e qual a variação face ao Verão de 2017?

Tiago Encarnação: Conforme referido anteriormente houve um aumento do nº de clientes nos 12%, no entanto, e face ao final do ano, ainda é cedo para dar um valor mais concreto.

 

PressTUR: Qual foi o destino que mais cresceu face ao Verão de 2017? Quanto?

Tiago Encarnação: Como referido anteriormente o destino Grécia foi o que teve um maior crescimento. Com cerca de 55% face ao ano anterior.

 

Clique para ver mais: Questionário aos operadores

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Lusanova

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Solférias leva agentes de viagens portugueses à Tailândia

18-09-2019 (18h16)

O operador turístico Solférias levou um grupo de agentes de viagens portugueses a conhecer a Tailândia, um dos novos destinos da sua programação, proporcionando-lhes um circuito que incluiu praias, cidade e natureza.

Ryanair quer que tripulantes da base de Faro aceitem alterar contratos para sazonais

18-09-2019 (18h13)

A low cost Ryanair admitiu em “nota” de distribuição restrita recuar no encerramento da base de Faro, mas dizendo que a sua continuação “poderá agora ser possibilitada pelo acordo das tripulações baseadas” na infra-estrutura “em mudar para contratos sazonais, para reflectir a natureza sazonal do tráfego de e para o Algarve”.

Ryanair invoca “razões comerciais” para cessar voos entre Lisboa e Porto

18-09-2019 (18h07)

A Ryanair decidiu abandonar a rota entre o Porto e Lisboa “por razões comerciais”, segundo fonte oficial da low cost citada pela Agência Lusa, a qual realçou que, ainda assim, continuará a “operar 57 rotas do Porto e 30 de Lisboa”.

Sindicato dos pilotos da British Airways desconvoca greve de 27 de Setembro

18-09-2019 (17h52)

O sindicato dos pilotos da British Airways (BALPA) desconvocou a greve prevista para 27 de Setembro e pretende iniciar “novas negociações” com a empresa sobre as condições laborais, segundo anunciou hoje.

SATA abre programa de pré-reformas para funcionários com mais de 59 anos

18-09-2019 (17h39)

A Administração do grupo SATA abriu um programa de reformas antecipadas para os trabalhadores com mais de 59 anos, no âmbito do processo de reestruturação da companhia aérea açoriana, noticiou a Lusa, que cita uma comunicação interna a que teve acesso.

Noticias mais lidas