Turismo impulsiona crescimento do negócio da Unicâmbio

22-02-2018 (17h22)

Fotos: Unicâmbio
Fotos: Unicâmbio

As rotas da TAP para os Estados Unidos e para o Brasil e o posicionamento do hub de Lisboa, incluindo também a contribuição da Emirates, são factores determinantes no crescimento do negócio da Unicâmbio, afirmou o administrador da empresa, Carlos Lilaia.

Os resultados deste ano, que ainda não estão fechados, serão os melhores dos 25 anos de actividade da Unicâmbio, para o que tem contribuído o crescimento do sector do turismo, frisou o executivo, num almoço de apresentação à imprensa da nova parceira entre a agência e a TAP.

A Unicâmbio tem balcões nos aeroportos de Lisboa, Faro e Funchal, “uma parte significativa do nosso negócio” e que pretende expandir, não só em Portugal como em aeroportos de outros países, salientou Carlos Lilaia.

A expansão da rede de voos da TAP para o Brasil e para o Estados Unidos também tem contribuído para a melhoria do negócio da Unicâmbio, compensando a quebra da compra e venda de kwanzas de Angola, com reais e dólares.

Outro contributo para o crescimento da actividade da Unicâmbio é o aumento do turismo de compras, acrescentou o executivo.

A Unicâmbio tem um balcão no Freeport, onde representa quatro empresas de reembolsos de IVA, e no El Corte Inglês, e tem planos para inaugurar mais balcões no Outlet de Vila do Conde e no El Corte Inglês de Gaia.

A Unicâmbio, fundada há 25 anos, tem 80 balcões e 230 funcionários em Portugal, operando em quatro áreas, designadamente no câmbio, nas transferências de dinheiro enquanto agente da Western Union, em ATMs em parceria com a Euronet e nos cartões pré-pagos através da marca Cash4Travel.

 

Clique para mais notícias: Empresas&Negócios

Clique para mais notícias: Portugal

 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos portugueses já estão a crescer menos que a média europeia

16-10-2018 (18h07)

Os aeroportos portugueses, que sistematicamente figuravam como líderes de crescimento na Europa, actualmente crescem menos que a média europeia, porque o abrandamento do crescimento de Lisboa não tem beneficiado os outros aeroportos, que estão piores que o da capital, à excepção do Porto.

Embaixadora de Cuba realça contributo dos operadores para subida do turismo português no seu país

16-10-2018 (17h51)

“Tem sido de muita importância os programas dos operadores portugueses”, afirmou a Embaixadora de Cuba em Lisboa, Mercedes Martinez Valdés, ao enaltecer o contributo dos voos charter para o crescimento do turismo português para Cuba, que até Setembro situa-se em 13%.

Operadores portugueses fazem balanço positivo das vendas para Cuba

16-10-2018 (17h47)

A avaliação dos operadores turísticos Sonhando, Solférias, Jolidey e Travelplan às vendas de Cuba este ano é positiva, disseram ao PressTUR os seus representantes ontem em Lisboa, corroborando aos números mais recentes das chegadas de portugueses à ilha, que indicam um crescimento de 13% entre Janeiro e Setembro.

W São Paulo abre em 2021 com assinatura de Nini Andrade Silva

16-10-2018 (14h16)

A Marriott International anunciou que vai abrir o seu primeiro hotel de luxo no Brasil em 2021, o W São Paulo, que terá a assinatura da designer portuguesa Nini Andrade Silva.

Travelport promove formação para agentes de viagens na Madeira

16-10-2018 (12h48)

A Travelport Portugal promoveu uma acção de formação para 50 agentes de viagens na Madeira, uma região que registou nos primeiros oito meses do ano um crescimento de 15% das reservas na sua plataforma, face ao período homólogo de 2017.