Remodelação vai duplicar capacidade de alojamento da Pousada de São Filipe em Setúbal

27-09-2018 (17h13)

Foto: www.visitportugal.com
Foto: www.visitportugal.com

O presidente das Pousadas de Portugal, do Grupo Pestana, anunciou hoje, na apresentação do projecto de remodelação da Pousada de São Filipe, em Setúbal, que a unidade vai ter mais 10 postos de trabalho e duplicar a capacidade de alojamento.


“A concretização deste projecto é a realização da visão que temos para a marca Pousadas de Portugal, ao contribuir para a dinamização da economia local de uma região em franco crescimento, não só através do reforço da capacidade hoteleira, mas, também, com a criação de postos de trabalho”, afirmou Luís Castanheira, na apresentação do projecto, um investimento de um milhão de euros.

Segundo revelou à agência Lusa fonte das Pousadas de Portugal, o projecto de remodelação e ampliação vai agora dar entrada na Câmara de Setúbal e a previsão para os trabalhos é de que tenham uma duração de cerca de um ano.

Localizada no Forte de São Filipe, com vista para o estuário do Sado e Península de Tróia, a pousada foi encerrada em 2014 devido à instabilidade na encosta da Serra da Arrábida, que determinou também o encerramento do Forte de São Filipe até Março de 2017.

De acordo com a autarquia sadina, as obras de estabilização da encosta - um investimento de 1,1 milhões de euros, acrescido de IVA -, só deverão estar concluídas no final do primeiro trimestre de 2019. O financiamento é comparticipado em 85% por fundos comunitários, canalizados através do PO SEUR - Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

A Câmara de Setúbal suporta os restantes 15%, mas, segundo a nota de imprensa, deverá ser posteriormente ressarcida pelo Estado.

Quando foi encerrada em 2014, devido à falta de condições de segurança, a Pousada de São Filipe tinha um total de 16 quartos e 15 funcionários, que foram colocados em outras unidades turísticas.

Após a conclusão dos trabalhados de ampliação e remodelação que hoje foram anunciados, a Pousada de São Filipe passará a ter um total de 35 quartos e 25 funcionários.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Pousadas de Portugal

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotéis 5-estrelas e alojamento local são as unidades com maiores aumentos de dormidas até Abril

17-06-2019 (16h59)

Os hotéis de 5-estrelas, com mais 117,9 mil dormidas nos primeiros quatro meses deste ano que no período homólogo de 2018 e os alojamentos locais, com mais 165,2 mil, são os estabelecimentos que maiores aumentos de dormidas tiveram no primeiro quadrimestre, em que o alojamento turístico português somou 16,67 milhões de dormidas, em alta de 3,9% ou 618,7 mil.

Portugal ultrapassa quatro milhões de turistas estrangeiros no primeiro quadrimestre

17-06-2019 (15h46)

Portugal teve 4.038,8 mil turistas residentes no estrangeiro em estabelecimentos de alojamento durante o primeiro quadrimestre, com um aumento em 5,6% ou cerca de 214 mil relativamente ao período homólogo de 2018.

INE realça ‘efeito Páscoa’ nos resultados da hotelaria portuguesa em Abril

17-06-2019 (11h48)

“Estes resultados foram influenciados pelo efeito do período de férias associado à Páscoa, que este ano ocorreu em meados de Abril, enquanto no ano anterior teve influência repartida entre Março e Abril”, assinala o INE ao revelar que em Abril o alojamento turístico português teve taxas de crescimento do nível que registou até 2018.

Iberostar abre resort de 5-estrelas em Lagos, junto à Meia Praia

11-06-2019 (16h59)

O grupo hoteleiro espanhol Iberostar inaugurou um resort de 5-estrelas com 220 quartos em Lagos, o Iberostar Selection Lagos Algarve, junto à Meia Praia.

Pestana Hotel Group avança com providência cautelar contra dragagens no Sado

06-06-2019 (19h49)

O Pestana Hotel Group, maior grupo hoteleiro português, anunciou hoje que interpôs uma providência cautelar no Tribunal de Loulé a requerer a suspensão imediata do Título de Utilização Privativa do Espaço Marítimo Nacional (TUPEM) concedido à empresa Mota-Engil para dragagens no estuário do Sado.

Noticias mais lidas