Portos dos Açores esperam mais 30 mil passageiros de cruzeiros em 2020

10-01-2020 (18h46)

A Portos dos Açores prevê receber este ano mais 30 mil passageiros de cruzeiros e mais 35 escalas, incluindo várias escalas inaugurais em diversas ilhas.

Em comunicado, a Portos dos Açores diz que espera receber “cerca de 177 escalas” de navios de cruzeiros em 2020, mais 25% que as 142 escalas em 2019.

A entidade sublinha que prevê receber “cerca de 190 mil cruzeiristas” em 2020 e indica que em 2019 recebeu 160 mil passageiros, pelo que o aumento previsto para este ano é de 19%.

O número de tripulantes, por sua vez, deverá aumentar de 68 mil para 85 mil este ano, acrescenta o comunicado.

A empresa que gere as estruturas portuárias dos Açores realça ainda que serão realizadas escalas inaugurais de vários navios em diversas ilhas, apontando para “o crescimento do número de escalas que irá ocorrer nas ilhas do Pico, Graciosa, São Jorge e Santa Maria”.

Os meses de maior movimentação portuária serão Abril, com 59 escalas previstas, Maio com 32 e Novembro com 17.

Em destaque está a operação da “Ponant”, que passa a oferecer em 2020 dois itinerários de oito dias na região.

Entre as escalas inaugurais em diferentes ilhas previstas para este ano, a Portos dos Açores destaca os navios “Azamara Pursuit”, “Sky Princess”, “Anthem of the Seas”, “Costa Fortuna”, “MSC Meraviglia”, “Norwegian Escape”, “Norwegian Dawn”, “Monarch”, “Carnival Radiance”, “Seven Seas Mariner”, “Enchanted Princess” e “Spirit of Adventure”, entre outros.

 

Clique para ver mais: Cruzeiros

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Antonoaldo Neves garante que TAP tem “fundações bem sólidas”

21-02-2020 (17h53)

Os resultados da TAP no segundo semestre “não foram suficientes para compensar” as quebras do primeiro, admitiu Antonoaldo Neves, CEO da transportadora, que acrescentou estar convicto, no entanto, que “as fundações estão bem sólidas para a gente continuar nessa trajectória de transformação da empresa e melhoria da sustentabilidade”.

Grupo TAP baixa prejuízos em 12,4 milhões para 105,6 milhões de euros em 2019

21-02-2020 (17h51)

O Grupo TAP registou prejuízos de 105,6 milhões de euros em 2019, uma melhoria de 12,4 milhões de euros face às perdas de 118 milhões registadas em 2018.

TAP fecha o ano com prejuízos de 95,6 milhões

21-02-2020 (17h51)

A companhia portuguesa de aviação TAP perdeu mais 95,6 milhões de euros no ano passado, com um agravamento de 37,6 milhões face a 2018, segundo os resultados da empresa comunicados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“Não há possibilidade de a TAP ir para o Montijo”, Antonoaldo Neves

21-02-2020 (17h07)

O CEO da TAP, Antonoaldo Neves, voltou a garantir que “não há possibilidade” da companhia aérea ir para o Montijo, apesar de considerar “importantíssimo” a sua construção.

Comissão Executiva da TAP “não comenta política de remuneração da empresa”, Antonoaldo Neves

21-02-2020 (16h59)

O CEO da TAP, Antonoaldo Neves, declarou que “não comenta política de remuneração da empresa” que foi trazida para a ‘praça pública’ pelo accionista David Neeleman que o escolheu para liderar a gestão executiva da companhia.

Noticias mais lidas