Lisboa repete em Fevereiro 3º aumento mais forte de passageiros entre os grande aeroportos europeus

16-04-2018 (15h58)

Lisboa voltou a cotar-se em Fevereiro como o 3º grande aeroporto que cresce mais fortemente, segundo os Tops de crescimento do Airports Council International (ACI) Europe, que indica representar 500 aeroportos em 45 países europeus que anualmente somam 1,9 mil milhões de passageiros e 22,8 milhões de aterragens e descolagens.

O ACI Europe passou em Janeiro a incluir Lisboa no seu Grupo 1, que é constituído pelos 24 aeroportos europeus que anualmente têm mais de 25 milhões de passageiros e logo no primeiro mês Lisboa teve o 3º aumento mais forte, com +15,2%, atrás apenas de Istambul Ataturk (+30,3%) e Istambul Sabiha Gokcen, com +25,3%.

E este quadro repetiu-se em Fevereiro, com Lisboa a cotar-se com o 3º aumento mais forte dos 24 aeroportos do Grupo 1, com +14,9%, atrás apenas dos dois aeroportos de Istambul, Ataturk, com +17,7%, e Sabiha Gokcen, com +15,5%.

Depois de Lisboa, estiveram os aeroportos de Amesterdão Schiphol e Moscovo Sheremetyevo, ambos com +9,6%, e Madrid, com +9,3%.

A informação do ACI indica também que, com 1,85 milhões de passageiros em Fevereiro, Lisboa teve neste mês o 17º maior aeroporto europeu, dez lugares acima de Fevereiro de 2016 e cinco acima de Fevereiro de 2017.

Os dados do ACI indicam que no Top10 dos aeroportos europeus apenas Londres Heathrow parece ter ‘lugar cativo’ no topo, com 5,39 milhões de passageiros (+2,4% que em Fevereiro de 2017).

Este Fevereiro o nº 2 foi Amesterdão, com 4,75 milhões, que tinha sido 3º em 2017 e 4º em 2016, à frente de Istambul Ataturk, com 4,749 milhões, que recupera a posição de 2016, depois de em 2017 ter caído para 4º.

Em 4º ficou Paris Charles de Gaulle, com 4,745 milhões de passageiros, que tinha sido nº2 em 2016 e 2017, e em 5º, como nos anteriores, figura Frankfurt, com 4,36 milhões.

Madrid, com 3,917 milhões de passageiros, foi 6º este Fevereiro, como já tinha sido em 2017 e 2016, seguido por Barcelona, com 3,033 milhões, que em 2016 e 2017 tinha sido 9º, mas este ano ultrapassou Londres Gatwick (2,979 milhões de passageiros) e Munique (2,957 milhões).

O Top10 encerra com Moscovo Sheremetyevo, com 2,779 milhões de passageiros.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos europeus

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Congresso da APAVT 2018 vai ser em Ponta Delgada, Açores

22-05-2018 (17h59)

O 44º Congresso da APAVT vai realizar-se entre 21 e 25 de Novembro em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, nos Açores, e tem previsto receber 500 participantes, incluindo agentes de viagens, operadores turísticos e outros profissionais do sector do turismo.

Vendas de viagens no mercado alemão ‘dispararam’ 21% em Abril

22-05-2018 (17h56)

Os alemães apostaram forte em Abril na compra de viagens, levando um aumento em 21% das receitas de vendas de agências e operadores, que ficaram 15% acima das vendas em 2017 para os meses de Maio a Outubro.

Grupo LATAM passa a ter PSS numa única plataforma da Sabre

22-05-2018 (17h29)

A Sabre anunciou que concluiu a migração da companhia de aviação LATAM Brasil (antiga TAM] para o seu PSS (passenger services system) SabreSonic, ‘concorrente’ do Altéa do Amadeus utilizado pelas companhias da Star Alliance como a TAP.

Greve de controladores franceses cancela mais de 500 voos - Airlines 4 Europe

22-05-2018 (16h48)

A associação de companhias de aviação europeias Airlines 4 Europe, de que a TAP é uma das associadas, afirma que a greve dos controladores aéreos em França iniciada ontem à tarde já obrigou a cancelar mais de 500 voos e afectou cerca de 70 mil passageiros e carga.

Central hoteleira da Lusanova dá prémios às agências de viagens que reservarem mais este Verão

22-05-2018 (16h47)

A Lusahotéis, central hoteleira do grupo Lusanova Travel, vai premiar as agências de viagens que venderem mais este Verão com cartões de 50 e 100 euros para compras em lojas em Portugal e Espanha.