Turismo português em Cabo Verde cresce 4,6% no 2º trimestre

29-08-2019 (16h50)

A hotelaria de Cabo Verde teve um aumento das dormidas de turistas residentes em Portugal em 4,6% no segundo trimestre, impulsionado pelo crescimento do número de visitantes em 7,2%, que compensou a redução da sua estada média em 2,4%.

Dados do INE de Cabo Verde recolhidos pelo PressTUR permitiram ver que a hotelaria do arquipélago de língua oficial portuguesa recebeu no segundo trimestre 21.790 turistas residentes em Portugal, mais 7,2% ou mais quase 1,5 mil que no período homólogo de 2018.

Esta evolução, concluiu o PressTUR, foi proporcionada pelos aumentos de 925 turistas residentes em Portugal nos estabelecimentos da ilha de Santiago, onde se localiza a capital, Cidade da Praia, a que se somaram mais 636 na ilha do Sal e mais 63 no conjunto da restantes ilhas.

Boavista e São Vicente, por sua vez, tiveram respectivamente menos 91 e menos 73 turistas residentes em Portugal.

Assim, estas foram também as únicas ilhas que no segundo trimestre deste ano tiveram menos dormidas de turistas residentes em Portugal que no período homólogo de 2018, com decréscimos de 14,7% ou 655 em São Vicente e de 1,2% ou 267 na Boavista, segunda ilha turística mais procurada do país.

O maior aumento de dormidas de turistas residentes em Portugal no segundo trimestre deu-se na ilha do Sal, com mais 3,8 mil que há um ano, seguida por Santiago, com mais 1,6 mil, e o conjunto das restantes ilhas, com mais 190.

O Sal concentrou assim 62,5% das dormidas de residentes em Portugal na hotelaria de Cabo Verde no segundo trimestre, com um total de 68,2 mil, A Boavista teve 20,4%, com 22,2 mil, Santiago teve 12,1%, com 13,2 mil, São Vicente teve 3,5%, com 3,8 mil, e o conjunto das restantes ilhas teve 1,6%, com 1,7 mil.

Relativamente ao segundo trimestre de 2018, o Sal reforçou a sua quota em 0,8 pontos, Santiago aumentou em um ponto e o conjunto das restantes ilhas teve +0,1 pontos, enquanto a Boavista baixou 1,2 pontos e São Vicente, 0,8 pontos.

Ver também:

Hotelaria de Cabo Verde fecha 1º semestre com mais 30 mil hóspedes

 

Clique para ver mais: Cabo Verde

Clique para ver mais: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

DER Touristik quer ficar com agências Holiday Land e hotéis Sentido do grupo Thomas Cook

13-11-2019 (08h56)

A DER Touristik anunciou que chegou a acordo para comprar a rede de agências de viagens Holiday Land, incluindo os contratos de franquia, e que pretende adquirir a rede de hotéis Sentido, subsidiárias do falido grupo Thomas Cook.

Hotel nas Galerias Lumiére no Porto recebe parecer positivo da Direcção Regional de Cultura

13-11-2019 (08h03)

A Direcção Regional de Cultura do Norte (DRCN) deu parecer favorável ao Pedido de Informação Prévia (PIP) para uma unidade hoteleira a instalar nas Galerias Lumière, no Porto, que vão encerrar em 2020, revelou aquele organismo.

Meliá abre hotel da marca Innside em Saragoça

12-11-2019 (17h14)

A Meliá Hotels International anunciou a abertura de um hotel da sua marca Innside em Saragoça, um “destino obrigatório para os amantes de novas tendências”, segundo descreve.

Turismo de Portugal tem em curso 38 projectos de enoturismo com 60 milhões de euros já aprovados

12-11-2019 (15h59)

O Turismo de Portugal tem em curso 38 projectos de desenvolvimento da oferta de enoturismo, com mais de 60 milhões de euros de investimento já aprovados, disse a entidade à agência Lusa.

Regulamento de Alojamento Local do Porto teve 55 participações em consulta pública

12-11-2019 (15h41)

O regulamento de Alojamento do Local (AL) do Porto teve 55 participações no âmbito da discussão pública do documento que terminou em Setembro, revelou o vereador do Turismo na Câmara do Porto, Ricardo Valente.

Noticias mais lidas