Presidente do Governo dos Açores espera redução de prejuízos da SATA Internacional em 40 a 50%

10-10-2018 (17h51)

Foto: www.azores.gov.pt
Foto: www.azores.gov.pt

O presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, afirmou na terça-feira que a expectativa é que a SATA Internacional reduza, em 2019, “40 a 50%” dos prejuízos e que a SATA Air Açores tenha “um resultado equilibrado”.

“A expectativa é que a SATA Air Açores tenha um resultado equilibrado, que em 2020 continue nesse trajecto, que a SATA Internacional, em 2019 reduza significativamente, na ordem de 40 a 50%, os prejuízos, que continue nesse trajecto de recuperação em 2020, e em 2020 ou 2021 possa ter, também resultados equilibrados”, afirmou Vasco Cordeiro, também líder do PS/Açores, em entrevista à RTP/Açores.

O líder do executivo regional identificou como áreas que estão a ser trabalhadas pelo Conselho de Administração a “reestruturação do financiamento bancário”, a “reestruturação operacional da SATA Air Açores e SATA Internacional”, e a “reestruturação da própria empresa”.

Questionado sobre a sua responsabilidade na situação da companhia enquanto secretário regional da Economia no passado e agora como presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro respondeu sentir-se responsável “pelo grande serviço que a SATA prestou, e presta, aos açorianos”.

“(…) Numa altura de recessão do sector turístico, a sobrevivência do turismo nos Açores muito dependeu daquilo que a SATA fez”, declarou, garantindo ser responsável por “ajudar a criar as medidas, as soluções, que possam levar, que levem a ultrapassar essa situação”.

Sobre a crise que a transportadora regional enfrenta, Vasco Cordeiro afirmou que “a situação da SATA é a situação que muitas companhias aéreas no mundo passam” e que se deve a vários factores, internos e externos.

Em relação à alienação de Capital Social da SATA Internacional, que assegura os voos de e para fora do arquipélago, o líder socialista não adiantou uma data para o desfecho do processo, afirmando apenas que “esta é uma daquelas matérias em que a pressa não serve o interesse da SATA, a pressa não serve o interesse dos açorianos”.

 

Clique para mais notícias: SATA

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Açores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Apoios do Governo para projectos turísticos no interior de Portugal ascendem a 310 milhões de euros

15-02-2019 (17h11)

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, afirmou hoje que o Governo apoiou com cerca de 310 milhões de euros investimentos no sector do turismo no interior do país, no âmbito dos programas Valorizar e Portugal 2020.

Vueling vai ter voos Tenerife - Lisboa

15-02-2019 (16h56)

A Vueling, low cost do IAG, grupo de que fazem parte também a British Airways, a Iberia, a Aer Lingus e a Level, vai ter voos entre Tenerife e Lisboa a partir de Abril.

Springwater vai finalmente apostar na “aproximação/integração” Geostar - Top Atlântico

15-02-2019 (16h35)

O grupo espanhol Wamos, do fundo suíço Springwater, vai avançar finalmente para a “aproximação/integração” das suas redes em Portugal, a Top Atlântico comprada ao antigo GES e a Geostar comprada ao grupo Sonae em 2015.

TAP transporta menos passageiros este Janeiro nas suas rotas espanholas

15-02-2019 (15h47)

A TAP, que em meados do ano passado retirou A Coruña, Astúrias e Vigo da sua rede de destinos em Espanha, começou 2019 com uma quebra de passageiros nas ligações com o país vizinho em 3,4% ou cerca de 4,7 mil, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pela AENA.

Passageiros em voos entre Espanha e Portugal aumentam 10,8% em Janeiro

15-02-2019 (15h33)

Os aeroportos espanhóis somaram este Janeiro 357,6 mil passageiros de voos de/para Portugal, +10,8% ou mais 34,9 mil que no primeiro mês de 2018, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pelo PressTUR.