SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

Foto: ANA
Foto: ANA

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

A equipa integra também Ana Maria da Silva Azevedo e Vítor Manuel de Jesus Francisco Costa, indica o executivo açoriano.

O Governo dos Açores anunciou a 14 de Julho a escolha do gestor de empresas António Luís Gusmão Teixeira para a presidência do Conselho de Administração da SATA, substituindo Paulo Meneses, que ocupava o cargo desde o final de 2015.

António Teixeira já afirmou estar "muito optimista" com o futuro da transportadora aérea açoriana.

Ana Azevedo, que integrará também a Administração da empresa, é apresentada pelo Governo dos Açores como “uma profunda conhecedora do Grupo SATA, no qual trabalha desde 1984, tendo desempenhado ao longo dos anos diversas funções nas empresas do grupo".

Vítor Costa, por sua vez, é licenciado em Gestão e Administração Pública, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, da Universidade Técnica de Lisboa, e possui uma especialização em gestão de Recursos Humanos.

O grupo SATA anunciou em 17 de Abril que a Loftleiðir Icelandic foi pré-qualificada para a segunda fase do processo de negociação da alienação de 49% do capital social da Azores Airlines.

Segundo o grupo, ficou pré-qualificado o único potencial comprador que apresentou manifestação de interesse na Azores Airlines.

De acordo com o caderno de encargos da alienação de capital da operadora açoriana, o futuro accionista terá que “respeitar obrigatoriamente” a manutenção do plano de renovação da frota iniciado com a recepção de um Airbus A321 NEO.

O candidato terá ainda de promover o “cumprimento da operação aérea regular mínima”, sendo que esta contempla as ligações entre o continente e os Açores, nomeadamente as rotas liberalizadas entre Ponta Delgada e Lisboa, Ponta Delgada e Porto, Terceira e Lisboa e Terceira e Porto.

Também é exigido que assegure as ligações de obrigação de serviço público entre Lisboa e Horta, Lisboa e Pico, Lisboa e Santa Maria e Ponta Delgada e Funchal, bem como a ligação de Ponta Delgada com Frankfurt, a par das rotas a partir da Terceira e Ponta Delgada para Boston e Oakland, nos Estados Unidos, e Toronto, no Canadá.

 

Clique para mais notícias: SATA

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ricardo Freixinho deixa Soltrópico

18-10-2018 (18h59)

O Grupo Newtour anunciou que Ricardo Freixinho, director de contratação da Soltrópico, vai deixar o operador turístico no final deste mês, alteração integrada "num conjunto de mudanças que estão a ser efectuadas em todo o Grupo Newtour, que continuarão até ao primeiro trimestre de 2019".

Grupo Air France KLM anuncia 44 novas rotas este Inverno IATA 2017/2018

18-10-2018 (18h11)

O grupo Air France KLM, nº 1 da aviação europeia em tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), anunciou hoje que este Inverno IATA, que vai de dia 28 de Outubro a 30 de Março, terá 44 novas rotas e uma frota mais moderna e com cabinas novas.

Governo ainda está em negociações relativamente ao aeroporto do Montijo – Pedro Marques

18-10-2018 (17h43)

O Governo ainda está em negociações relativamente ao novo aeroporto do Montijo e não sabe quando será assinado o acordo com a ANA -Aeroportos de Portugal, disse ontem o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

Soltrópico apresenta programação de réveillon a 300 agentes de viagens (com fotos)

18-10-2018 (17h16)

O operador turístico Soltrópico juntou cerca de 300 agentes de viagens em Coimbra, Porto e Lisboa para apresentar a sua programação para o Fim de Ano, num workshop que Fernando Bandrés, director operacional, descreveu como uma forma “dinâmica” de divulgar a oferta de 19 fornecedores, entre hotéis, companhias aéreas e destinos.

Compras de passagens aéreas ao estrangeiro caem 10,5% em Agosto

18-10-2018 (17h06)

As compras de passagens aéreas a companhias estrangeiras, contabilizadas pelo Banco de Portugal como importações, caíram 10,5% em Agosto, o que ‘acomodou’ um abrandamento das vendas ao estrangeiro (exportações) para 3,3%.