Rotas internacionais geram 91% do crescimento da Azul em Maio

11-06-2018 (15h30)

Foto: ANA Aeroportos
Foto: ANA Aeroportos

A companhia de aviação brasileira Azul, que, como a TAP, tem David Neeleman como accionista de referência, cresceu 14% em Maio, ‘puxada’ por um aumento em 71,4% em rotas internacionais, uma das quais Lisboa, até ao presente a sua única rota europeia.

Os dados publicados pela Azul mostram que as rotas internacionais geraram, assim, 91,6% do aumento de tráfego (em RPK, do inglês para passageiros x quilómetros voados) do mês de Maio, sensivelmente em linha com o aumento de capacidade (em ASK, do inglês para lugares x quilómetros voados).

A Azul, que se apresenta como “a maior companhia aérea do Brasil em número de destinos”, concentrou em rotas internacionais 84,2% do seu aumento de capacidade, fazendo um aumento em 71,5%.

A companhia teve assim apenas uma ligeira queda de 0,1 pontos da taxa de ocupação dos seus voos internacionais, para 89,5%.

Igualmente em queda esteve a ocupação dos seus voos domésticos, que baixou de 78% para 77,1%, já que o crescimento do tráfego ficou em 1,5% face a um aumento de capacidade em 2,6%.

No conjunto dos primeiros cinco meses do ano, no entanto, a Azul regista uma melhoria da taxa média de ocupação dos voos domésticos de 0,6 pontos, para 79,8%, por crescimento do tráfego em 2,5% face a um aumento da capacidade em 1,7%.

Os voos domésticos concentraram 75,3% da capacidade total da companhia nos primeiros cinco meses deste ano, mas no período homólogo de 2017 concentravam 84,1%.

Essa redução de 8,7 pontos reflecte a crescente aposta da companhia nos voos internacionais, traduzida na concentração em 89,4% do seu aumento de capacidade nestas linhas, por um aumento homólogo em 75,9%.

 

Clique para mais notícias: Azul

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP quadruplica oferta de obrigações para até 200 milhões de euros

14-06-2019 (19h03)

A TAP decidiu multiplicar por quatro o número e valor de obrigações a emitir, no âmbito do empréstimo obrigacionista em curso, passando de 50 milhões de euros para até 200 milhões de euros, foi hoje comunicado ao mercado.

TAP recebe mais três Airbus A330neo e já conta com dez

14-06-2019 (16h58)

A TAP anunciou hoje ter recebido mais três aviões Airbus A330neo e que, assim, já com dez unidades deste avião que diz contribuir “com mais de 24 milhões de euros para a economia portuguesa” e “mais de 600 postos de trabalho para o País”.

Air France altera modelos de aviões que vai usar nos voos de/para Luanda

14-06-2019 (15h14)

A companhia de aviação francesa Air France, que tem voos de Paris para Lisboa e para o Porto, vai passar a voar do seu hub em Paris Charles de Gaulle e Luanda em Airbus A340-300, Boeing B777-200ER e Boeing B787-9, uma vez por semana cada um deles.

Turkish Airlines programa aumentar capacidade para o Vietname no Verão de 2020

14-06-2019 (14h55)

A companhia de aviação turca Turkish Airlines, que tem voos de Lisboa e do Porto para Istambul, tem programado um aumento de capacidade entre o seu hub e os aeroportos vietnamitas de Hanói e Ho Chi Minh City.

Noticias mais lidas