Sana abre dois hotéis em Casablanca em 2019

22-07-2016 (14h04)

O grupo hoteleiro Sana Hotels vai abrir dois hotéis com um total de 355 quartos na cidade marroquina de Casablanca em 2019, designadamente o 5-estrelas Epic Sana Casablanca e o 4-estrelas Evolution Casablanca, com um investimento de 90 milhões de euros.

A imprensa internacional avança que o grupo hoteleiro prevê abrir os dois hotéis em 2019, acrescentando 355 quartos à oferta hoteleira da cidade.

O Epic Sana Casablanca terá 187 quartos, seis restaurantes/bares, um Spa, um centro de fitness, duas piscinas e vários espaços para eventos.

O Evolution Casablanca terá 168 quartos e será um hotel "na vanguarda da tecnologia".

Carlos Silva Neves, administrador do grupo Azinor, que detém a Sana Hotels, citado pelo jornal "Huffington Post - Maroc", afirma que opta por Casablanca em vez de um destino turístico como Marraquexe ou Agadir pela sua "localização estratégica".

O executivo sublinha que quer fornecer "melhores condições e melhor conforto para os turistas e viajantes de negócios" e garante que vai acrescentar à capital económica de Marrocos "novos conceitos" para complementar a oferta hoteleira e turística da cidade.

Os responsáveis do grupo Sana, citados num comunicado do Turismo de Marrocos, afirmam que o país tem vindo a revelar-se "um mercado prioritário graças aos bons desempenhos económicos registados estes últimos anos, ao ambiente de negócios favorável e também dada a estabilidade política e social do Reino".

O Turismo de Marrocos salienta que o investimento do grupo Sana é de cerca de 90 milhões de euros e que os dois hotéis vão acrescentar 710 camas à oferta hoteleira da cidade.

 

Clique para mais notícias: Sana Hotels

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

W São Paulo abre em 2021 com assinatura de Nini Andrade Silva

16-10-2018 (14h16)

A Marriott International anunciou que vai abrir o seu primeiro hotel de luxo no Brasil em 2021, o W São Paulo, que terá a assinatura da designer portuguesa Nini Andrade Silva.

Receitas da hotelaria portuguesa crescem há 52 meses... mas abrandamento instala-se

15-10-2018 (17h00)

A hotelaria portuguesa concluiu em Agosto o 52º mês consecutivo de aumento dos proveitos, mas já sem os aumentos a dois dígitos que se sucediam desde o primeiro quadrimestre de 2014, tendo registado em Agosto o aumento mais fraco desde 2013, se excluídos os efeitos de calendário pelas alterações da data da Páscoa.

Dormidas de estrangeiros na hotelaria portuguesa caem há cinco meses consecutivos

15-10-2018 (16h53)

"Dormidas de não residentes mantêm tendência negativa", destacou o INE ao divulgar hoje os dados do turismo no alojamento turístico ‘tradicional', evidenciando assim que a quebra ocorrida em Agosto não foi uma excepção.

Lisboa espera arrecadar 36,5 milhões de euros com taxa turística em 2019

15-10-2018 (15h52)

A Câmara Municipal de Lisboa prevê arrecadar 36,5 milhões de euros com a Taxa Municipal Turística em 2019, mais do dobro do estimado em 2018, que foi de 14,4 milhões, anunciou hoje o vereador das Finanças, João Paulo Saraiva.

Número de turistas britânicos na hotelaria portuguesa cai há 11 meses consecutivos

15-10-2018 (15h21)

O turismo internacional na hotelaria portuguesa caiu mesmo em Agosto, tradicionalmente mês de ‘pico’ da actividade turística, especialmente da parte dos cinco maiores emissores europeus e designadamente do maior de todos, o Reino Unido, que regista quedas de hóspedes e dormidas há 11 meses consecutivos.