Tivoli Lisboa reabre renovado em Abril após investimento de 15 milhões

22-03-2017 (11h44)

O emblemático hotel Tivoli Lisboa vai passar a designar-se Tivoli Avenida Liberdade a partir de Abril, mês em que terminam as renovações em que o Minor Hotel Group investiu 15 milhões de euros.

A unidade hoteleira, que está a ser renovada pelos arquitectos da Broadway Malyan, vai ter “um lobby totalmente actualizado”, um novo executive lounge, “cinco pisos de quartos remodelados”, novas experiências enogastronómicas, um Spa de insígnia Tivoli e um centro de fitness.

O hotel, que tinha 306 quartos, vai passar a ter 286 quartos, “mais espaçosos e confortáveis”, bem como uma nova categoria para famílias até quatro pessoas. As suites, por sua vez, terão um novo serviço premium com uma equipa dedicada exclusivamente aos seus hóspedes.

O novo executive lounge vai ficar no 9º piso do hotel e será um espaço exclusivo para os hóspedes dos quratos premium, tendo entre as 6h e as 23h serviços de secretariado, cafetaria e hors d’oeuvres sem custo adicional.

No lobby vai estar um novo bar “que recria uma atmosfera descontraída e relaxante, ideal para uma reunião de trabalho, conviver e pôr a conversa em dia com um grupo de amigos, acompanhado por um menu variado de tapas, sandwichs, snacks gourmet, serviço de chá premium ou um copo de vinho”, sublinha um comunicado da rede hoteleira.

Para gastronomia e vinhos, o Tivoli Avenida Liberdade terá dois espaços remodelados, designadamente a nova Cervejaria Liberdade, com peixe, marisco, sushi e ceviche, e o Restaurante Terraço, um espaço de autor dirigido pelo chef Tiago Bonito.

O Sky Bar, por sua vez, também estará renovado ao reabrir na Primavera.

Outra novidade é o Tivoli Spa, com “tratamentos personalizados que prometem deixar uma marca indelével no corpo e na mente, usando técnicas holísticas e intemporais”.

O Minor Hotel Group concluiu a compra da Tivoli Hotels & Resorts no início de 2016 por 294,2 milhões de euros, uma aquisição que marcou a sua entrada na Europa e na América do Sul, com 12 hotéis em Portugal e dois hotéis no Brasil, somando cerca de três mil quartos.

Em Portugal, a Minor vai converter dois hotéis da marca Tivoli em hotéis de outras marcas que detém, designadamente a Avani e a Anantara (para ler mais clique: Minor Hotels escolhe Lisboa para inaugurar primeiro hotel Avani na Europa / Anantara anuncia para dia 1 de Abri a abertura do Anantara Vilamoura).

A introdução das suas marcas em Portugal está em linha com a estratégia anunciada pelo CEO da Minor Hotels, Dillip Rajakarier, de ter em Portugal uma base para a expansão do grupo (clique para ler: Minor Hotels quer Portugal como “plataforma a partir da qual podemos começar a expandir” – CEO).

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Tivoli Hotels & Resorts

Clique para mais notícias: Minor Hotel Group

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Empreendimentos turísticos de Monchique reabrem após grande incêndio

14-08-2018 (18h46)

O Macdonald Monchique Resort & Spa, em Caldas de Monchique, Algarve, vai reabrir na quinta-feira, depois de ter encerrado devido ao incêndio que durante uma semana atingiu a serra de Monchique.

Amadeus concretiza compra da TravelClick por 1,52 mil milhões de dólares

13-08-2018 (18h26)

O Amadeus confirmou já a concretização da compra da TravelClick, que descreve como um reforço do seu portefólio com soluções para a hoteleria designadamente para empresas de média dimensão e independentes.

Apesar da ocupação a cair, subida de preços da hotelaria portuguesa até acelera em Junho

13-08-2018 (17h46)

Os clientes da hotelaria portuguesa pagaram em média este mês de Junho +11% por dormida, ainda que os dados do INE indiquem uma queda da ocupação, tendência que o sector tende normalmente a travar com descidas de preços para estimular a procura.

Hotelaria portuguesa perde 225,7 mil dormidas de estrangeiros em Junho e acaba semestre com menos 132,3 mil

13-08-2018 (16h00)

A hotelaria portuguesa, que estava a viver um ciclo de crescimentos acentuados sustentado pela procura internacional, acabou o primeiro semestre deste ano com queda do número de pernoitas de turistas estrangeiros, em grande medida pela dimensão da quebra em Junho, primeiro mês da época alta, no qual teve menos 225,7 mil (-5,1%) pernoitas de residentes no estrangeiro.

Turistas brasileiros ultrapassam pela primeira vez o milhão de dormidas na hotelaria portuguesa num 1º semestre

13-08-2018 (15h53)

A hotelaria portuguesa somou pela primeira vez num primeiro semestre mais de um milhão de dormidas de turistas residentes no Brasil, que atingiram o total de 1,062 milhões de pernoitas tornando-se, assim, o 5º principal emissor na primeira metade do ano.