Vila Galé inaugura hotel com conceito inovador na área da saúde, “com Sintra e para Sintra” – Jorge Rebelo de Almeida

14-05-2018 (09h16)

A Vila Galé inaugurou um hotel de 5-estrelas em Sintra, que, nas palavras do presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida, vai "respirar Sintra por todos os lados", quer pelas parcerias na área do turismo de saúde, quer pelos mitos e lendas locais que inspiram a decoração da unidade.

A seguir ao turismo, a saúde, apesar de ser uma área difícil, "pode crescer muito", afirmou Jorge Rebelo de Almeida na cerimónia de inauguração do Vila Galé Sintra, no Sábado, dia 12, justificando a aposta no conceito da nova unidade.

O hotel, com 136 quartos, promove um estilo de vida saudável, propondo aos hóspedes alimentação equilibrada, cuidados médicos, exercício físico e terapias holísticas, em programas com uma duração mínima de três dias.

Há programas de detox, de perda de peso e para deixar de fumar, programas para relaxar e reduzir a ansiedade ou mesmo para revigorar o corpo e a mente através de actividade física.

Mesmo apostando na área da saúde, o Vila Galé Sintra enquadra-se na estratégia do grupo de promover oferta de lazer para toda a família, tendo por isso programas específicos para os mais novos, piscinas para crianças, um parque infantil, trampolins e um carrossel.

A oferta da unidade na área da saúde, da beleza e do bem-estar é criada em parceria com empresas e entidades de Sintra, como a Cintramédica, e é por isso que Jorge Rebelo de Almeida sublinha que "em Sintra viemos fazer um hotel com Sintra e para Sintra".

Por outro lado, também é a riqueza histórica de Sintra que motiva a decoração do hotel, e por isso existem em todos os quartos e nos espaços comuns referências a momentos históricos ou a mitos e lendas locais.

A motivação para a aposta nas referências históricas de Sintra deve-se à relevância "extremamente importante" da cultura na diferenciação na área do turismo, destacou o presidente do grupo hoteleiro.

"Se nós não formos um país interessante, os turistas não vêm aqui só para ver turismo, nem para ver belezas naturais", enfatizou Jorge Rebelo de Almeida.

"Acho que o turismo [em Portugal] atravessa uma fase boa, mas nada é definitivo", afirmou o presidente da Vila Galé, para incentivar a "continuar a apostar em melhorar a nossa oferta turística em termos de instalações, melhorar mais ainda a formação profissional para valorizarmos a nossa oferta".

A Vila Galé, que celebra este ano o seu 30º aniversário, ainda tem previsto inaugurar este ano um hotel em Braga e um resort em Touros, no Brasil. Em 2019, o grupo hoteleiro vai abrir mais duas unidades em Portugal, em Elvas e na Serra da Estrela.

 

Clique para ver mais: Vila Galé

Clique para ver mais: Hotelaria




Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotelaria de Lisboa acentuou em Maio a subida de preços

20-07-2018 (12h38)

Os hotéis da cidade de Lisboa acentuaram em Maio a subida de preços, com aumentos entre 13,5 e quase 19 euros por quarto, de acordo com dados do Observatório do Turismo de Lisboa consultados pelo PressTUR.

Ria Park Hotels renova quartos e áreas públicas do Ria Park Garden

19-07-2018 (17h14)

A Ria Park Hotels renovou os quartos e as áreas públicas do 4-estrelas Ria Park Garden, uma unidade no Algarve que apresenta como a “escolha perfeita para umas férias de Verão com a família e amigos”.

Nau Hotels reabre Salgados Dunas Suites e São Rafael Suites após renovação

19-07-2018 (16h39)

A Nau Hotels & Resorts reabriu as unidades 5-estrelas Salgados Dunas Suites e São Rafael Suites, ambas situadas na região de Albufeira, após intervenções de remodelação nos quartos e áreas comuns.

Hotel Apartamento Solverde sobe classificação para 4-estrelas

18-07-2018 (16h58)

O Hotel Apartamento Solverde, em Espinho, foi recentemente homologado como uma unidade 4-estrelas, depois de um processo de renovação integral nas suas instalações e serviços.

Tivoli Lagos reabre após renovação completa de 4,6 milhões de euros

17-07-2018 (17h10)

O Tivoli Lagos Algarve Resort reabriu após cinco meses de remodelações em que foram investidos cerca de 4,6 milhões de euros, anunciou a rede hoteleira, destacando que pretende transformar o hotel numa “referência no panorama gastronómico algarvio”.