RIU Palmeras reabre após investimento de 22 milhões de euros

20-08-2019 (15h02)

A RIU Hotels & Resorts anunciou que reabriu o seu primeiro hotel localizado na Gran Canária, o Riu Palmeras, após uma renovação em que investiu 22 milhões de euros.

O hotel, inaugurado originalmente em 1985, na Playa del Inglés, subiu de categoria e passou a ostentar a marca Riu Palace, após uma renovação completa.

A unidade hoteleira passou a oferecer serviços de “tudo incluído 24 horas”, bem como novos serviços e novo design.

Todos os quartos foram completamente renovados e foi construído um edifício anexo com mais 40 quartos, em substituição dos antigos bungalows, pelo que o hotel passou a ter um total de 274 quartos.

Sobre as zonas comuns, a rede hoteleira destaca a renovação do lobby, que passou a ter nova iluminação, o restaurante de fusão “Krystal” e os novos bares, além das áreas exteriores, onde passou a ter uma nova piscina infantil com área de actividades.

O CEO da RIU Hotels & Resorts, Luis Riu, citado no comunicado, destaca que “este foi o primeiro hotel da RIU fora de Maiorca”, pelo que “é um orgulho vê-lo hoje convertido no Riu Palace Palmeras”.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: RIU Hotels & Resorts

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vila Galé chega aos Açores em 2021

20-01-2020 (20h37)

O Grupo Vila Galé vai estrear-se nos Açores em 2021, com a abertura de um hotel com 100 quartos em Ponta Delgada, São Miguel, anunciou esta segunda-feira o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida.

Vila Galé fechou 2019 com mais três milhões de euros de receitas em Portugal

20-01-2020 (19h51)

As receitas do grupo Vila Galé em Portugal, onde tem 25 hotéis, ascenderam a 115 milhões de euros em 2019, um aumento de cerca de 2,7% ou três milhões face ao ano anterior, disse o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

China supera Bélgica entre os principais mercados para o grupo Vila Galé

20-01-2020 (19h50)

O grupo Vila Galé notou no ano passado "alguma desaceleração dos mercados europeus tradicionais para Portugal", compensada pela subida de alguns mercados asiáticos, como a China, que superou a Bélgica entre os principais emissores, disse o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

Mudança nos mercados de origem pode explicar quebra da estada média nos hotéis Vila Galé

20-01-2020 (19h38)

A quebra da estada média nos hotéis Vila Galé em Portugal pode estar associada às mudanças nos mercados de origem, numa altura em que cresce o número de hóspedes de países longínquos, que tendem a ficar menos noites, e baixam alguns dos principais emissores europeus.

Receitas da Vila Galé no Brasil sobem 18% em 2019

20-01-2020 (19h37)

Os nove hotéis do grupo Vila Galé no Brasil facturaram 371 milhões de reais no ano passado, cerca de 80,3 milhões de euros ao câmbio de hoje, mais 18% que no ano anterior, revelou o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

Noticias mais lidas