Small Luxury Hotels em Portugal “está a ter um grande ano” – Filip Boyen, CEO

25-10-2017 (09h53)

Foto: Small Luxury Hotels of the World
Foto: Small Luxury Hotels of the World

Estados Unidos são o principal mercado emissor

As reservas dos 14 hotéis em Portugal que integram a Small Luxury Hotels of the World (SLH) estão com um aumento de 28% face a 2016, afirmou em Lisboa o CEO da rede, Filip Boyen, destacando que o país "sempre teve o potencial de ser um destino de luxo".

“Agora podemos ver que [Portugal] está realmente a tornar-se um destino de luxo”, afirmou Filip Boyen, que falava esta terça-feira na Pousada de Lisboa, no lançamento do segundo livro de receitas da SLH, no qual Portugal é o país melhor representado, com 12 receitas (para ler mais clique aqui).

A SLH, um colecção de hotéis de luxo com 520 unidades independentes em mais de 80 países, está a ter “um ano muito bom” a nível global, com um aumento de 16% nas receitas face ao ano passado, disse o CEO da empresa.

Este ano a rede acrescentou 41 hotéis em vários destinos onde ainda não estava presente, incluindo Berlim, Cuba, Dubai, Sydney, São Francisco e Xangai.

Em Portugal, com dois novos hotéis no último ano, a SLH chegou às 14 unidades hoteleiras, as quais somaram em conjunto mais 28% de reservas que em 2016.

“As receitas estão a crescer 32% e a tarifa média por quarto está a subir 14%”, acrescentou Filip Boyen.

Os Estados Unidos são o principal mercado emissor para os hotéis SLH em Portugal, seguindo-se Reino Unido, Alemanha, França e Canadá.

O executivo salientou que os hotéis SLH mais procurados pelos clientes portugueses estão em Portugal, mas destacou também a procura por unidades na Grécia, Itália e Reino Unido, em mercados próximos, e Estados Unidos, Sri Lanka e Austrália, em mercados distantes.

“Estamos muito orgulhosos dos hotéis que temos em Portugal, expressam realmente o que a SLH significa”, afirmou Filip Boyen, descrevendo “hotéis fantásticos, [que] têm excelente serviço, excelente produto, [e] são todos muito diferentes e todos oferecem uma experiência muito diferente ao seu cliente: é isso que a SLH significa”.

Os hotéis em Portugal membros da rede SLH são Pousada Mosteiro de Guimarães, Pousada Mosteiro de Amares, Carmo’s Boutique Hotel, Hotel Infante Sagres, Hotel Quinta das Lágrimas, Palácio do Estoril Golf & Spa, Hotel da Estrela, Internacional Design Hotel, Pousada de Lisboa, Alentejo Marmoris Hotel & Spa, Hotel São Lourenço do Barrocal, Pousada Mosteiro do Crato, Pousada Palácio de Estoi e Quinta da Casa Branca.

A SLH é uma marca de gestão de hotéis de luxo que propõe aos seus membros aumentar a visibilidade e melhorar o posicionamento no mercado global, fornecendo ainda diferentes canais de reserva, como website, aplicação móvel, central telefónica de reservas e através das agências de viagens (GDS).

 

Novo programa de fidelização

Este ano a SLH lançou um novo programa de fidelização chamado Invited, que está dividido em três patamares, é gratuito e recompensa os clientes desde a sua primeira estada.

Os clientes vão receber 10% de desconto sobre a melhor tarifa disponível, bem como sobre pequeno-almoço e wi-fi complementares em todos os hotéis SLH.

Por outro lado, a SLH também vai fornecer alguns benefícios. Segundo Filip Boyen, se um cliente ficou num hotel SLH cinco vezes no mesmo ano e está hospedado num hotel em Lisboa, por exemplo, irá receber uma chamada do escritório da SLH em Londres a oferecer qualquer actividade que queira fazer na cidade, que será paga directamente a partir do Reino Unido, sem passar pelo hotel.

“As pessoas querem ser surpreendidas. O luxo moderno é surpresa, emoção, experiência. É o que estamos a tentar fornecer”, concluiu o CEO da SLH.

 

 
Continua:

Portugal é o país melhor representado no Cook Book da Small Luxury Hotels – Filip Boyen, CEO

 

Ver também:

Turistas do Reino Unido, Itália e EUA marcaram em Agosto novos recordes de dormidas na hotelaria portuguesa

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Small Luxury Hotels of the World

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Thomas Cook precisa de mais 200 milhões para evitar colapso

20-09-2019 (16h52)

O grupo Thomas Cook, considerado o segundo maior da Europa na operação turística e agências de viagens, confirmou que precisa de mais 200 milhões de libras (226 milhões de euros) para evitar o colapso.

Ryanair espera voar com Boeing 737 Max em Fevereiro/Março

20-09-2019 (15h50)

O CEO do Grupo Ryanair, Michael O’Leary, afirmou que Fevereiro ou início de Março é a previsão mais real para começar a voar com aviões Boeing 737 Max, modelo proibido de voar desde Março, após dois acidentes fatais.

Beijing Capital muda voos de/para Lisboa para o novo aeroporto da capital chinesa

20-09-2019 (13h42)

A Beijing Capital, única companhia de aviação chinesa a voar de/para Portugal, vai alterar o aeroporto de partida/chegada a Pequim para o novo aeroporto da capital chinesa, o Beijing Daxing (PKX).

Aeroporto do Porto vai renovar o sistema ILS para melhorar aterragens quando há nevoeiro

19-09-2019 (17h38)

O Aeroporto do Porto vai ter um “renovado sistema ILS (Landing Sistem, ou sistema de aterragem, em tradução livre) para garantir melhores condições” à infraestrutura, nomeadamente quando há nevoeiro, revelou hoje à Lusa a NAV – Navegação Aérea de Portugal.

Magnet junta companhias aéreas e agentes de viagens em Lisboa, Porto e Coimbra

19-09-2019 (16h53)

A Magnet vai organizar em Outubro, em Lisboa, Porto e Coimbra, um evento para juntar agentes de viagens e as principais companhias de aviação que operam em Portugal.

Noticias mais lidas