West Cliffs Resort em Óbidos terá dois hotéis de 5-estrelas

26-06-2017 (11h29)

Um campo de golfe com vista para o mar e uma club house são as primeiras instalações em funcionamento do West Cliffs Resort, um projecto em Óbidos que tem prevista a construção de dois hotéis de 5-estrelas dentro de três anos.

O projecto foi apresentado na sexta-feira, dia 23, pela Oxy Capital, gestora do Fundo Aquarius, proprietário do resort, num evento que contou com a participação do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

Este projecto faz com que "o golfe português esteja cada vez mais colocado como uma referência no plano internacional", salientou na cerimónia o ministro da Economia. "É um símbolo do turismo de alta qualidade e um exemplo de que pode haver turismo o ano todo", acrescentou Manuel Caldeira Cabral.

Criou-se um "cluster de golfe nesta região", afirmou por sua vez Joaquim Goes, da Oxy Capital, sublinhando que "estão reunidas as condições para esta região ser uma das mais atractivas para turismo no país".

As primeiras instalações do projecto em funcionamento são a club house e o campo de golfe de 18 buracos, projectado por Cynthia Dye, que é o primeiro na Europa e o 3º no mundo a receber a certificação GEO On course, que reconhece boas práticas ambientais durante a concepção do projecto, construção e início da operação.

O complexo, que ocupa uma área de 230 hectares, tem 268 lotes para venda e construção de villas e apartamentos, que deverão converter-se em 659 unidades de alojamento com 2.906 camas.

A construção dos dois hotéis de 5-estrelas prevista no projecto está ainda numa "fase inicial de negociação com cadeias internacionais", devendo arrancar dentro de três anos, afirmaram em conversa com a imprensa Paulo Monteiro, engenheiro responsável pela edificação do West Cliffs Resort, e Pedro Pinto, da área Comercial do resort.

O primeiro hotel terá 130 quartos e o segundo terá 60, especificaram os executivos, indicando que actualmente os praticantes de golfe que visitam o West Cliffs podem ficar hospedados no resort Praia d'El Rey.

O projecto é desenvolvido em articulação com o campo de golfe do Praia d'El Rey e com o hotel Marriott Praia d'El Rey, também detido pelo Fundo Aquarius, através de uma gestão conjunta e centralizada.

O West Cliffs está a ser desenvolvido no activo da Massa Insolvente da Crissier, em articulação com o seu administrador de Insolvência, Jorge Calvete, e com os respectivos credores, entre os quais o Fundo Aquarius, gerido pela Oxy Capital.

O projecto envolveu até à data um investimento de 21,5 milhões de euros, incluindo 14,5 milhões nas infraestruturas gerais e sete milhões na área de golfe, dos quais 3,5 milhões correspondem a financiamento do PT2020 - Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

W São Paulo abre em 2021 com assinatura de Nini Andrade Silva

16-10-2018 (14h16)

A Marriott International anunciou que vai abrir o seu primeiro hotel de luxo no Brasil em 2021, o W São Paulo, que terá a assinatura da designer portuguesa Nini Andrade Silva.

Receitas da hotelaria portuguesa crescem há 52 meses... mas abrandamento instala-se

15-10-2018 (17h00)

A hotelaria portuguesa concluiu em Agosto o 52º mês consecutivo de aumento dos proveitos, mas já sem os aumentos a dois dígitos que se sucediam desde o primeiro quadrimestre de 2014, tendo registado em Agosto o aumento mais fraco desde 2013, se excluídos os efeitos de calendário pelas alterações da data da Páscoa.

Dormidas de estrangeiros na hotelaria portuguesa caem há cinco meses consecutivos

15-10-2018 (16h53)

"Dormidas de não residentes mantêm tendência negativa", destacou o INE ao divulgar hoje os dados do turismo no alojamento turístico ‘tradicional', evidenciando assim que a quebra ocorrida em Agosto não foi uma excepção.

Lisboa espera arrecadar 36,5 milhões de euros com taxa turística em 2019

15-10-2018 (15h52)

A Câmara Municipal de Lisboa prevê arrecadar 36,5 milhões de euros com a Taxa Municipal Turística em 2019, mais do dobro do estimado em 2018, que foi de 14,4 milhões, anunciou hoje o vereador das Finanças, João Paulo Saraiva.

Número de turistas britânicos na hotelaria portuguesa cai há 11 meses consecutivos

15-10-2018 (15h21)

O turismo internacional na hotelaria portuguesa caiu mesmo em Agosto, tradicionalmente mês de ‘pico’ da actividade turística, especialmente da parte dos cinco maiores emissores europeus e designadamente do maior de todos, o Reino Unido, que regista quedas de hóspedes e dormidas há 11 meses consecutivos.