RIU reabre resorts na ilha do Sal rebaptizados

11-11-2016 (14h08)

A rede hoteleira RIU, detida em partes iguais pela família espanhola Riu e pelo grupo TUI, anunciou a reabertura dos seus dois resorts na ilha do Sal, Cabo Verde, duas das unidades mais utilizadas pelos portugueses em férias na ilha, mas com o ClubHotel Funaná a ceder o nome para o antigo RIU Garopa e passar a designar-se RIU Palace Cabo Verde.

A rede destaca que o antigo Funaná, datado de 2005, tornou-se assim o primeiro da sua gama Palace em Cabo Verde e que o antigo Garopa, de 2006, passou a apresentar um “novo estilo e serviços”.

As mudanças são o resultado de um investimento que totalizou 37 milhões de euros no que a RIU descreve como “uma renovação completa da sua oferta na ilha do Sal”, ao mesmo tempo que destaca que foi das primeiras cadeias hoteleiras a apostar no turismo em Cabo Verde, acrescentando que essa aposta prossegue, pois também em curso uma ampliação do seu resort na ilha da Boavista, o RIU Touareg.

A reabertura do dois resorts da ilha do Sal, segundo indica em comunicado, ocorreu na passada sexta-feira, 4 de Novembro, e a rede hoteleira assinala que ambos proporcionam aos hóspedes “o reconhecido serviço Tudo Incluído 24 horas da RIU”.

Quanto ao investimento, a rede hoteleira diz que as obras mais extensas foram no antigo Funaná, “que subiu de categoria”.

“Os seus 500 quartos e suites, incluindo as casas de banho, foram completamente reformados e a sua decoração combina cores claras e aconchegantes com um atrevido vermelho”, diz a rede, que destaca ainda que o resort rebaptizado Palace Cabo Verde “contará agora com dois restaurantes completamente novos”, um denominado Krystal, com “uma atractiva cozinha de fusão” e exclusivo dos Palace da RIU, e o outro, o Sofia, de comida italiana.

A unidade mantém ainda o seu restaurante principal, um asiático e uma steakhouse.

O Palace Cabo Verde conta ainda com sete bares, incluindo uma nova cafetaria e pastelaria denominada Capuchino.

Em relação ao antigo Garopa, a rede diz que com as obras também dotou a unidade de “novo estilo e serviços”, referindo que foram redecorados os seus 572 quartos “com o novo estilo fresco e contemporâneo que a RIU imprime a todos os seus projectos”.

Outra inovação é uma novo acesso à praia, o restaurante Kulinarium, “com um conceito de cozinha moderna que utiliza principalmente ingredientes locais frescos e técnicas culinárias inovadoras”.

 

Clique para mais notícias: RIU

/pesquisa?q=RIU

Clique para mais notícias: Hotelaria

/empresas---negocios/hotelaria/

Clique para mais notícias: Cabo Verde

/pesquisa?q=Cabo+Verde

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Empreendimentos turísticos de Monchique reabrem após grande incêndio

14-08-2018 (18h46)

O Macdonald Monchique Resort & Spa, em Caldas de Monchique, Algarve, vai reabrir na quinta-feira, depois de ter encerrado devido ao incêndio que durante uma semana atingiu a serra de Monchique.

Amadeus concretiza compra da TravelClick por 1,52 mil milhões de dólares

13-08-2018 (18h26)

O Amadeus confirmou já a concretização da compra da TravelClick, que descreve como um reforço do seu portefólio com soluções para a hoteleria designadamente para empresas de média dimensão e independentes.

Apesar da ocupação a cair, subida de preços da hotelaria portuguesa até acelera em Junho

13-08-2018 (17h46)

Os clientes da hotelaria portuguesa pagaram em média este mês de Junho +11% por dormida, ainda que os dados do INE indiquem uma queda da ocupação, tendência que o sector tende normalmente a travar com descidas de preços para estimular a procura.

Hotelaria portuguesa perde 225,7 mil dormidas de estrangeiros em Junho e acaba semestre com menos 132,3 mil

13-08-2018 (16h00)

A hotelaria portuguesa, que estava a viver um ciclo de crescimentos acentuados sustentado pela procura internacional, acabou o primeiro semestre deste ano com queda do número de pernoitas de turistas estrangeiros, em grande medida pela dimensão da quebra em Junho, primeiro mês da época alta, no qual teve menos 225,7 mil (-5,1%) pernoitas de residentes no estrangeiro.

Turistas brasileiros ultrapassam pela primeira vez o milhão de dormidas na hotelaria portuguesa num 1º semestre

13-08-2018 (15h53)

A hotelaria portuguesa somou pela primeira vez num primeiro semestre mais de um milhão de dormidas de turistas residentes no Brasil, que atingiram o total de 1,062 milhões de pernoitas tornando-se, assim, o 5º principal emissor na primeira metade do ano.