Sheraton Cascais renova bar da piscina e parque infantil

07-08-2018 (15h39)

O Sheraton Cascais Resort remodelou a zona de bar da piscina e o antigo parque infantil, apostando assim na oferta para férias em família.

“Enquanto os pais desfrutam de um refrescante cocktail no novo Flow Pool Bar, os mais novos poderão divertir-se a poucos metros de distância e em segurança no novo espaço Brave Kids”, sublinha um comunicado do resort.

O Flow Pool Bar passou a apresentar um “aspecto sofisticado, confortável e totalmente integrado na paisagem verde que envolve a piscina”, oferecendo “uma vasta selecção de bebidas refrescantes, como sumos naturais, detoxes e cocktails”.

O resort destaca cocktails de assinatura como o “Sheraton on Flow” (12 euros), à base de Vodka, Melão, Melancia, Sumo de Limão e Manjericão, ou e o “Pool Side” (12 euros), composto por Vodka, Ananás, Gengibre e Limão.

Para refeições ligeiras, o hotel propõe Saladas de camarão (13 euros), frango (11 euros) ou Queijo Fresco e Tomate (10 euros), Wrap de Salmão Fumado (8 euros), Hambúrguer Flow (15 euros) e sobremesas frescas, como Mousse de Lima (6 euros) ou o Creme Brullé de limão (6 euros).

O novo parque infantil Brave Kids, por sua vez, ocupa uma área de 300 metros quadrados, com uma decoração inspirada nas povoações índias e várias propostas de actividades.

O espaço funciona entre as 9h30 e as 18h, com uma programação exclusiva para crianças entre os quatro e nove anos (Kids Club) e entre os 10 e os 12 anos (Junior Club).

A programação, que varia quinzenalmente, inclui dias dedicados à ecologia, às artes, cultura, representação, música, desporto, ciência e ainda culinária.

“Para os mais ‘crescidos’, as actividades já implicam algum espírito de equipa e partilha como torneios de futebol, frisbee, badminton, jogos tradicionais, peddy pappers, ateliers de moda e workshops de cocktails”, descreve o Sheraton Cascais.

Para meio dia de animação no Kids Club o preço é de 25 euros ou 40 euros com almoço incluído; para um dia inteiro o preço é de 40 euros ou 55 euros com almoço. Para o Junior Club, o valor é definido por actividade, entre 7 e 14 euros.

 

Clique para ler uma entrevista de Pedro Santos, director do Sheraton Cascais, ao PressTUR:

"Sabemos as preferências do cliente e antecipamos as suas necessidades" - Pedro Santos, Sheraton Cascais

Golfe, empresas e lazer são a 'receita' do Sheraton Cascais para um ano de recordes - Pedro Santos, director-geral

Portugal "está nos radares da maior companhia hoteleira do mundo" - Pedro Santos, Sheraton Cascais

Sheraton Cascais renova restaurante Glass Terrace

 

Clique para ver mais: Sheraton Cascais

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Alojamento

Clique para ver mais: Actividades

Clique para ver mais: Cá Dentro

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Kimpton abre o seu primeiro hotel no Reino Unido em Outubro

19-09-2018 (19h04)

O Kimpton Fitzroy London, instalado no edifício do antigo Hotel Russell, cujo design inspirou a sala de jantar do navio Titanic, vai ser a primeira unidade hoteleira da Kimpton Hotels & Restaurants no Reino Unido, aquando da sua inauguração em Outubro.

Riu Hotels compra edifício em Londres para o seu primeiro hotel no Reino Unido

19-09-2018 (18h58)

A Riu Hotels & Resorts anunciou a compra de um edifício no centro de Londres para abrir o seu primeiro hotel num país cuja nacionalidade representa “grande percentagem da clientela Riu nas Caraíbas e em Espanha”.

Hotéis portugueses também resvalaram para queda de dormidas no mês de Julho

17-09-2018 (16h31)

Os hotéis, as pousadas e os aldeamentos são os únicos estabelecimentos de alojamento turístico que no fim de Julho ainda estão com aumento de dormidas este ano, mas o último mês do período já foi também de quebra, ainda que menor que a média do sector, em 1,5%, segundo os dados do INE.

Aumento da receita média por turista em 8,3% garante 51º mês de subida de proveitos da hotelaria portuguesa

17-09-2018 (16h24)

A hotelaria portuguesa teve este ano pela primeira vez mais de 210 euros de receita média por turista alojado, o que lhe permitiu atingir o 51º mês consecutivo de aumento de proveitos mesmo tendo sofrido quebras de hóspedes e dormidas.

Só Porto, Lisboa e Alentejo estão a escapar à ‘viragem’ da tendência do turismo internacional

17-09-2018 (15h48)

A hotelaria portuguesa viu agravar-se em Julho o balanço negativo das dormidas de turistas estrangeiros, ao qual apenas estão a escapar as regiões Porto e Norte, Área Metropolitana de Lisboa e Alentejo, que continuam a manter crescimento.