Navio de cruzeiros Mein Schiff Herz cancela turnaround no Funchal devido ao mau tempo

05-12-2019 (13h24)

O navio de cruzeiros Mein Schiff Herz cancelou a operação de turnaround que tinha prevista para hoje no Funchal devido às más condições atmosféricas, revelou a Administração dos Portos da Madeira (APRAM).

A APRAM indicou num comunicado que o operador TUI e o comandante do navio Mein Schiff Herz cancelaram a operação de turnaround (viagens que começam e/ou terminam no Funchal), tendo antecipado a partida do navio para as 22h de ontem.

O facto de o aeroporto da Madeira estar condicionado pelo vento, que já obrigou ao cancelamento de 20 voos provenientes de cidades como Hamburgo, Dusseldorf ou Munique, inviabilizou toda a operação (clique para ler: Mau tempo na Madeira provoca cancelamento de 20 voos).

“A funcionalidade aeroportuária é fundamental para a eficácia de um ‘turnaround' total, que implica o desembarque de todos os passageiros no porto, regressando de avião a casa ou, ao contrário, chegando de avião e embarcando no cruzeiro”, diz a nota da administração. 

Apesar do cancelamento desta primeira operação, a APRAM tem previstas outras operações com este mesmo navio até Abril de 2020 (para ler mais clique: Porto do Funchal prepara primeiras operações de turnaround de até 1.500 passageiros).

Neste tipo de movimentos, o que a APRAM tem previsto é o Mein Schiff Herz acostar preferencialmente no cais 3 e ficar na Madeira 48 horas, devendo chegar às quartas-feiras, às 14h00, e sair às sextas, à mesma hora.

Esta operação estava concertada com a chegada de voos directos do mercado alemão das quintas-feiras, embora pudessem existir passageiros que chegariam individualmente e que poderiam ficar na Madeira uns dias, antes do embarque ou após o desembarque.

(PressTUR com Agência Lusa)

Ver também:

Porto do Funchal prepara primeiras operações de turnaround de até 1.500 passageiros

 

Clique para ver mais: Cruzeiros

Clique para ver mais: Madeira

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair admite ter a frota imobilizada “pelo menos” em Abril e Maio

03-04-2020 (18h28)

A low cost Ryanair indicou hoje que espera ter que manter imobilizada a sua frota “pelo menos” este mês e em Maio, referindo que actualmente está com menos de 20 voos diários, significando uma redução em 99% em relação à sua operação normal, em que fazia diariamente mais de 2.500 voos.

Rock in Rio adiado para 2021

03-04-2020 (13h04)

O festival de música Rock in Rio Lisboa, que estava previsto para os dias 20, 21, 27 e 28 de Junho, foi adiado um ano devido à pandemia do novo coronavírus.

Portugueses em Timor-Leste regressam no Sábado

03-04-2020 (12h05)

Os portugueses que se encontravam a trabalhar em Timor-Leste, a maioria dos quais como professores, vão partir do aeroporto de Díli no Sábado de manhã rumo a Lisboa a bordo de um Boeing B767-300ER da euroAtlantic Airways.

Governo fecha aeroportos ao tráfego de passageiros entre 9 e 13 de Abril, António Costa

02-04-2020 (19h27)

O primeiro-ministro anunciou hoje que Portugal vai encerrar ao tráfego de passageiros todos os aeroportos portugueses no período da Páscoa, entre os dias 9 e 13 deste mês, excepção feita aos voos de Estado, de carga ou humanitários.

IAG amplia redução da operação em Abril e Maio para 90% e acordos para redução de encargos com pessoal

02-04-2020 (18h20)

O IAG, grupo que engloba British Airways, Aer Lingus, Iberia, Vueling e Level, anunciou hoje que decidiu ampliar a redução da operação em Abril e Maio, de “pelo menos 75%” para “aproximadamente 90”.

Noticias mais lidas