Pedro Costa Ferreira torna-se o agente de viagens com mais tempo na presidência da APAVT

11-01-2018 (15h19)

Foto de Nuno Carvalho, Click and Play, distribuída pela APAVT
Foto de Nuno Carvalho, Click and Play, distribuída pela APAVT

Pedro Costa Ferreira inicia hoje o seu terceiro mandato na presidência da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), tornando-se o agente de viagens com mais tempo na liderança da associação.

O anterior presidente da APAVT, João Passos, também cumpriu três mandatos à frente da Associação, mas com a duração de dois anos cada.

Pedro Costa Ferreira foi eleito presidente da APAVT pela primeira vez em 2011, teve o mandato renovado nas eleições de 2014 e voltou a ser eleito a 12 de Dezembro de 2017 para um terceiro mandato na presidência da APAVT, com +28% de votos favoráveis que na votação anterior (para ler mais clique aqui).

A tomada de posse dos Órgãos Sociais da APAVT para o triénio 2018/2020 decorre hoje, quinta-feira, no hotel Dom Pedro, em Lisboa.

 

Clique para mais notícias: APAVT

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Amadeus concretiza compra da TravelClick por 1,52 mil milhões de dólares

13-08-2018 (18h26)

O Amadeus confirmou já a concretização da compra da TravelClick, que descreve como um reforço do seu portefólio com soluções para a hoteleria designadamente para empresas de média dimensão e independentes.

Apesar da ocupação a cair, subida de preços da hotelaria portuguesa até acelera em Junho

13-08-2018 (17h46)

Os clientes da hotelaria portuguesa pagaram em média este mês de Junho +11% por dormida, ainda que os dados do INE indiquem uma queda da ocupação, tendência que o sector tende normalmente a travar com descidas de preços para estimular a procura.

Hotelaria portuguesa perde 225,7 mil dormidas de estrangeiros em Junho e acaba semestre com menos 132,3 mil

13-08-2018 (16h00)

A hotelaria portuguesa, que estava a viver um ciclo de crescimentos acentuados sustentado pela procura internacional, acabou o primeiro semestre deste ano com queda do número de pernoitas de turistas estrangeiros, em grande medida pela dimensão da quebra em Junho, primeiro mês da época alta, no qual teve menos 225,7 mil (-5,1%) pernoitas de residentes no estrangeiro.

Turistas brasileiros ultrapassam pela primeira vez o milhão de dormidas na hotelaria portuguesa num 1º semestre

13-08-2018 (15h53)

A hotelaria portuguesa somou pela primeira vez num primeiro semestre mais de um milhão de dormidas de turistas residentes no Brasil, que atingiram o total de 1,062 milhões de pernoitas tornando-se, assim, o 5º principal emissor na primeira metade do ano.

Verão começa ‘muito nublado’ para a hotelaria portuguesa, com quebras da maioria dos principais emissores

13-08-2018 (13h42)

A hotelaria portuguesa teve em Junho quebras de turistas de 11 dos 15 principais emissores com dados publicados pelo INE, escapando a uma quebra no número de hóspedes totais pelos aumentos dos residentes em Portugal e dos ‘longínquos’ Brasil, Estados Unidos e Canadá.