Vila Galé põe em marcha novo projecto num edifício histórico em Braga

15-09-2016 (14h48)

Imagem: Vila Galé
Imagem: Vila Galé

A Vila Galé, segunda maior rede hoteleira portuguesa, vai reabilitar o antigo hospital de São Marcos, em Braga, desocupado desde 2011, e convertê-lo no Vila Galé Braga, “que terá condições para receber diferentes segmentos, desde congressos e incentivos, a corporate e turismo de lazer”, garante Jorge Rebelo de Almeida, presidente do grupo.

O Vila Galé Braga vai ser um hotel de 4-estrelas com 127 quartos duplos, salão de convenções com cerca de 300 metros quadrados e quatro salas de reuniões com áreas entre 35 e 60 metros quadrados.

O hotel vai ter dois restaurantes, bar, adega, biblioteca, piscinas exteriores para adultos e para crianças, um Spa com piscina interior, ginásio e salas de massagens, jardim interior e estacionamento.

“Esta aposta em Braga é importante porque permite recuperar património histórico relevante e que estava sem aproveitamento e ao mesmo tempo dar-lhe um sentido económico viável”, salientou ainda Jorge Rebelo de Almeida, citado em comunicado.

Com este hotel, Jorge Rebelo de Almeida pretende “valorizar a oferta hoteleira de Braga, com um hotel que terá condições para receber diferentes segmentos, desde congressos e incentivos, a corporate e turismo de lazer, que é a área mais forte da Vila Galé”.

“O futuro hotel Vila Galé Braga representa também uma forma de diferenciar e diversificar a nossa oferta hoteleira por todo o país, incluindo nas zonas mais interiores” e “será um investimento muito importante para Braga e para o grupo, e mais uma bandeira numa cidade com grande potencial de crescimento”, concluiu o presidente do grupo.

O grupo hoteleiro perspectiva investir seis milhões de euros no hotel e prevê começar as obras no próximo ano, com vista à abertura de portas em 2018.

O edifício é da Santa Casa da Misericórdia, que assinou um contrato de concessão com o grupo Vila Galé.

A rede hoteleira portuguesa, que tem 27 hotéis em Portugal e no Brasil, tem ainda outros três projectos em desenvolvimento, designadamente o Vila Galé Porto Ribeira, um hotel de charme na Ribeira, no Porto, com 67 quartos e um investimento de sete milhões de euros, em fase de licenciamento, o Vila Galé Touros, um resort na Praia de Touros, no Rio Grande do Norte, no Brasil, em fase de licenciamento, com cerca de 500 quartos, três restaurantes, Spa Satsanga e centro de convenções, num investimento de 28 milhões de euros, e ainda o Vila Galé Sintra, um projecto de 5-estrelas que engloba uma unidade hoteleira e apartamentos turísticos, com uma forte componente de serviços médicos.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Vila Galé

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

W São Paulo abre em 2021 com assinatura de Nini Andrade Silva

16-10-2018 (14h16)

A Marriott International anunciou que vai abrir o seu primeiro hotel de luxo no Brasil em 2021, o W São Paulo, que terá a assinatura da designer portuguesa Nini Andrade Silva.

Receitas da hotelaria portuguesa crescem há 52 meses... mas abrandamento instala-se

15-10-2018 (17h00)

A hotelaria portuguesa concluiu em Agosto o 52º mês consecutivo de aumento dos proveitos, mas já sem os aumentos a dois dígitos que se sucediam desde o primeiro quadrimestre de 2014, tendo registado em Agosto o aumento mais fraco desde 2013, se excluídos os efeitos de calendário pelas alterações da data da Páscoa.

Dormidas de estrangeiros na hotelaria portuguesa caem há cinco meses consecutivos

15-10-2018 (16h53)

"Dormidas de não residentes mantêm tendência negativa", destacou o INE ao divulgar hoje os dados do turismo no alojamento turístico ‘tradicional', evidenciando assim que a quebra ocorrida em Agosto não foi uma excepção.

Lisboa espera arrecadar 36,5 milhões de euros com taxa turística em 2019

15-10-2018 (15h52)

A Câmara Municipal de Lisboa prevê arrecadar 36,5 milhões de euros com a Taxa Municipal Turística em 2019, mais do dobro do estimado em 2018, que foi de 14,4 milhões, anunciou hoje o vereador das Finanças, João Paulo Saraiva.

Número de turistas britânicos na hotelaria portuguesa cai há 11 meses consecutivos

15-10-2018 (15h21)

O turismo internacional na hotelaria portuguesa caiu mesmo em Agosto, tradicionalmente mês de ‘pico’ da actividade turística, especialmente da parte dos cinco maiores emissores europeus e designadamente do maior de todos, o Reino Unido, que regista quedas de hóspedes e dormidas há 11 meses consecutivos.