Tailândia e Bora Bora são os destinos de Verão “mais barato” e “mais caro” do Mundo – trivago

30-07-2013 (14h08)

Apesar de separados por milhares de quilómetros, os dois destinos mais barato e mais caro do Mundo para o Verão estão ambos na região da Ásia – Pacífico, segundo a análise do trivago que aponta Patong (Tailândia), como o destino mais barato e Bora Bora (Polinésia Framcesa) como o mais caro.

Uma noite em Patong, na ilha tailandesa de Phuket, custa uma média de 38 euros em Julho e Agosto, o que contrapõe com uma noite em Bora Bora, cujo preço médio será de 577 euros por noite, explica o portal espanhol.
Ainda na lista dos mais baratos estão se Kefalos, vila numa colina frente ao Mediterrâneo, na ilha grega de Kos, onde o preço médio por noite, este Verão, é de 39 euros, Varna, cidade búlgara banhada pelo Mar Negro, com um preço médio de 48 euros, Władysławowo, na Polónia, situada na costa sul do mar Báltico, com um custo de 52 euros por noite e Las Palmas, Canárias, com uma preço médio por noite de 55 euros.
O segundo e terceiro destinos mais caros este Verão estão na Sardenha, nomeadamente, Porto Cervo, com um preço médio por noite de 484 euros e Pula, com um preço médio de 438 euros. Segue-se o Mónaco, por 366 euros e Forte dei Marmi, na Toscânia, onde o preço médio por noite chega aos 343 euros.
Os preços apresentados “dizem respeito ao período compreendido entre 1 de Julho e 31 de Agosto de 2013, com base nas ofertas pesquisadas nos meses de Maio de Junho”, diz o trivago que acrescenta que “só foram considerados para esta análise destinos com uma forte incidência de turismo de Verão que reuniam, à altura do estudo,boas condições de segurança e acessibilidade”.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

W São Paulo abre em 2021 com assinatura de Nini Andrade Silva

16-10-2018 (14h16)

A Marriott International anunciou que vai abrir o seu primeiro hotel de luxo no Brasil em 2021, o W São Paulo, que terá a assinatura da designer portuguesa Nini Andrade Silva.

Receitas da hotelaria portuguesa crescem há 52 meses... mas abrandamento instala-se

15-10-2018 (17h00)

A hotelaria portuguesa concluiu em Agosto o 52º mês consecutivo de aumento dos proveitos, mas já sem os aumentos a dois dígitos que se sucediam desde o primeiro quadrimestre de 2014, tendo registado em Agosto o aumento mais fraco desde 2013, se excluídos os efeitos de calendário pelas alterações da data da Páscoa.

Dormidas de estrangeiros na hotelaria portuguesa caem há cinco meses consecutivos

15-10-2018 (16h53)

"Dormidas de não residentes mantêm tendência negativa", destacou o INE ao divulgar hoje os dados do turismo no alojamento turístico ‘tradicional', evidenciando assim que a quebra ocorrida em Agosto não foi uma excepção.

Lisboa espera arrecadar 36,5 milhões de euros com taxa turística em 2019

15-10-2018 (15h52)

A Câmara Municipal de Lisboa prevê arrecadar 36,5 milhões de euros com a Taxa Municipal Turística em 2019, mais do dobro do estimado em 2018, que foi de 14,4 milhões, anunciou hoje o vereador das Finanças, João Paulo Saraiva.

Número de turistas britânicos na hotelaria portuguesa cai há 11 meses consecutivos

15-10-2018 (15h21)

O turismo internacional na hotelaria portuguesa caiu mesmo em Agosto, tradicionalmente mês de ‘pico’ da actividade turística, especialmente da parte dos cinco maiores emissores europeus e designadamente do maior de todos, o Reino Unido, que regista quedas de hóspedes e dormidas há 11 meses consecutivos.