Turismo impulsiona crescimento do negócio da Unicâmbio

22-02-2018 (17h22)

Fotos: Unicâmbio
Fotos: Unicâmbio

As rotas da TAP para os Estados Unidos e para o Brasil e o posicionamento do hub de Lisboa, incluindo também a contribuição da Emirates, são factores determinantes no crescimento do negócio da Unicâmbio, afirmou o administrador da empresa, Carlos Lilaia.

Os resultados deste ano, que ainda não estão fechados, serão os melhores dos 25 anos de actividade da Unicâmbio, para o que tem contribuído o crescimento do sector do turismo, frisou o executivo, num almoço de apresentação à imprensa da nova parceira entre a agência e a TAP.

A Unicâmbio tem balcões nos aeroportos de Lisboa, Faro e Funchal, “uma parte significativa do nosso negócio” e que pretende expandir, não só em Portugal como em aeroportos de outros países, salientou Carlos Lilaia.

A expansão da rede de voos da TAP para o Brasil e para o Estados Unidos também tem contribuído para a melhoria do negócio da Unicâmbio, compensando a quebra da compra e venda de kwanzas de Angola, com reais e dólares.

Outro contributo para o crescimento da actividade da Unicâmbio é o aumento do turismo de compras, acrescentou o executivo.

A Unicâmbio tem um balcão no Freeport, onde representa quatro empresas de reembolsos de IVA, e no El Corte Inglês, e tem planos para inaugurar mais balcões no Outlet de Vila do Conde e no El Corte Inglês de Gaia.

A Unicâmbio, fundada há 25 anos, tem 80 balcões e 230 funcionários em Portugal, operando em quatro áreas, designadamente no câmbio, nas transferências de dinheiro enquanto agente da Western Union, em ATMs em parceria com a Euronet e nos cartões pré-pagos através da marca Cash4Travel.

 

Clique para mais notícias: Empresas&Negócios

Clique para mais notícias: Portugal

 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cruzeiros no Funchal terminaram 2018 com estagnação em baixa

18-01-2019 (16h41)

O Porto do Funchal teve um ligeiro decréscimo do número de passageiros de cruzeiros em 2018, tendo terminado o ano com 537.851, -0,2% ou menos 1.341 que em 2017, mas ainda assim o 4º melhor total anual de sempre.

Alemães, canadianos e brasileiros garantiram recorde de passageiros de cruzeiros em Lisboa em 2018

18-01-2019 (16h37)

O Porto de Lisboa teve em 2018 novos recordes de passageiros de cruzeiros alemães, canadianos e brasileiros, que foram, assim, as três nacionalidades que garantiram à capital um novo recorde anual de cruzeiros e, também, a recuperação da liderança dos portos de cruzeiros portugueses.

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

Fitur prevê edição recorde este ano com mais expositores e visitantes

18-01-2019 (15h35)

A Feira Internacional de Turismo de Madrid (Fitur), que começa na quarta-feira, dia 23, deverá bater recordes de participação e número de expositores, de acordo com a previsão da organização.

Lisboa recuperou em 2018 a liderança do turismo de cruzeiros em Portugal

18-01-2019 (14h55)

O Porto de Lisboa voltou a ser em 2018 o primeiro porto português de cruzeiros marítimos, tanto em número de passageiros como de escalas, recuperando a liderança que em 2017 lhe escapara para o Funchal.