IATA testa novo método de pagamanto de bilhetes de avião com sucesso

11-01-2019 (15h31)

A IATA (International Air Transport Association) testou com sucesso o IATA Pay, um método de pagamento directo que pode ser utilizado para adquirir bilhetes de avião.

Este teste foi efectuado em parceria com a ipagoo, uma companhia "fintech" britânica (empresa que desenvolve tecnologia para sistemas financeiros), segundo o enquadramento de Open Banking do Reino Unido com companhias aéreas da IATA, incluindo a Cathay Pacific Airways, a Scandinavian e a Emirates.

O IATA Pay surge para as companhias aéreas terem a possibilidade de oferecer este tipo de pagamento como opção nos seus websites.

Em comunicado, a IATA destaca as vantagens deste método de pagamento para as companhias aéreas, que incluem custos mais reduzidos que outras alternativas, a segurança, e o fluxo de capital quase instantâneo. Para os consumidores as vantagens destacas pela IATA são a simplicidade do método e, novamente, a sua segurança.

Aleksander Popovich, vice-presidente sénior dos serviços de distribuição e finanças, foi citado em comunicado afirmando que o IATA Pay, além de ser um método de pagamento alternativo, também está de acordo com "um dos objectivos estratégicos da IATA" como o apoio à "sustentabilidade financeira das compahias aéreas, incluindo controlar custos". O vice-presidente salientou que "as companhias aéreas estão a tentar gerir os custos significativos dos pagamentos por cartão -- oito mil milhões de dólares por ano e a aumentar".

A IATA também está a trabalhar com o Deutsche Bank num protótipo desta forma de pagamento para a Europa (excluindo o Reino Unido). O início dos testes no mercado alemão estão previstos para o início deste ano de 2019.

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Empresas & Negócios

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cruzeiros no Funchal terminaram 2018 com estagnação em baixa

18-01-2019 (16h41)

O Porto do Funchal teve um ligeiro decréscimo do número de passageiros de cruzeiros em 2018, tendo terminado o ano com 537.851, -0,2% ou menos 1.341 que em 2017, mas ainda assim o 4º melhor total anual de sempre.

Alemães, canadianos e brasileiros garantiram recorde de passageiros de cruzeiros em Lisboa em 2018

18-01-2019 (16h37)

O Porto de Lisboa teve em 2018 novos recordes de passageiros de cruzeiros alemães, canadianos e brasileiros, que foram, assim, as três nacionalidades que garantiram à capital um novo recorde anual de cruzeiros e, também, a recuperação da liderança dos portos de cruzeiros portugueses.

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

Fitur prevê edição recorde este ano com mais expositores e visitantes

18-01-2019 (15h35)

A Feira Internacional de Turismo de Madrid (Fitur), que começa na quarta-feira, dia 23, deverá bater recordes de participação e número de expositores, de acordo com a previsão da organização.

Lisboa recuperou em 2018 a liderança do turismo de cruzeiros em Portugal

18-01-2019 (14h55)

O Porto de Lisboa voltou a ser em 2018 o primeiro porto português de cruzeiros marítimos, tanto em número de passageiros como de escalas, recuperando a liderança que em 2017 lhe escapara para o Funchal.