TAP cessa rota de Viracopos a 3 de Maio mas ainda fará voos nos dias 21, 28 e 31

12-04-2016 (18h29)

A TAP cessa a rota Lisboa - Viracopos, segundo aeroporto internacional do estado de São Paulo, Brasil, a 3 de Maio, mas posteriormente ainda irá operar mais três voos, nos dias 21, 28 e 31 de Maio, de acordo com uma informação hoje da companhia às agências de viagens portuguesas.

"Os voos já foram fechados à venda e a reacomodação dos passageiros iniciada", informa ainda a companhia, indicando de seguida quais os procedimentos que adoptou.

Os passageiros no sentido Lisboa - Viracopos (voo TP093) às terças e Sábados "serão transferidos para o TP087 do mesmo dia ou, no caso de não existirem lugares no mesmo compartimento neste voo, para o TP089 do dia seguinte", especifica a informação, que acrescenta que os que tinham voo às quintas-feiras "serão transferidos para o TP089 do mesmo dia ou, no caso de não existirem lugares no mesmo compartimento deste voo, para o TP087 do mesmo dia".

Relativamente aos passageiros com reservas do voo TP092 de Viracopos para Lisboa, os que tinham passagens para as ligações das terças e Sábados "serão transferidos para o TP082 do mesmo dia ou, no caso de não existirem lugares no mesmo compartimento deste voo, para o TP088 ou TP082 do dia anterior".

Os passageiros que tinham reservas para o TP092 das quintas-feiras, por sua vez, "serão transferidos para o TP088 do mesmo dia".

A informação da TAP especifica ainda que "para viagens a partir de 22 de Junho, todos os passageiros sem voos de ligação (cujo destino final seria Viracopos), serão reacomodados" de acordo com o plano especificado.

"Os passageiros com ligações para/de outros destinos, manterão por enquanto os PNRs inalterados, aguardando reacomodação", acrescenta.

Viracopos é o segundo destino no Brasil para onde a TAP deixa de voar este ano, depois de Manaus.

Lisboa, porém, vai continuar a ter voos directos para Campinas - Viracopos, mas pela companhia Azul, do accionista industrial do consórcio que comprou a TAP na privatização, David Neeleman, e ela também futura accionista da companhia portuguesa, via obrigações convertíveis (para ler mais clique: Azul entra no capital da TAP como "requisito" do investimento que recebeu da chinesa HNA).

A Azul, que tem o seu principal hub precisamente em Campinas - Viracopos, vai voar para Lisboa a partir de 22 de Junho, três vezes por semana, e tem autorização para avançar até voo diário naquela que será a sua primeira rota para a Europa (para ler mais clique: Azul pode voar diariamente de Campinas para Lisboa).

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Atlas Palais Médina & Spa Fès: um 5-estrelas aos portões da medina de Fez

16-08-2018 (16h24)

O 5-estrelas Atlas Palais Médina & Spa Fès, de 146 quartos, é ideal para os visitantes da cidade imperial marroquina de Fez que queiram ficar perto da medina, mas que desejem também instalações de um hotel moderno de cidade.

Alojamento em Fez: Dentro e fora da medina

16-08-2018 (16h05)

Os 5-estrelas Fes Marriott Hotel Jnan Palace e Riad Fès Relais & Chateâux são opções de alojamento em Fez na zona moderna da cidade, construída durante o período do protectorado francês, no primeiro cado, e para um autêntico riade de luxo no interior da medina, no segundo.

Michlifen Resort & Golf: Uma unidade de luxo na "Pequena Suíça" de Marrocos

16-08-2018 (14h58)

O 5-estrelas Michlifen Resort & Golf é uma unidade de luxo na "Pequena Suíça" marroquina, a cidade de Ifrane, e tira partido das paisagens do Médio Atlas e do clima da região, que se cobre com um manto de neve no Inverno e beneficia de uma brisa suave durante o Verão.

Empreendimentos turísticos de Monchique reabrem após grande incêndio

14-08-2018 (18h46)

O Macdonald Monchique Resort & Spa, em Caldas de Monchique, Algarve, vai reabrir na quinta-feira, depois de ter encerrado devido ao incêndio que durante uma semana atingiu a serra de Monchique.

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.