Vila Galé analisa possibilidade de abrir hotel no centro histórico de Salvador

11-04-2019 (17h45)

O grupo hoteleiro português Vila Galé confirmou ao PressTUR que está a procurar "uma área no centro histórico de Salvador", capital do estado da Bahia, Brasil, país onde é a rede hoteleira líder em resorts.

"Apostamos e acreditamos no desenvolvimento do potencial turístico do estado da Bahia e confirmamos que estamos à procura de uma área no centro histórico de Salvador", indicou fonte oficial da Vila Galé ao PressTUR, numa resposta enviada por email, na sequência de notícias avançadas pela imprensa brasileira sobre uma visita de representantes do grupo português a um edifício do século XVI situado no centro histórico da capital baiana.

A imprensa brasileira avançava ontem que representantes da Vila Galé visitaram o Palácio Rio Branco, um edifício situado no centro histórico de Salvador, para analisar a possibilidade de apresentar uma proposta para converter o edifício em hotel.

Na resposta enviada ao PressTUR, fonte oficial da Vila Galé confirmou que "houve uma visita ao Palácio Rio Branco, mas ainda não há nada concreto".

As notícias divulgadas na imprensa brasileira avançam que o Governo da Bahia declarou interesse em ceder o Palácio Rio Branco, bem como outros prédios históricos a grupos hoteleiros interessados em instalar-se na região.

O secretário de Turismo do estado, Fausto Franco, citado nessas notícias, confirmou o interesse das duas partes e a visita de representantes do grupo Vila Galé ao Palácio Rio Branco, mas declarou que o projecto "ainda é embrionário".

José António Bastos, director de operações da Vila Galé para o Brasil, também citado na imprensa brasileira, afirmou que o grupo hoteleiro procura "constantemente trazer novidades e inovações no Brasil".

A Vila Galé tem dois hotéis na Bahia, o Vila Galé Salvador e o Vila Galé Guarajuba, e está a construir o terceiro, baptizado Vila Galé Costa Cacau, um resort na região de Una/Ilhéus que tem previsto inaugurar em 2021, com um investimento de cerca de 150 milhões de reais (cerca de 35,15 milhões de euros).

Outro projecto que o grupo hoteleiro está a desenvolver no Brasil é o Vila Galé Paulista, em São Paulo (clique para ler: Vila Galé prevê abrir hotel em São Paulo no primeiro trimestre de 2020).

 

Ver também:

Vila Galé investe 90 milhões em seis novos hotéis em Portugal e no Brasil até 2020

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Vila Galé

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotéis de Lisboa ganham mais em Outubro, por aumentos de preços

06-12-2019 (18h18)

Os hotéis da cidade de Lisboa tiveram aumentos da receita média de quartos por quarto disponível (RevPAR) no mês de Outubro entre 4,1% e 10,4%, de acordo com o Observatório do Turismo da capital, cujos dados evidenciam que a subida foi alavancada nos preços de quartos.

Evok Hotels Collection vai ter hotel de luxo na Gran Vía de Madrid

06-12-2019 (16h04)

A Evok Hotels Collections vai ter o seu primeiro hotel de luxo em Espanha, na Gran Vía em Madrid, num edifício recentemente adquirido pela Zaka Investments.

Contrato de concessão do Castelo de Vila Nova de Cerveira assinado hoje

06-12-2019 (14h28)

O contrato de concessão para transformar o Castelo de Vila Nova de Cerveira num hotel, previsto abrir no final de 2021, foi hoje assinado com o promotor Eurico da Fonseca, o mesmo promotor que desenvolveu o Palácio de São Bento da Vitória, no Porto.

Hyatt inaugura dois resorts em Punta Cana

05-12-2019 (15h24)

A rede hoteleira Hyatt inaugurou dois resorts tudo incluído com instalações partilhadas e um total de 750 quartos, em Punta Cana, na República Dominicana.

Pernambucana Patrícia Costa é a nova directora Comercial do Sofitel Lisbon Liberdade

03-12-2019 (17h26)

A rede Sofitel, do grupo Accor, anunciou hoje ter uma nova directora Comercial do Sofitel Lisbon Liberdade, a pernambucana Patrícia Costa, “com quase 20 anos de experiência no sector hoteleiro”, nomeadamente no Sofitel Rio de Janeiro Copacabana e como directora regional Sofitel para o Rio de Janeiro.

Noticias mais lidas