Hoti Hotéis investe 16 milhões de euros no Meliá Maputo Sky

13-03-2018 (16h08)

Foto: Meliá Hotels International
Foto: Meliá Hotels International

O grupo de capital português Hoti Hotéis anunciou que o investimento no hotel Meliá Maputo Sky, que abre em Junho na capital de Moçambique, ascende a 16 milhões de euros.

O Meliá Maputo Sky, que terá 172 quartos e suites, é o primeiro investimento internacional do grupo Hoti Hotéis.

O hotel tem inauguração prevista para Junho, um mês mais tarde do que perspectivava a rede espanhola numa divulgação em finais de Fevereiro (clique para ler: Meliá Maputo tem inauguração marcada para Maio de 2018).

A oferta da hotel inclui restaurante, bar, ginásio, estacionamento e três salas de reuniões com capacidade para 300 pessoas.

O Meliá Maputo Sky encontra-se no centro da capital de Moçambique, a dez minutos da estação de comboios e a 20 minutos do aeroporto.

A Hoti Hotéis tem dez unidades hoteleiras com marcas da Meliá Hotels International e quatro marcas próprias, designadamente Star Inn, Hotel da Música, Golden e “O Mais Português Hotel do Mundo”.

O grupo sublina estar “em forte expansão, destacando-se o ano passado a inauguração do Star inn Lisbon, a aquisição do hotel Golden Residence, no Funchal e do Tryp Colina do Castelo, em Castelo Branco”.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Hoti Hotéis

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Primeiro responsável pela pontualidade na TAP sai para a TIM

20-07-2018 (19h24)

O primeiro responsável pela operação (Chief Operating Officer) da TAP, e como tal, também primeiro responsável pela pontualidade, Sami Foguel, sai para a operadora de telecomunicações brasileira TIM.

SATA Azores Airlines renova website para apresentar conteúdos consoante o utilizador

20-07-2018 (17h09)

A SATA Azores Airlines renovou o seu website para apresentar uma “abordagem mais intuitiva e com conteúdos especialmente seleccionados de acordo com o mercado escolhido pelo cliente”, anunciou a companhia aérea.

Canadá é a origem/destino de passageiros com o aumento mais forte em Lisboa

20-07-2018 (16h54)

O Aeroporto de Lisboa teve no primeiro semestre um aumento quase para o dobro do número de passageiros em voos de/para o Canadá, que foi assim a origem/destino com o crescimento mais forte do período, embora em valor absoluto os maiores aumentos tenham sido nas ligações com a Alemanha, com Espanha, com França e com o Brasil.

França é origem/destino de passageiros líder no Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre

20-07-2018 (16h50)

França foi a primeira origem/destino de passageiros do Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre, com 1,746 milhões, inclusivamente mais cerca de 34 mil que nos voos domésticos.

Ryanair diz que mais de 90% dos 50 mil passageiros com voos cancelados já têm alternativas

20-07-2018 (16h34)

A Ryanair revelou hoje que mais de 90% dos 50 mil passageiros com voos cancelados na próxima quarta e quinta-feira, dias de greve de tripulantes de cabina em Portugal, Espanha e Bélgica, já remarcaram os seus voos ou pediram reembolso.