RIU abre dois hotéis em “duas ilhas paradisíacas” nas Maldivas

21-05-2019 (17h21)

A RIU Hotels & Resorts tornou-se a primeira cadeia hoteleira espanhola a entrar nas Maldivas ao inaugurar dois hotéis em “duas ilhas paradisíacas”, unidas por um passadiço sobre a água, com 800 metros de comprimento.

Os dois hotéis, localizados no atol Dhaalu, operam em regime de tudo incluído (TI).

“A sua excelente localização em duas ilhas paradisíacas desertas oferece aos clientes amplas praias de sonho para desfrutar das suas férias, além de actividades aquáticas com as quais poderão descobrir o maravilhoso fundo marinho das Maldivas”, sublinha um comunicado do grupo.

O Riu Atoll, de 4-estrelas, está localizado na ilha privativa Maafushi, tem 264 quartos, incluindo 36 suites sobre a água.

Da sua oferta, a rede hoteleira destaca os restaurantes (principal, italiano e steakhouse), os bares (desportivo, aquático e lounge), a piscina, o parque infantil e o clube para crianças RiuLand.

Já o Riu Palace Maldivas, na ilha vizinha de Kedhigandu, também privativa, é um 5-estrelas com 176 quartos, incluindo 72 suites sobre a água, localizadas de ambos os lados do passadiço que une as duas ilhas.

Os hóspedes do 5-estrelas têm acesso aos restaurantes e bares do Riu Atoll, mas também têm à sua disposição um restaurante principal com terraço, chamado “Palm”, gastronomia de fusão no “Krystal” e cozinha japonesa no “Yu hi”.

O Riu Palace Maldivas, que oferece “bebidas premium em todo o hotel e serviço de quartos”, também dispõe de um bar numa piscina ‘infinita’ e uma área ‘chill out’.

O grupo hoteleiro indica que a decoração dos hotéis “respeita a área envolvente”, apostando “em materiais quentes como a madeira e introduzindo elementos como o cristal para dar maior amplitude e aproveitar a luz e o clima do destino”.

Os hóspedes encontram nos resorts “uma multitude de espaços abertos, dando todo o protagonismo às espectaculares vistas desde qualquer ponto das ilhas”.

O complexo também dispõe de um cais de embarque, centro de bem-estar com diversos tratamentos de beleza, ginásio e banho de vapor gratuitos.

“Poder abrir dois hotéis ao mesmo tempo, superar um desafio logístico e técnico fascinante devido à localização geográfica, é para mim, pessoal e profissionalmente, um sonho tornado realidade”, afirmou Luis Riu, CEO da empresa, citado no comunicado.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Alojamento

Clique para ver mais: Maldivas

Clique para ver mais: RIU Hotels & Resorts

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotéis 5-estrelas e alojamento local são as unidades com maiores aumentos de dormidas até Abril

17-06-2019 (16h59)

Os hotéis de 5-estrelas, com mais 117,9 mil dormidas nos primeiros quatro meses deste ano que no período homólogo de 2018 e os alojamentos locais, com mais 165,2 mil, são os estabelecimentos que maiores aumentos de dormidas tiveram no primeiro quadrimestre, em que o alojamento turístico português somou 16,67 milhões de dormidas, em alta de 3,9% ou 618,7 mil.

Portugal ultrapassa quatro milhões de turistas estrangeiros no primeiro quadrimestre

17-06-2019 (15h46)

Portugal teve 4.038,8 mil turistas residentes no estrangeiro em estabelecimentos de alojamento durante o primeiro quadrimestre, com um aumento em 5,6% ou cerca de 214 mil relativamente ao período homólogo de 2018.

INE realça ‘efeito Páscoa’ nos resultados da hotelaria portuguesa em Abril

17-06-2019 (11h48)

“Estes resultados foram influenciados pelo efeito do período de férias associado à Páscoa, que este ano ocorreu em meados de Abril, enquanto no ano anterior teve influência repartida entre Março e Abril”, assinala o INE ao revelar que em Abril o alojamento turístico português teve taxas de crescimento do nível que registou até 2018.

Iberostar abre resort de 5-estrelas em Lagos, junto à Meia Praia

11-06-2019 (16h59)

O grupo hoteleiro espanhol Iberostar inaugurou um resort de 5-estrelas com 220 quartos em Lagos, o Iberostar Selection Lagos Algarve, junto à Meia Praia.

Pestana Hotel Group avança com providência cautelar contra dragagens no Sado

06-06-2019 (19h49)

O Pestana Hotel Group, maior grupo hoteleiro português, anunciou hoje que interpôs uma providência cautelar no Tribunal de Loulé a requerer a suspensão imediata do Título de Utilização Privativa do Espaço Marítimo Nacional (TUPEM) concedido à empresa Mota-Engil para dragagens no estuário do Sado.

Noticias mais lidas