Avis Budget nomeia Valerie Chenivesse directora-geral para Portugal e Espanha

17-09-2015 (18h17)

A Avis Budget nomeou Valerie Chenivesse para o cargo de directora-geral de Portugal e Espanha, no âmbito de um processo de remodelação da estrutura e organização internas da empresa.

Valerie Chenivesse, que tem 25 anos de experiência na área do rent-a-car, citada em comunicado, afirmou estar “bastante contente por aceitar este desafio, e ansiosa por começar a trabalhar com a equipa da Região Ibérica, de modo a potenciar o crescimento do grupo nesta importante região”.
O grupo Avis Budget, sediado nos Estados Unidos, oferece serviços de aluguer de veículos através das marcas Avis e Budget em cerca de 175 países, e conta ainda com a rede de partilha de viaturas Zipcar.

Avis Budget 
Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Negócios na plataforma de comércio da Travelport aumentam 12% no primeiro semestre

02-08-2018 (16h28)

A plataforma de comércio de produtos turísticos da Travelport processou no primeiro semestre negócios no montante global de 46,7 mil milhões de dólares (cerca de 40 mil milhões de euros), com um aumento em 12% relativamente ao período homólogo de 2017, informou hoje a empresa.

easyJet e Europcar prolongam parceria

01-06-2017 (12h04)

A easyJet e a Europcar prolongaram por mais dois anos a sua parceria criada em 2003, um acordo que possibilita o aluguer de automóveis da rent-a-car através do website da low cost.

Ricardo Nery é novo leisure sales manager da Hertz

03-01-2017 (22h39)

Ricardo Nery iniciou esta terça-feira, dia 3 de Janeiro, funções de leisure sales manager da Hertz, depois de a 1 de Janeiro ter deixado a MSC Cruzeiros.

Avis Car Rental lança site mobile

24-09-2014 (15h56)

A Avis Car Rental lançou uma versão mobile do seu site com diferentes funcionalidades que permitem aos clientes aceder aos serviços da empresa através dos seus dispositivos móveis em qualquer lugar.

ARAC pede declaração de ilegalidade do novo regulamento da ANA

08-04-2014 (23h33)

A ARAC considera “desprovido de suporte legal” o novo regulamento da ANA, que quer cobrar taxas de serviço entre 10 e 24 euros às rent-a-car que operam nos aeroportos portugueses sem instalações nos terminais, pelo que apresentou uma petição à Procuradoria-Geral da República.